Accessibility / Report Error

Voz e qualidade de vida de laringectomizados totais: um estudo comparativo

RESUMO

Objetivo:

analisar a qualidade de vida relacionada à voz em pacientes laringectomizados totais participantes de um grupo de apoio.

Métodos:

a população estudada foi constituída por 11 indivíduos laringectomizados totais, de ambos os sexos com idade compreendida entre 43 e 84 anos, falantes por meio de voz traqueoesofágica ou laringe eletrônica. Foi aplicado o protocolo Qualidade de Vida em Voz (QVV) e uma escala representada por uma régua de dez centímetros para aferição da satisfação da comunicação.

Resultados:

os indivíduos falantes traqueoesofágicos apresentaram melhores resultados no escore global do QVV em relação aos usuários de laringe eletrônica (p=0.026). Os sujeitos que apresentaram melhores índices globais no QVV apresentaram melhores índices de satisfação com a comunicação (p=0.001). Os índices de satisfação com a comunicação apresentaram relação com o tempo de cirurgia (p=0.050). Não foram encontradas associações entre a satisfação com a comunicação e as variáveis sociodemográficas sexo (p=0.154) e idade (p=0.303).

Conclusão:

pode-se observar que quanto maior o tempo de cirurgia mais satisfeito o indivíduo está com a comunicação. Observou-se ainda que o QVV é uma medida fidedigna da satisfação na comunicação de laringectomizados totais.

Descritores:
Voz; Laringectomia; Qualidade de Vida; Voz Alaríngea

ABRAMO Associação Brasileira de Motricidade Orofacial Rua Uruguaiana, 516, Cep 13026-001 Campinas SP Brasil, Tel.: +55 19 3254-0342 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revistacefac@cefac.br