Revista Contabilidade & Finanças, Volume: 30, Issue: 81, Published: 2019
  • Thirty years of Accounting & Finance Review: past, present, dreams for the future Editorial

    Martins, Eliseu; Iudicibus, Sérgio de
  • Enabling and coercive management control systems and organizational resilience Articles

    Beuren, Ilse Maria; Santos, Vanderlei dos

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este estudo examina os reflexos dos Sistemas de Controle Gerencial (SCGs) habilitantes e coercitivos na resiliência organizacional, nas dimensões cognitiva, comportamental e contextual. Pesquisas sobre resiliência têm buscado identificar elementos capazes de melhorar a capacidade da resiliência organizacional, e os SCGs habilitantes e coercitivos podem trazer novos prenúncios nessa discussão. A compreensão do papel do SCG na criação e uso das capacidades de resiliência pode contribuir para explicar por que algumas organizações conseguem superar outras em situações de ocorrência de eventos adversos e turbulentos. A literatura tem se concentrado no SCG habilitante e adota a premissa de que o uso de controle coercitivo geralmente é percebido de forma negativa. No entanto, os resultados da pesquisa mostram que SCGs habilitantes e coercitivos coexistem nas empresas e que o controle coercitivo não exerce influência negativa na resiliência, até mesmo mostra associação positiva com a dimensão contextual. Uma survey foi realizada em empresas que compraram e/ou foram adquiridas por outras, conforme o relatório Fusões e Aquisições no Brasil, da PwC Brasil, e a amostra compõe-se dos 144 gestores de diferentes áreas organizacionais dessas empresas que responderam o questionário enviado via Survey Monkey. Para testar as hipóteses, aplicou-se a técnica de modelagem de equações estruturais (structured equation modeling - SEM). O estudo apresenta evidências de que os SCGs se constituem em antecedentes da capacidade de resiliência nas organizações. Isso sugere que o desenho e o uso do SCG podem favorecer o desenvolvimento de capacidades para lidar com turbulências e acontecimentos inesperados com antecedência.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This study examines the impacts of enabling and coercive management control systems (MCSs) on organizational resilience, in the cognitive, behavioral, and contextual dimensions. Research on resilience has sought to identify elements capable of improving organizational resilience capacity, and enabling and coercive MCSs may shed new light on this discussion. Understanding the role of MCSs in the creation and use of resilience capacities can help explain why some organizations manage to outperform others in situations of adverse and turbulent events. The literature has focused on enabling MCSs and adopts the premise that, in general, the use of coercive controls is negatively perceived. However, the results of the research show that enabling and coercive MCSs coexist in companies, and that coercive controls do not have a negative influence on resilience, even showing a positive association with the contextual dimension. A survey was conducted in companies that bought and/or were acquired by others, according to PwC Brazil’s Mergers and Acquisitions report, and the sample consists of 144 managers from different organizational areas of these companies who answered the questionnaire sent via Survey Monkey. The structural equation modeling (SEM) technique was applied to test the hypotheses. The study presents evidence that MCSs constitute antecedents of resilience capacity in organizations. This suggests that the design and use of MCSs may favor the development of capacities to deal with turbulences and unexpected events in advance.
  • Complexity in financial disclosure: the role of the characteristics of hiring firms Articles

    Zambra, Pablo; Malaquias, Rodrigo Fernandes; Rech, Ilirio José; Pereira, Anisio Candido

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O objetivo principal desta pesquisa consiste em analisar a relação entre características das empresas contratantes e a percepção de complexidade na elaboração/divulgação de análise de sensibilidade e gestão de riscos por parte dos auditores/contadores que prestam serviços a elas. Procuramos analisar se características das firmas que têm melhor nível de evidenciação também poderiam estar associadas com a percepção sobre complexidade de informações sobre análise de sensibilidade e gestão de risco por parte dos profissionais que prestam serviços a elas. Informações sobre gestão de riscos representam um tema de considerável debate na área de contabilidade e finanças, mas sua abordagem, do ponto de vista dos profissionais, ainda merece maior atenção. Os resultados do estudo podem motivar o aperfeiçoamento de normas sobre divulgação de análise de sensibilidade e gestão de riscos com instrumentos financeiros. A amostra do estudo foi composta por contadores e auditores que atuam em dois países da América do Sul (Brasil e Chile). A percepção sobre complexidade foi avaliada por meio de um questionário estruturado, aplicado de maneira eletrônica. Quanto às variáveis explicativas, foram consideradas as seguintes características das empresas contratantes: tipo de auditoria; tamanho da empresa; setor; empresa listada; transparência; empresas exportadoras. O principal avanço proporcionado pela pesquisa reside no fato de se evidenciar que as características das empresas normalmente associadas com melhores níveis de evidenciação não necessariamente são refletidas em menores níveis de percepção de complexidade na elaboração/divulgação de análise de sensibilidade e gestão de riscos por parte dos contadores/auditores.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The main purpose of this research is to analyze the relationship between characteristics of hiring firms and the perception of auditors/accountants that provide services to them regarding complexity in the elaboration/disclosure of sensitivity analyses and risk management. We seek to analyze whether characteristics of firms that have a better level of disclosure could also be associated with the complexity perceived by the professionals that provide services to such firms concerning the information to do with sensitivity analyses and risk management. Information about risk management arouses considerable debate in the area of accounting and finance; nevertheless, how it is addressed, from the point of view of the professionals, still deserves more attention. The results of this study may lead to an improvement, or even a revision, of the standards related with sensitivity analyses and risk management involving financial instruments. The study sample was composed of respondents from South America, namely accountants and auditors from Brazil and Chile. The perception of complexity was evaluated through a structured questionnaire, which was applied using electronic forms. Regarding the explanatory variables, the quantitative model considers the following characteristics of hiring firms: auditor type; firm size; industry; listed firms; transparency; exporting firms. The main advancement provided by this research lies in it revealing that some characteristics of companies usually associated with better levels of disclosure are not necessarily reflected in the perception by accountants/auditors of lower levels of complexity in the elaboration/disclosure of sensitivity analyses and risk management.
  • Effects of regulatory changes in microcredit on the financial and social performance of Brazilian credit unions Articles

    Santos, Ana Lucia Carvalho; Barros, Lucas A. B. C.; Takeda, Tony; Gonzalez, Lauro

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este estudo investiga se e como o desempenho financeiro e social das cooperativas que ofertam microcrédito no Brasil foi afetado pelo advento do Crescer - Programa Nacional de Microcrédito. A pesquisa preenche lacuna na literatura da área, uma vez que há poucos estudos sobre cooperativas que trabalham com microcrédito e também sobre os efeitos de intervenções governamentais na área de microcrédito. Pesquisas como esta podem auxiliar na avaliação do impacto de intervenções governamentais sobre o desempenho das instituições direta ou indiretamente afetadas. Os resultados do estudo acrescentam novos elementos ao debate sobre o mercado do microcrédito e sobre a inserção das cooperativas de crédito nesse mercado. Em particular, as evidências aqui discutidas oferecem subsídio para o desenho de políticas públicas e para a definição de estratégias de instituições de microfinanças, as quais tipicamente combinam objetivos econômicos e sociais. Com base na literatura, foram calculados 15 indicadores para cada cooperativa, relacionados ao seu desempenho financeiro e social. As inferências baseiam-se na implementação do estimador de diferença em diferenças utilizando o advento do Crescer, em 2011, como o evento exógeno de interesse, e incluindo, no grupo de controle, as cooperativas de crédito que não forneceram empréstimos de microcrédito ao longo do período amostral. A pesquisa apresenta evidências de que o volume de clientes e de operações de microcrédito realizadas pelas cooperativas de crédito brasileiras foi positivamente afetado por mudanças regulatórias ocorridas em 2011, de forma compatível com os objetivos da intervenção governamental. As evidências também sugerem que a intervenção governamental enfocada não comprometeu a sustentabilidade financeira das cooperativas. As mudanças enfocadas são: redução substancial das taxas de juros e custos de transação, implementação de subsídios aos participantes do programa e impulso para bancos públicos para aumentar sua oferta de microcrédito produtivo e orientado.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This study investigates whether the performance of credit unions that offer microcredit in Brazil was affected by the advent of Crescer - the National Microcredit Program. This research fills a gap in the literature because few papers investigate credit unions that work with microcredit and also the effects of governmental interventions related to microcredit operations. Studies of this type may help evaluate the impact of governmental interventions on the performance of the institutions that are directly or indirectly affected. Our results add to the debate about microcredit and about the inclusion of credit unions in this market. In particular, our evidence may influence the design of public policies and the strategies of microfinance institutions, which typically combine economic and social objectives. Based on the literature, we calculate fifteen indicators for each credit union, related to their financial and social performance. The inferences are based on the implementation of the difference in differences estimator using the advent of Crescer, in 2011, as the exogenous event of interest and including in the control group the credit unions that did not provide microcredit loans throughout the sample period. This research presents evidence that the volume of clients and microcredit operations performed by Brazilian credit unions was positively affected by regulatory changes that took place in 2011, consistently with the objectives of the governmental intervention. The evidence also suggests that the governmental intervention did not harm the financial sustainability of the credit unions. The main changes are: a substantial reduction of interest rates and transaction costs, the implementation of subsidies to participants in the program, and a push for public banks to enhance their supply of productive and oriented microcredit.
  • Short-term overreaction in equity ETFs following extreme one-day returns Articles

    Lobão, Júlio; Costa, Ana Isabel

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O presente artigo investiga a previsibilidade a curto prazo dos preços de Exchange Trade Funds (ETFs) norte-americanos de ações em reação a retornos extremos ocorridos em um dia. Também avaliamos as características transversais associadas à super-reação dos preços após movimentos extremos de preço. A literatura sobre a super-reação de curto prazo de ETFs é bastante escassa. Além disso, os estudos existentes tendem a se concentrar em períodos históricos delimitados, dificultando sua generalização. Nosso artigo preenche essa lacuna, na medida em que considera uma amostra abrangente de ETFs por um longo período de tempo. Além disso, somos os primeiros a estudar o efeito da tendência de mercado predominante e da liquidez nos padrões de super-reação e subsequente reversão de preços dos ETFs. Uma vez que os principais ETFs são os títulos mais ativamente negociados nas bolsas de valores dos EUA, seu desempenho e características são, por si mesmos, objeto de interesse. Nossos resultados sugerem que os reguladores do mercado devem concentrar seus recursos em supervisionar a precificação de ETFs que ocorre no período denominado after hours. Para os profissionais do mercado, nossos resultados indicam a existência de oportunidades lucrativas de mercado após grandes movimentos de preços. Neste estudo, testamos a significância dos retornos médios para o período imediatamente seguinte a retornos extremos. Também realizamos uma análise multivariada, onde a reversão dos preços foi regredida em relação às características transversais dos ETFs estudados. Contribuímos para a literatura sobre a formação dos preços de ETFs ao documentarmos, pela primeira vez, a existência de um forte contraste na reação a movimentos extremos de preços desses ativos durante o horário normal de negociações e durante o período after hours. Em média, os retornos extremos que ocorrem no período after hours representam uma super-reação, levando a uma reversão de preços no período seguinte. Além disso, demonstramos que tanto a negociação por motivos fiscais quanto o noise trading [negociação irracional] desempenham um papel no padrão de super-reação e reversão dos ETFs.

    Abstract in English:

    Abstract This paper investigates the short-term price predictability of US equity Exchange Trade Funds (ETFs) in reaction to one-day extreme returns. We also assess the cross-section features associated to price overreaction following extreme price movements. The literature on the short-term overreaction of ETFs is rather scarce. Furthermore, existing studies tend to focus on delimited historical periods, which makes their results difficult to generalize. Our paper fills this gap by considering a comprehensive sample of ETFs over an extended period of time. In addition, we are the first to study the effect of the prevailing market trend and of liquidity on the patterns of overreaction and subsequent price reversal of ETFs. Being the major ETFs the most actively traded equity securities on the US stock exchanges, their performance and characteristics are of interest by themselves. Our findings suggest that market regulators should concentrate their resources on overseeing the ETF pricing that occurs after-hours. For market practitioners, our results indicate the existence of profitable market opportunities after large price movements. In the present study, we tested the significance of the mean returns for the period immediately after extreme returns. We also conducted a multivariate analysis where the price reversal was regressed against the cross section features of the ETFs under study. We contribute to the literature on ETF price formation as we document, for the first time, the existence of a stark contrast in the reaction to extreme price movements in these assets during normal hours and after-hours periods. On average, the extreme returns that occur in the after-hours period represent an overreaction, leading to a price reversal in the following period. In addition, we show that both tax-motivated trading and noise trading play a role in the pattern of ETF overreaction and reversal.
  • Analysis of the impact of Fies on the stock returns from the higher education sector Articles

    Pinheiro, Marília Cordeiro; Serrano, André Luiz Marques

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O objetivo deste trabalho é analisar se a emissão de Certificados Financeiros do Tesouro - Série E (CFT-Es) gera retornos anormais em um portfólio composto unicamente por ações de setor de ensino superior, verificando se o mercado educacional brasileiro é eficiente em sua forma semiforte. O propósito principal do CFT-E é o repasse de verbas para instituições, visando ao financiamento de estudantes matriculados em curso superior privado. Essas emissões produziram efeitos no mercado financeiro, pois, após seu início, ocorreu o primeiro initial public offering (IPO) de uma universidade brasileira. Destaca-se também, que, segundo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira/Ministério da Educação (Inep/MEC), o Brasil tem o maior mercado de educação superior da América Latina. Diversos estudos foram feitos objetivando analisar a relação entre política monetária e mercado financeiro, mas este não se repete no âmbito da política fiscal. Adicionalmente, o estudo é oportuno, considerando-se o ápice da discussão da necessidade de se conter as despesas do governo, porém, simultaneamente, de aquecer a economia brasileira. A principal contribuição é de que o mercado de ensino superior mostrou inclinação para a hipótese de eficiência, considerando-se que, na primeira análise, H0 não foi rejeitada para 82% das janelas de eventos, e, na segunda, H0 não foi rejeitada para nenhuma das janelas de eventos, não havendo evidências de ganhos anormais decorrentes da liberação de recursos para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Utilizou-se a metodologia de estudo de eventos com o propósito de testar as hipóteses dos retornos anormais obtidos diante das emissões de CFT-E via liberação de portarias. Foi elaborada uma carteira composta por ações de ensino superior, ponderada pelo valor a receber trimestral do Fies para cada instituição de 2009 a 2017. Os resultados indicam que ações de instituições beneficiadas pelo Fies tendem a reagir eficientemente ante as emissões dos CFT-E autorizadas pelo Tesouro Nacional.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This article aims to analyze if the issuance of Series E Treasury Bonds (CFT-Es) generates abnormal returns in a higher education stock portfolio and verify if the Brazilian higher education market is efficient in its semi-strong form. The main purpose of CFT-Es is to transfer funds to institutions with the aim of providing finance to students enrolled in private universities. These issuances have effects on the capital market, considering that after the program began, the first initial public offering (IPO) of a Brazilian university occurred. Moreover, according to the National Institute for Educational Studies and Research Anísio Teixeira/Ministry of Education and Culture (Inep/MEC), Brazil has the largest market for higher education in Latin America. Several studies have been conducted to analyze the relationship between monetary policy and financial markets, but this has not occurred within the scope of fiscal policy. Such research is appropriate, considering the discussion on the need to contain government spending, but at the same time stimulate the Brazilian economy. The main contribution of the study is it indicates that the higher education market has tended towards the efficiency hypothesis, considering that in the first analysis, H0 was not rejected for 82% of the windows of events, and in the second analysis, H0 was not rejected for any of the windows of events, with there being no evidence of abnormal gains due to funds being released for the Student Finance Fund (Fies). The event study methodology was used to test the hypotheses of abnormal returns obtained due to CFT-Es being issued through the release of ordinances. A portfolio composed of higher education stocks was elaborated, weighted by the quarterly amount receivable from Fies for each institution, and covering 2009 to 2017. The results show that the stocks of institutions benefiting from Fies tend to react efficiently to CFT-E issuances authorized by the National Treasury.
  • Teacher motivation in stricto sensu postgraduation: an analysis based on self-determination theory, Articles

    Colares, Ana Carolina Vasconcelos; Castro, Mariana Camilla Coelho Silva; Barbosa Neto, João Estevão; Cunha, Jacqueline Veneroso Alves da

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Esta pesquisa teve como objetivo analisar os fatores motivacionais que levam os docentes da área de ciências contábeis a atuarem na pós-graduação stricto sensu, tendo como base a teoria da autodeterminação. Pesquisas sobre motivação na educação na área de ciências contábeis estão, na maioria das vezes, ligadas à motivação discente. Assim, são poucos os estudos relacionados à motivação docente, sobretudo na área de ciências contábeis e nos programas de pós-graduação stricto sensu. A motivação docente está diretamente ligada ao processo de ensino-aprendizagem e à motivação discente, assim, é importante identificar o que motiva a atuação desses docentes e, diante disso, atuar de forma que a motivação, ou a falta dela, não venha a interferir na qualidade do ensino. A importância dos professores na qualidade da educação é indiscutível e, inevitavelmente, remete à motivação para permanecerem na carreira docente, levando em consideração tanto aspectos pessoais quanto profissionais. Aplicou-se o instrumento The Work Tasks Motivation Scale for Teachers, respondido por 108 professores dos 33 programas de pós-graduação stricto sensu da área de ciências contábeis. Os dados foram analisados de forma agregada, por meio de estatísticas descritivas e testes Wilcoxon-Mann-Whitney e qui-quadrado, com intuito de avaliar a relação entre os níveis de motivação e a faixa etária, o tempo de atuação na docência e o tempo de atuação na pós-graduação stricto sensu. A maior parte dos docentes analisados é motivada extrinsecamente por meio da regulação identificada, no entanto, está relacionada menos ao acesso a recursos financeiros e mais ao prestígio que a atuação na pós-graduação stricto sensu traz. Também, a média geral das dimensões de motivação intrínseca e extrínseca se mostrou maior para as docentes do gênero feminino e que atuam em instituições privadas.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The objective of this research was to analyze the motivational factors that lead accounting sciences professors to teach on stricto sensu postgraduate courses, based on self-determination theory. Research on motivation in education in the area of accounting sciences mostly concerns student motivation. Thus, there are few studies related to teacher motivation, especially in the area of accounting sciences and in stricto sensu postgraduate programs. Teacher motivation is directly linked to the teaching-learning process and student motivation, so it is important to identify what motivates these teachers and, given this, to act in a way that the motivation, or lack of it, will not interfere with the quality of teaching. The importance of teachers in the quality of education is indisputable and inevitably relates to the motivation to remain in the teaching career, taking both personal and professional aspects into account. The Work Tasks Motivation Scale for Teachers was applied and answered by 108 professors from the 33 stricto sensu postgraduate programs in the area of accounting sciences. The data were analyzed in an aggregated way, using descriptive statistics and Wilcoxon-Mann-Whitney and chi-squared tests, with the purpose of assessing the relationship between levels of motivation and age group, time teaching, and time teaching in the stricto sensu postgraduate course. Most of the professors analyzed are extrinsically motivated via identified regulation; however this is less related to access to financial resources and more linked to the prestige that teaching on the stricto sensu postgraduate course brings. Also, the overall mean of the dimensions of intrinsic and extrinsic motivation was shown to be higher for teachers of the female gender and who work in private institutions.
  • Automobile insurance in Brazil: market concentration and demand Articles

    Peres, Vivileine Maria; Maldonado, Wilfredo L.; Candido, Osvaldo

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este trabalho estuda dois aspectos do mercado de seguros de automóvel no Brasil: o primeiro visa determinar o grau de competitividade das empresas que o compõem e, o segundo, estimar e analisar a demanda por seguros de automóveis. A maioria de estudos no Brasil sobre o setor de seguros de automóveis versa sobre o desempenho das empresas desse setor ou, ainda, mostra estudos regionais da demanda por seguros e seus determinantes. Nesse sentido, este estudo inova os estudos desse setor no Brasil, mostrando, primeiramente, o comportamento próximo do competitivo das firmas e, depois, estimando a demanda por seguros no país. A relevância deste trabalho está na forma ordenada e sequencial de analisar a demanda em um setor. Primeiramente, a identificação do tipo de concorrência que tem lugar no setor e, depois, com base nisso, a proposta de uma forma estrutural fundamentada em decisões otimizadoras para estimar as elasticidades-preço, renda e de poder de mercado da demanda. Além disso, é inegável a importância da análise do setor de seguros por movimentar significativas quantidades de recursos financeiros e prestar um serviço essencial na economia. Com informação sobre a estrutura de mercado e do perfil da demanda do setor seguros de automóveis, é possível propor tanto políticas estratégicas do ponto de vista das firmas individualmente quanto setoriais, visando trazer maior eficiência ao setor. Para analisar a competitividade, são calculadas medidas de concentração utilizando dados mensais agregados anualmente do prêmio de todas as empresas seguradoras do ramo de automóveis, no período de 2001 a 2016. Para estimar a demanda por seguros de automóvel, utilizaram-se dados semestrais de 2002 a 2010 para cada uma das 27 unidades federativas do Brasil. Dois são os resultados apresentados neste estudo. No primeiro, encontramos evidência de pouca concentração no mercado de seguros de automóveis no Brasil, sendo que as parcelas de participação estão bem distribuídas entre as empresas. O segundo mostra a estimação da demanda por seguros de automóveis no Brasil e encontra que a elasticidade de curto prazo da demanda por seguros em relação a prêmio cobrado é da ordem de -0,47, enquanto essa mesma elasticidade, no longo prazo, é de -1,33. Além disso, o lucro defasado tem influência negativa sobre a importância assegurada da ordem de -0,21 no curto prazo e -0,59 no longo prazo. A renda não afeta significativamente a demanda por seguros no Brasil.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This paper studies two aspects of the automobile insurance market in Brazil: first, it determines the degree of competition among insurance companies, and second, it estimates and analyzes the demand for automobile insurance. Most of the studies on the automobile insurance market in Brazil analyze the performance of the firms in this sector or present regional studies of the demand for insurance and its determinants. Thus, this study innovates both in showing the competition among the firms and estimating the demand for insurance in the country. The relevance of this research lies in the sequential and ordered way it analyzes the demand in a sector. Firstly, it identifies the type of competition that takes place in the sector and then, based on this, it proposes a structural framework based on optimizing decisions for estimating the price, income, and market power elasticities of demand. Furthermore, analyzing the insurance industry is of the utmost importance since it moves significant amounts of financial resources and provides an essential service in the economy. With information about the market structure and demand profile in the automobile insurance sector it is possible to propose strategic policies for individual firms as well as for the whole sector in order to introduce more efficiency. To analyze the degree of competitiveness, several concentration indices were calculated using annually-aggregated monthly data on the premium paid to all the automobile insurance firms in the period from 2001 to 2016. To estimate the demand for automobile insurance, half-yearly data from 2002 to 2010 for each one of the 27 federative units of Brazil were used. Two main findings are presented in this study. First, we find evidence of little concentration in the Brazilian automobile insurance market, with shares being well distributed among the players. Second, we estimate the demand for automobile insurance in Brazil and find a price-elasticity of -0.47 in the short run and -1.33 in the long run, while the lagged profitability has a negative impact on the amount insured: -0.21 in the short run and -0.59 in the long run. Income does not significantly influence the demand for insurance in Brazil.
  • A stochastic approach for measuring the uncertainty of claims reserves Articles

    Carvalho, Bruno Domingues Ramos de; Carvalho, João Vinícius de França

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este trabalho visa a obter métricas para a quantificação da variabilidade das provisões técnicas de sinistros, fazendo uso de modelos determinísticos e estocásticos. Em suma, tudo o que os métodos tradicionais não fornecem (medidas de variabilidade e de insuficiência de capital) são de fundamental importância para uma gestão atuarial eficiente. A metodologia proposta revela a probabilidade de insuficiência de o capital alocado cobrir os compromissos assumidos pela seguradora. Para manter recursos para fazer frente às indenizações a pagar aos segurados, as entidades securitárias constituem, em seu balanço patrimonial, as provisões técnicas. As provisões técnicas são estimativas e, por isso, fonte de oscilações no resultado operacional das seguradoras. Logo, o entendimento e a proteção contra essas variações adversas são fundamentais para uma gestão atuarial eficiente. A abordagem estocástica viabiliza o estudo de modelos internos de capital de solvência, tema carente de estudos no mercado brasileiro, que é determinado por um modelo padrão pré-definido pelo órgão regulador. Foi proposta uma modelagem estocástica para a provisão de sinistros incurred but not reported (IBNR), utilizando-se bootstrap e, para validação dessa abordagem, os resultados foram comparados com as abordagens tradicionais, utilizando-se dados reais de Seguros de Automóveis e Responsabilidade Civil Facultativa de uma seguradora brasileira. Há vantagens na adoção de métodos estocásticos de dimensionamento das provisões técnicas de sinistros sobre os determinísticos, uma vez que é possível estimar empiricamente as distribuições de probabilidade. Os quantis dessas curvas informam a probabilidade estimada de o valor real exceder um determinado nível de provisionamento, de modo a extrair a probabilidade de insuficiência de capital que os métodos tradicionais não fornecem. Ademais, os resultados mostram que os métodos tradicionais são demasiadamente conservadores, alocando-se mais capital do que o necessário.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This paper aims to obtain metrics for quantifying the variability of technical provisions for claims by making use of deterministic and stochastic models. In short, everything that the traditional methods do not provide (measures of variability and capital insufficiency) are of fundamental importance for efficient actuarial management. The proposed methodology reveals the probability of insufficiency of the allocated capital to cover the commitments assumed by the insurer. In order to maintain resources to cover the indemnities payable to the insured, insurance companies include technical provisions in their balance sheets. Technical provisions are estimates and are therefore a source of fluctuations in the profit and loss statement of insurers, so understanding and protecting against these adverse variations is fundamental for efficient actuarial management. The stochastic approach enables internal models to be studied for solvency capital, which is a subject that lacks studies in the Brazilian market, and which is determined by a standard model pre-defined by the regulatory body. Stochastic modeling was proposed for Incurred But Not Reported Reserve using bootstrapping and, to validate this approach, the results were compared with the traditional approaches using real Motor Hull and Motor Third Part Liability data from a Brazilian insurance company. There are advantages of adopting stochastic methods instead of deterministic ones to determine technical provisions for claims, since it is possible to empirically estimate the probability distributions. The quantiles of these curves reveal the estimated probability of the real value exceeding a particular level of provisioning in order to extract the probability of capital shortage that the traditional methods do not provide. In addition, the results show that the traditional methods are too conservative, allocating more capital than necessary.
  • Financial resilience of municipal civil servants’ pension funds Articles

    Lima, Diana Vaz de; Aquino, André Carlos Busanelli de

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O objetivo deste estudo é analisar as respostas a pressões e os padrões de resiliência financeira que emergem nos regimes próprios de previdência social (RPPS) municipais. A análise agrega à abordagem tradicional de resiliência financeira discutindo a vulnerabilidade que emerge da interação entre patrocinador e RPPS, estimulada muitas vezes pelo efeito lock-in da regulação federal que restringe o espaço para respostas transformativas. O tema de resiliência financeira tem sido aplicado como governos reagem a crises, mas não aplicado aos fundos de pensão. Contudo, o objetivo de longo-prazo desses fundos justaposto às pressões de curto prazo induz os gestores à posição paradoxal ao tentarem assimilar as pressões. O impacto do artigo para fundos de pensão e para a regulação está na proposição de que a crescente vulnerabilidade dos regimes RPPS vem do fraco cinturão de governança que protege tais fundos, e que a correção desta questão seria necessária e válida para qualquer reforma que venha a ser feita na política de previdência social no país . Em um mixed-methods sequencial, foram realizadas entrevistas com gestores de fundos, consultores e representantes da Secretaria de Previdência (SPREV) do Ministério da Fazenda, para levantar as respostas usualmente dadas pelos fundos para assimilar as pressões financeiras que surgem. Em seguida, quatro respostas típicas foram analisadas com dados contábeis e financeiros para detectar o nível de uso dessas respostas em mais de 1,8 mil fundos de 2014 a 2016. A partir da frequência das respostas adotadas por cada fundo, foi proposto o padrão de resiliência financeira predominante e como os gestores dos fundos reagem à vulnerabilidade gerada pela ação da prefeitura. Foi observado que as prefeituras acomodam pressões orçamentárias interrompendo repasses ao fundo ou reduzindo alíquotas, e com isso aumentam a vulnerabilidade do fundo. Os gestores dos fundos por sua vez usam a carteira de investimentos para pagar benefícios, reforçando a vulnerabilidade. Esse é um padrão fraco de resiliência financeira, que reforça a vulnerabilidade dos fundos. Discute-se ao final que tal padrão surge devido a falhas de governança e ao efeito lock-in proposto em Pike, Dawley & Tomaney (2010), que reduz o espaço de gestores darem soluções mais transformadoras e ativas em busca de sustentabilidade financeira.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The objective of this study was to analyze the responses and the repetitive pattern of financial resilience which emerge within the civil servants’ pension funds (RPPS, in Portuguese) of local governments in Brazil. The analysis extends the traditional financial resilience approach discussing the emergence of vulnerability from the sponsor and RPPS interaction, often stimulated by the lock-in effect from the federal regulation, which constrains the space for transformative responses. Financial resilience is a concern usually applied to governments’ response to crises, but not for pension funds. However, the long-term objective of such funds when juxtaposed to short-term pressures conduce a paradoxical standpoint for fund’s managers absorbing the pressures. The impact of this article to the pension funds and the regulatory field is the proposition that the growing vulnerability of RPPS regimes comes from the insufficient governance belt protecting them, which would be a necessary and applicable remedy to any pension funds reform the country decides to take . It was applied a sequential mixed-method approach, starting by interviews with fund managers, actuarial consultants and representatives of the Ministry of Finance's Pension Secretariat (SPREV), to identify the usual responses to emerging financial pressures which affect the funds’ financial performance. Secondly, four from the identified typical responses were selected and analyzed through financial and accounting data to detect the response for about 1,8 thousand funds from 2014 to 2016. Based on the frequency of the adopted responses by each fund, it was proposed a recurrent financial resilience pattern, and how the managers’ responses vary according to the vulnerability provoked by the City Hall’s decisions. It was observed that the City Halls accommodate budgetary pressures failing to transfer or downsizing the contributions to the fund, increasing the fund’s vulnerability. The managers consequently respond subjoining the reserves to pay pensioners, reinforcing the fund’s vulnerability. Such response is a weak resilience pattern, which reinforces the funds’ vulnerability due to governance gaps and the lock-in effect proposed by Pike, Dawley & Tomaney (2010), which constrains the local agents’ capacity to perceive and find solutions more transformative and actives looking for financial sustainability.
Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária Av. Prof. Luciano Gualberto, 908 - prédio 3 - sala 118, 05508 - 010 São Paulo - SP - Brasil, Tel.: (55 11) 2648-6320, Tel.: (55 11) 2648-6321, Fax: (55 11) 3813-0120 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: recont@usp.br