Ruído escolar e sua implicação na atividade de ditado

Influence of school noise on dictation activity

Graziela Cambruzzi Jaroszewski Bianca Simone Zeigelboim Adriana Lacerda Sobre os autores

OBJETIVO: avaliar o nível de ruído nas salas de aula de primeira série do ensino fundamental, bem como verificar sua interferência durante as atividades de leitura e ditado. MÉTODOS: realizou-se a medição dos níveis de ruído segundo padrões ANSI em sete salas de aula de cinco escolas da rede municipal de ensino da cidade de Urussanga/SC durante as atividades de leitura e ditado. Posteriormente aplicou-se um questionário aos alunos e professores abordando a interferência do ruído nas atividades realizadas. Participaram da pesquisa 109 crianças sendo, 59 do gênero masculino e 50 do gênero feminino. RESULTADOS: os níveis de ruído presentes nas salas de aulas, variou de 59,5 a 71,3 dB(A). Quanto à percepção dos alunos e professores sobre o ruído, 94,5% dos alunos e 100% dos professores perceberam outras fontes sonoras durante as atividades, mas, apenas 52,39% dos alunos e 42,8% dos professores afirmaram interferência do ruído na aplicação das atividades. CONCLUSÃO: observou-se que o nível de ruído mesmo estando acima do proposto pelas normas nacionais, não interferiu no resultado do ditado. Por outro lado, os professores, principalmente das salas mais ruidosas, necessitaram elevar a voz durante a aplicação da atividade, queixando-se posteriormente de cansaço vocal.

Ruído; Percepção do Ruído; Efeitos do Ruído; Aprendizagem


ABRAMO Associação Brasileira de Motricidade Orofacial Rua Uruguaiana, 516, Cep 13026-001 Campinas SP Brasil, Tel.: +55 19 3254-0342 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revistacefac@cefac.br