Avaliação da dependência espacial em experimentos para seleção de progênies de feijoeiro ( Phaseolus vulgaris L.) para produtividade de grãos

Michele Jorge da Silva Antonio Policarpo Souza Carneiro Andréia Luiza Gonzaga Feres José Eustáquio Souza Carneiro Nerilson Terra Santos Paulo Roberto Cecon Sobre os autores

RESUMO

Normalmente, em experimentos de campo, pressupõe-se a independência entre erros, mas nem sempre esta condição é atendida, comprometendo os resultados obtidos. Uma escolha não apropriada do modelo de análise pode comprometer a eficiência do programa de melhoramento no sentido de os genótipos pouco promissores poderem ser selecionados e mantidos em próximos ciclos seletivos acarretando desperdício de tempo e recursos. O objetivo deste trabalho foi avaliar a dependência espacial entre erros, em experimentos de avaliação de produtividade de grãos de progênies de feijoeiro, considerando análises em látice e em blocos casualizados. E também avaliar a eficiência de modelos geoestatísticos para caracterização da estrutura de variabilidade espacial entre erros. Os dados utilizados nesse estudo foram obtidos de experimentos instalados no delineamento látice e analisados como látice ou blocos casualizados. O teste de Durbin-Watson foi usado para verificar a presença de autocorrelação espacial. O semivariograma teórico foi ajustado por meio dos modelos geoestatísticos (exponencial, esférico e gaussiano) para descrever a variabilidade espacial dos erros. Aplicou-se o teste da razão de verossimilhança para verificar a significância dos parâmetros dos modelos geoestatísticos. Dos oito experimentos avaliados, cinco apresentaram dependência espacial moderada para análise em blocos e um para análise em látice e em blocos. O tamanho dos experimentos não foi fator determinante da dependência espacial. Os modelos geoestatísticos esférico, exponencial e gaussiano com efeito pepita foram adequados para representar a estrutura espacial na análise em blocos. A análise em látice foi eficiente para garantir a independência entre erros.

Palavras-chave:
Análise espacial; autocorrelação espacial; semivariograma; teste de Durbin-Watson; teste da razão de verossimilhança; progênies de Phaseolus vulgaris L

Universidade Federal de Viçosa Av. Peter Henry Rolfs, s/n, 36570-000 Viçosa, Minas Gerais Brasil, Tel./Fax: (55 31) 3612-2078 - Viçosa - MG - Brazil
E-mail: ceresonline@ufv.br