Revista Contabilidade & Finanças, Volume: 32, Issue: 86, Published: 2021
  • Talking about succession in stricto sensu post-graduate programs in Accounting Editorial

    Cunha, Jacqueline Veneroso Alves da
  • Is value statement an effective informal control for stimulating pro-environmental behaviors?* Original Article

    Aguiar, Andson Braga de

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este estudo teve o objetivo de examinar quando e como declaração de valores pró-ambiental é efetiva em estimular comportamento pró-ambiental. Em específico, verificar se o efeito da declaração de valores pró-ambiental sobre comportamento pró-ambiental depende da participação na definição da meta e se esse efeito é explicado pelo comprometimento com a meta. Poucos e recentes estudos empíricos examinam efeitos comportamentais da declaração de valores, apesar do potencial desse controle informal em estimular comportamentos apropriados. Adicionalmente, estudos em controle gerencial examinando efeitos de diferentes tipos de controle sobre comportamento pró-ambiental são escassos. Comportamentos pró-ambientais são relevantes no ambiente de negócios ao promover redução de poluentes e contribuir para o desenho efetivo de sistemas de gestão ambiental e para o desempenho ambiental. Assim, é relevante identificar como mecanismos de controle gerencial podem promover ou inibir esse tipo de comportamento. A contribuição para a literatura em controle gerencial é demonstrar em que contexto e por qual processo a declaração de valores pode ser efetivo controle informal. Adicionalmente, a implicação prática é que organizações descentralizadas podem se beneficiar do uso de declaração de valores como mecanismo de controle, desde que permitam participação na definição de metas. Participantes foram recrutados via plataforma Amazon Mechanical Turk e tiveram que decidir sobre conformidade com um acordo ambiental em um estudo experimental. Manipularam-se a presença de uma declaração de valores pró-ambiental e a participação na definição da meta de lucro. Os achados da pesquisa indicam que a declaração de valores pró-ambiental reduz o comprometimento com a meta de lucro e, assim, aumenta a conformidade ambiental, mas apenas quando a definição de metas é participativa. Quando a definição de metas é imposta, a declaração de valores pró-ambiental não afeta o comprometimento e a conformidade ambiental. A principal contribuição é indicar que organizações descentralizadas podem estimular comportamentos apropriados ao comunicar valores prioritários por meio de declaração de valores quando a participação na definição de metas é permitida.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This study aimed to examine when and how a pro-environmental value statement is effective at stimulating pro-environmental behavior. Specifically, it examines whether the effect of pro-environmental value statements on pro-environmental behavior depends on participation in goal setting and whether that effect is explained by goal commitment. Few recent empirical studies examine the behavioral effects of value statements, despite the potential of this informal control to stimulate appropriate behaviors. Also scarce are studies on management control examining the effects of different types of control on pro-environmental behavior. Pro-environmental behaviors are important in the business environment as they promote a reduction in pollutants and contribute to the effective design of environmental management systems and to environmental performance. Thus, it is important to identify how management control mechanisms can promote or inhibit this type of behavior. The contribution to the management control literature is to show in which context and through which process value statements can be an effective informal control. In addition, the practical implication is that decentralized organizations can benefit from the use of value statements as a control mechanism, providing they enable participation in goal setting. Participants were recruited via the Amazon Mechanical Turk platform and they had to decide about compliance with an environmental agreement in an experimental study. I manipulate the presence of a pro-environmental value statement and the participation in setting the profit goal. Research findings indicate that a pro-environmental value statement reduces commitment to the profit goal and thus increases environmental compliance, but only when the goal-setting is participative. When the goal-setting is imposed, a pro-environmental value statement does not affect commitment and environmental compliance. The main contribution is to indicate that decentralized organizations can stimulate appropriate behaviors by communicating prioritized values through a value statement when participation in goal setting is allowed.
  • The influence of national culture on the relationship between corporate governance and earnings management, Original Article

    Soschinski, Caroline Keidann; Haussmann, Darclê Costa Silva; Peyerl, Danrlei Anderson; Klann, Roberto Carlos

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O objetivo do trabalho foi analisar a influência das dimensões de cultura nacional na relação entre governança corporativa (GC) e gerenciamento de resultados (GR). Há evidências de que, em determinados contextos culturais, os mecanismos de GC parecem não eficazes ao minimizar o GR. Estudos sobre governança e sua influência na qualidade da informação contábil podem ajudar os participantes do mercado a tomarem melhores decisões. A inclusão do contexto cultural nessa relação é importante porque lança luz sobre um aspecto pouco explorado nesses estudos, o que pode melhorar o ambiente informacional das organizações. Em termos práticos, os resultados podem contribuir para que as organizações tenham atenção para a influência cultural dos países ao implantarem ou melhorarem seus mecanismos de governança, de modo que prezem por sua eficácia em alinhar interesses e monitorar comportamentos nas organizações. Além disso, participantes do mercado podem exigir alterações nesses mecanismos em contextos culturais mais individualistas e indulgentes. A amostra foi composta por 18.707 observações de empresas localizadas em 24 países pertencentes ao Grupo dos 20, durante os anos de 2010 a 2017. Os dados foram operacionalizados por regressão linear múltipla, com erro padrão robusto e controle de efeitos fixos de setor e ano, e método propensity score matching (PSM). A premissa de que a GC é capaz de minimizar o GR foi confirmada nesta pesquisa, com exceção em países individualistas e indulgentes. Nesses contextos culturais, os mecanismos de governança tendem a ser ineficazes para minimizar o GR. Esses resultados contribuem para a literatura ao evidenciar que a cultura dos países é capaz de impactar a eficácia da GC na mitigação de práticas oportunistas, o que explica resultados ambíguos de pesquisas anteriores.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The aim of the study was to analyze the influence of the dimensions of national culture on the relationship between corporate governance (CG) and earnings management (EM). There is evidence that in certain cultural contexts CG mechanisms appear to be ineffective in minimizing EM. Studies on governance and its influence on accounting information quality can help market participants make better decisions. It is important to include the cultural context in this relationship as it sheds light on an aspect that has hardly been explored in the research, which can improve the informational environment of organizations. In practical terms, the results may contribute to organizations paying more attention to the cultural influence of countries when implementing or improving their governance mechanisms, with the aim of making them more effective in aligning interests and monitoring behaviors in organizations. Moreover, market participants may require alterations in these mechanisms in more individualistic and indulgent cultural contexts. The sample was composed of 18,707 observations of companies located in 24 countries belonging to the G20 group, covering 2010 to 2017. The data were operationalized using a multiple linear regression, with robust standard errors and controls for sector and year fixed effects, using the propensity score matching (PSM) method. The premise that CG can minimize EM was confirmed in this research, except in individualistic and indulgent countries. In these cultural contexts, governance mechanisms tend to be ineffective in minimizing EM. These results contribute to the literature by highlighting that the culture of countries can impact the effectiveness of CG in mitigating opportunistic practices, which explains the ambiguous results of previous research.
  • Timely loss recognition in Brazilian firms under corruption investigation* Original Article

    Rocha, Silvia Pereira da; Bezerra, Francisco Antonio

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O objetivo deste trabalho foi avaliar o impacto da divulgação da participação de empresas brasileiras listadas na Brasil, Bolsa, Balcão (B3) em escândalos de corrupção, por meio do escrutínio da mídia e por divulgação dos auditores independentes na qualidade das informações contábeis, medida sob a perspectiva do conservadorismo contábil. Este artigo buscou esclarecer o possível elo teórico entre a divulgação de escândalos de corrupção e a qualidade da informação contábil no contexto brasileiro. O Brasil tem passado por sucessivos escândalos de corrupção envolvendo empresas e entidades governamentais nas diversas esferas. A contabilidade pode ser um importante instrumento de mitigação deste tipo de risco a partir dos artefatos que possui para informar os principais interessados. Mas é preciso identificar em que medida esses artefatos podem sofrer influência dos atores envolvidos nesses escândalos. A pesquisa coloca a contabilidade como um instrumento sujeito a pressões de diferentes interesses e que se molda a eles. Representando um instrumento que deve funcionar para diminuir a assimetria de informação, coibindo os efeitos nocivos da corrupção, a contabilidade pode estar sendo usada de forma contrária em contextos específicos, como em casos de corrupção e crises econômicas. Utilizou-se o modelo baseado em Ball e Shivakumar (2005) com características específicas de modelagem para corrupção e crise. Os modelos foram estimados no software Stata 13 por meio da abordagem pooled com método de estimação Mínimos Quadrados Ordinários (MQO) clusterizado por ano e setor econômico e estimador Generalized Least Squares (GSL). Os resultados apontam a presença de conservadorismo quando da divulgação de envolvimento em investigações de crimes de corrupção no Brasil. Esse comportamento se apresentou com menor intensidade em empresas efetivamente citadas nesses eventos. Esses resultados ressaltam a relevância dos estudos que visam esclarecer as conexões entre corrupção e relatórios contábeis, possibilitando o desenvolvimento de medidas para coibir práticas de corrupção no ambiente de negócios.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This article evaluates the impact of the disclosure of the participation of Brazilian firms listed on the Bolsa Brasil Balcão (B3) in corruption scandals through media scrutiny and by disclosure of independent auditors on the quality of accounting information, measured from the perspective of accounting conservatism. We examine the possible theoretical link between the disclosure of corruption scandals and the quality of accounting information in the Brazilian context. Brazil has gone through successive corruption scandals involving firms and government entities in different levels. Accounting can be an important tool to mitigate said risks based on the artifacts it has to inform key stakeholders. However, it is necessary to identify the extent to which these artifacts can be influenced by the actors involved in these scandals. The research places accounting as an instrument subject to pressures from different interests and that may be shaped to them. Although accounting is an instrument that must aim to reduce information asymmetry, preventing the harmful effects of corruption, in specific contexts, it can be used in the opposite direction, such as in cases of corruption and economic crises. We used the model based on Ball and Shivakumar (2005) with specific modeling characteristics for corruption and crisis. The models were estimated using the Stata 13 software using the pooled approach using the Ordinary Least Squares (OLS) estimation method, clustered by year and economic sector, and the Generalized Least Squares (GSL) estimator. The results point to the presence of conservatism when disclosing involvement in investigations of corruption crimes in Brazil. This behavior was less intense in firms effectively mentioned in these events. These results highlight the relevance of studies aimed at clarifying the connections between corruption and accounting reports, enabling the development of measures to curb corruption in the business environment.
  • Risk management in the public sector: challenges in its adoption by Brazilian federal universities Original Article

    Araújo, Artur; Gomes, Anailson Marcio

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O objetivo deste trabalho foi analisar a percepção dos membros dos comitês de riscos das universidades federais do Brasil quanto aos desafios na adoção da gestão de riscos nessas instituições. Atualmente, as universidades federais estão obrigadas por lei a gerir seus riscos, sendo esse um processo recente que as coloca diante de um desafio ainda pouco explorado. O estudo dos desafios para a adoção da gestão de riscos permite às universidades federais o aprimoramento gradual da gestão como um todo, visando adotar o processo da melhor maneira possível. Este estudo contribui para os meios profissional e acadêmico ao propor um conjunto de ações inseridas no contexto operacional das universidades para melhorar o grau de maturidade da gestão de riscos dessas instituições. O procedimento adotado foi o levantamento (survey) com as 68 universidades federais existentes em 2019. O estudo quantitativo foi baseado em um questionário enviado aos servidores pertencentes aos comitês de governança, riscos e controles, com taxa de resposta de 73%. Os dados foram analisados, utilizando-se estatística descritiva e medidas de posição e de dispersão. Analisou-se a percepção quanto aos desafios decorrentes da adoção da gestão de riscos, na qual se destacaram a falta de mapeamento de processos, a necessidade de engajamento e de capacitação dos servidores, o surgimento de divergências em torno do tratamento do risco e o excesso de demandas dos servidores. As evidências indicaram que a gestão de riscos pode garantir e facilitar desde o cumprimento de leis, regulamentos, normas e padrões até a identificação de cenários externos que podem influenciar a concretização de eventos que impactam negativamente não só as universidades, mas toda a comunidade.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The aim of this study was to analyze the perception of the members of the risk committees of federal universities in Brazil regarding the challenges in the adoption of risk management in those institutions. Currently, federal universities are obliged by law to manage their risks. This is a recent process that presents them with considerable challenges, which have scarcely been explored. Studying the challenges in adopting risk management enables federal universities to gradually improve their overall management, with the aim of adopting the process in the best way possible. This study contributes to the professional and academic areas by proposing a set of actions within the operational context of the universities to improve the maturity level of the risk management of those institutions. The procedure adopted was a survey covering 68 federal universities in operation in 2019. The quantitative study was based on a questionnaire sent to the public servants on their governance, risk, and control committees, which had a 73% response rate. The data were analyzed using descriptive statistics and position and dispersion measures. Perception was analyzed regarding the challenges arising from the adoption of risk management, in which a lack of process mapping, the need for staff engagement and training, the emergence of divergences concerning the treatment of risk, and excess demands on staff were highlighted. The evidence indicated that risk management can guarantee and facilitate compliance with laws, regulations, norms, and standards, as well as the identification of external scenarios that can influence the occurrence of events that negatively impact not only the universities but the whole community.
  • Study on the relationship between the IVol-BR and the future returns of the Brazilian stock market, Original Article

    Cainelli, Paloma Vanni; Pinto, Antonio Carlos Figueiredo; Klötzle, Marcelo Cabús

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Em 2015, o Núcleo de Pesquisa em Economia Financeira (NEFIN) da Universidade de São Paulo propôs um índice de volatilidade implícita para o mercado acionário brasileiro baseado nos preços diários das opções do índice Bovespa (Ibovespa) e que mede a volatilidade esperada do Ibovespa nos próximos dois meses. O objetivo do estudo é averiguar se esse índice de volatilidade implícita pode ser considerado um indicador antecedente dos retornos futuros do mercado acionário brasileiro, dado que ele representa a volatilidade esperada do Ibovespa dois meses à frente. Este estudo contribui para a literatura sobre o índice de volatilidade implícita do mercado acionário brasileiro, que, até esse momento, é escassa devido a esse índice ter sido estabelecido recentemente e não haver o oficial publicado pela B3 S.A. - Brasil, Bolsa, Balcão (B3). Comprovada a relação entre o índice de volatilidade implícita brasileiro e os retornos futuros do Ibovespa, os investidores poderão antecipar instabilidades do mercado brasileiro, estruturando estratégias para proteger suas carteiras de investimentos, bem como identificar oportunidades de entrada e saída do mercado. Esta pesquisa colabora para a divulgação do índice de volatilidade implícita brasileiro a fim de que se torne mais difundido na academia e no mercado financeiro brasileiro. O aumento de estudos sobre esse índice pode também incentivar o lançamento de um índice de volatilidade implícita oficial pela B3. A relação entre o índice de volatilidade implícita brasileiro e os retornos futuros do Ibovespa é examinada utilizando regressão por mínimos quadrados e quantílica. O índice de volatilidade implícita do mercado acionário brasileiro pode auxiliar na previsão dos retornos futuros do Ibovespa, principalmente para retornos futuros de 20, 60, 120 e 250 dias.

    Abstract in English:

    ABSTRACT In 2015, the Financial Economics Research Center (NEFIN) of the University of São Paulo proposed an implicit volatility index for the Brazilian stock market based on the daily prices of options for the Bovespa index (Ibovespa) and that measures the expected volatility of the Ibovespa in the next two months. The aim of this study is to determine whether this implicit volatility index can be considered an antecedent indicator of future returns of the Brazilian stock market, given that it represents the expected volatility of the Ibovespa two months into the future. This study contributes to the literature on the implicit volatility index for the Brazilian stock market, which has been scarce until now. This happens due to the recent establishment of the index and due to the fact that there is not an official one published by the B3 S.A. - Brasil, Bolsa, Balcão (B3). Given the relationship found between the Brazilian implicit volatility index and the future returns of the Ibovespa, investors could anticipate instabilities in the Brazilian market by putting together strategies to protect their investment portfolios, as well as identifying opportunities to enter and exit the market. This research corroborates in disclosing the Brazilian implicit volatility index in order for it to become more widely used in academia and in the Brazilian financial market. The increase in studies on this index may also incentivize the launch of an official implicit volatility index by the B3. The relationship between the Brazilian implicit volatility index and the future returns of the Ibovespa is examined using least squares and quantile regressions. The implicit volatility index for the Brazilian stock market could help in predicting the future returns of the Ibovespa, especially for 20-, 60-, 120-, and 250-day future returns.
  • Composition of portfolios by pairs trading with volatility criteria in the Brazilian market, Original Article

    Cavalcanti, Raphael Silveira Guerra; Santos, Joséte Florencio dos; Santos, Ramon Rodrigues dos; Cunha, Anderson Góis M. da

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O objetivo do trabalho foi compreender de que forma a volatilidade das ações afetam a dinâmica dos portfólios formados com uso do modelo de arbitragem por pares ou pairs trading no mercado acionário brasileiro. Este artigo diferenciou-se por trazer novas evidências acerca dos efeitos da volatilidade no modelo de pairs trading não abrangidos por estudos anteriores, ampliando o tamanho da amostra analisada no mercado acionário brasileiro. A relevância do tema escolhido reside no fato de modelos de arbitragem por pairs trading ou long-short serem utilizados por investidores para construção de suas carteiras. A utilização dos conceitos de cointegração contribui probabilisticamente para a formação de portfólios fracamente correlacionados aos índices de mercado com desempenho superior. Este artigo tem impacto na área por contribuir com novas evidências para uma melhor utilização do modelo na análise de investimentos. Analisou-se, no período de janeiro de 2016 até dezembro de 2018, os 90 ativos mais líquidos da Bolsa, Brasil, Balcão (B3), totalizando 5.927.400 pares possíveis. Para avaliação dos critérios de cointegração utilizou-se o teste Dickey-Fuller Aumentado e posterior backtesting dos pares no período proposto. A análise estatística foi realizada por testes paramétricos e não paramétricos e análises de correlações de Pearson e Spearman. Os resultados encontrados indicaram que a formação de carteiras por pairs trading com ativos dependentes com critério de maiores níveis de volatilidade (20 períodos) apresentaram um desempenho superior. Esses achados podem ser justificados por uma melhor relação de risco e retorno para a carteira, mensurada pelo Índice de Sharpe dos retornos obtidos em relação à volatilidade da carteira, quando comparada a uma formação das carteiras baseada em uma seleção aleatória dos pares. Além disso, os resultados também apresentaram baixa correlação dos retornos em relação ao índice de mercado. Constatou-se, assim, que apenas a aplicação da metodologia de análise por cointegração estatística não garante resultados diferenciados da média de mercado.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The objective of this study was to understand how the shares’ volatility affects the portfolios’ dynamics formed using the model of pairs trading in the Brazilian stock market. This article distinguished itself by bringing new evidence about the effects of volatility in the pairs trading model not covered by previous studies, expanding the sample size analyzed in the Brazilian stock market. The chosen theme’s relevance is that investors can use pairs trading or long-short models to build their portfolios. The use of cointegration concepts probabilistically contributes to portfolios’ formation weakly correlated to the market indexes with superior performance. This article impacts the area by contributing new evidence for better use of the model in the analysis of investments. From January 2016 to December 2018, the 90 most liquid assets of Bolsa, Brasil, Balcão (B3) were analyzed, totaling 5,927,400 possible pairs. The Augmented Dickey-Fuller test and subsequent backtesting of the pairs in the proposed period were used to evaluate the cointegration criteria. Statistical analysis was performed by parametric and non-parametric tests and Pearson and Spearman correlation analyses. The results found indicated that the formation of portfolios by pairs trading with dependent assets with the criterion of higher levels of volatility (20 periods) presented a superior performance. These findings can be justified by a better risk and return ratio for the portfolio, measured by the Sharpe Index of the returns obtained concerning the portfolio’s volatility, compared to a portfolio formation based on a random selection of the pairs. In addition, the results also showed a low correlation of returns concerning the market index. Therefore, the application of the statistical cointegration analysis methodology alone does not guarantee results that are different from the market average.
  • Framing effects of information on investment risk perception* Original Article

    Monteiro, Beatriz Azevedo; Bressan, Aureliano Angel

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O objetivo deste trabalho foi verificar se efeitos de enquadramento da informação de performance passada afetam a percepção de risco dos indivíduos em fundos de renda fixa e de renda variável. Como lacuna de pesquisa, o artigo visa avaliar se a percepção de risco se altera em função da forma como a informação é repassada ao investidor, sinalizando para a importância da consideração de possíveis efeitos de enquadramento na divulgação de informações nos prospectos e relatórios dos fundos de investimento. Este estudo é direcionado a investidores (individuais e institucionais) e reguladores da indústria de fundos ao destacar a importância da forma na qual a informação de performance é apresentada nos prospectos e relatórios de fundos de investimento. O impacto do artigo na área relaciona-se à investigação de como investidores estão sujeitos a efeitos de mudanças na avaliação de risco e retorno em ativos de renda fixa e variável, a depender de como a informação lhes é apresentada. A abordagem utilizada se baseia em um quase-experimento fatorial 2x2, no qual são testados os efeitos de formato (intra-sujeitos) e de horizonte temporal (entre-sujeitos) em uma amostra de composta por 143 respondentes. Os resultados indicam que, para o investimento em renda variável, a maior percepção de risco foi notada no enquadramento que apresenta a informação de retornos mensais, e o maior retorno esperado no enquadramento com ênfase na evolução do valor da cota. Já para o investimento em renda fixa, tanto a maior percepção de risco quanto o maior retorno esperado ocorrem nos enquadramentos que enfatizam o valor da cota. Na comparação dos resultados dos dois tipos de investimentos, a percepção de risco foi maior para fundos de renda variável do que para fundos de renda fixa. Todavia, a percepção do retorno esperado foi maior para renda fixa do que para o de renda variável em função do efeito de enquadramento, embora o retorno realizado não comprove esta percepção.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The aim of this study is to verify whether the framing effects of past performance information affect the risk perception of individuals for fixed-income and variable income fund. We assess whether risk perception varies depending on how information is communicated to investors, considering the relevance of possible framing effects arising from how information is presented in investment funds’ prospectuses and reports. This study is aimed at investors (individual and institutional) and fund industry regulators, highlighting the importance of past performance presentation. This article aims to contribute to the area by investigating how investors are influenced by varying perceptions of risk and return on fixed-income and variable-income assets, depending on information presentation format. The approach used is based on a 2x2 factorial quasi-experiment, in which format (within-subject) and time horizon (between-subjects) effects are tested in a sample of 143 respondents. Our results indicate that, for investment in a variable-income fund, a monthly yield presentation format leads to higher perceived risk, and that a framing emphasizing fund value evolution leads to higher perceived returns. As for investment in a fixed-income fund, the framing that emphasizes fund value leads to both higher perceived risk and higher perceived returns. When comparing the results for the two types of investments, the risk perception was higher for variable-income than for fixed income funds. However, perceived returns were higher for fixed income than for variable-income funds due to the framing effect, although realized returns do not corroborate this perception.
  • Mean reversion in a price-earnings ratio and under / overvaluation in the Brazilian stock market* Original Article

    Amorim, Daniel Penido de Lima; Camargos, Marcos Antônio de

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Os índices preço-lucro de mercado diferem daqueles de cada ação. Apesar de possibilitarem várias análises pertinentes, raramente, esses índices foram abordados no contexto brasileiro. Eles podem ser utilizados para avaliar uma sub/sobrevalorização do mercado de ações. Este estudo objetivou analisar a reversão à média em um índice preço-lucro baseado no Ibovespa, assim como, utilizando dele, identificar momentos de sub/sobrevalorização do mercado de ações brasileiro. O período considerado foi de dezembro de 2004 a junho de 2018. Até então, não havia estudos que identificassem momentos de sub/sobrevalorização desse mercado. Nas análises, foram adotados métodos econométricos não lineares. A reversão a média do índice preço-lucro foi analisada mediante um teste de raiz unitária que incorpora uma função Fourier no termo determinístico. Os momentos de sub/sobrevalorização foram identificados por meio das probabilidades de regime, recuperadas de um modelo Markov Switching estimado com o índice preço-lucro. Os resultados evidenciaram que o índice preço-lucro baseado no Ibovespa tem uma tendência não linear e apresenta reversão à média. Assim, sobretudo, em momentos nos quais esse múltiplo se encontrar notavelmente disperso para os padrões históricos, ele deve prover informação sobre o comportamento futuro do mercado de ações. Foram identificados quatro momentos de mercado sobrevalorizado, intercalando com cinco momentos de mercado subvalorizado. A reversão à média do índice preço-lucro contrapõe a Hipótese de Mercados Eficientes. Não foram encontradas outras aplicações de testes de raiz unitária com função Fourier no contexto brasileiro. Além disso, adotar um modelo de Markov Switching para identificar momentos de sub/sobrevalorização no mercado de ações consiste em uma contribuição metodológica. Investidores podem tirar proveito da identificação desses momentos para estabelecer estratégias de investimento.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The market price-earnings ratios differ from those of each share. Despite allowing for several pertinent analyses, authors have rarely addressed these valuation ratios in the Brazilian context. We can use it to evaluate whether the stock market is overvalued (undervalued). In this article, we analyze the mean reversion in a price-earnings ratio based on Ibovespa and identify periods of overvaluation (undervaluation) in the Brazilian stock market. We considered the period from December 2004 to June 2018. Until then, there are no studies that sought to identify periods of overvaluation (undervaluation) in this market. In the analyses, we used non-linear econometric methods. We analyzed the mean reversion in the price-earnings ratio using a unit root test that incorporates a Fourier function in the deterministic term. We identified the periods of market overvaluation (undervaluation) through the regime probabilities obtained from a Markov Switching model, estimated with the price-earnings ratio. The results evidenced that the price-earnings ratio based on the Ibovespa has a non-linear trend and exhibits mean reversion. Thus, this valuation ratio should provide information on the future stock market returns, mostly when it is very dispersed in relation to historical standards. We identified four periods of market overvaluation interposed with five periods of market undervaluation. Mean reversion in the price-earnings ratio contraposes the Efficient Markets Hypothesis. There are no other applications of unit root tests with a Fourier function in the Brazilian context. Furthermore, adopting a Markov Switching model to identify periods of market overvaluation (undervaluation) consists of a methodological contribution. Investors can take advantage of the identification of these periods to establish investment strategies.
  • The impact of alternative assets on the performance of Brazilian private pension funds* Original Article

    Flores, Francis Amim; Campani, Carlos Heitor; Roquete, Raphael Moses

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este artigo avalia o impacto de ativos alternativos no desempenho dos fundos de previdência privada brasileiros. Poucos estudos abordam esse tema no Brasil, abordando em sua maioria apenas a adição de ativos alternativos e seu impacto no desempenho. O mercado de fundos de previdência privada aberta no Brasil vem crescendo rapidamente nos últimos anos e ganhando notável relevância, especialmente após o anúncio da reformulação do sistema previdenciário brasileiro. Em 2018, o Plano Gerador de Benefícios Livres (PGBL) e o Vida Gerador de Benefício Livre (VGBL) representaram mais de 94% do total de ativos em seu setor. Os fundos de investimento especialmente constituídos (FIEs) dos planos de previdência privada PGBL e VGBL caracterizam-se pela sua dependência de ativos de renda fixa. O Brasil enfrenta atualmente um cenário de juros baixos sem precedentes - que, seguindo um panorama mundial, parece estar definido há muito tempo - e gestores de fundos de previdência privada devem buscar investimentos alternativos que agreguem tanto o prêmio de risco quanto a diversificação. Os resultados deste estudo podem apoiar os gestores neste assunto pouco discutido. Comparamos o desempenho dos FIEs sem ativos alternativos adicionais versus a carteira com ativos alternativos, adicionando um índice de fundo de cobertura, um índice de fundos mútuos de ações, um índice de commodities, um índice de energia elétrica, um índice de serviços públicos, um índice de ouro e um índice imobiliário. Foram utilizadas diversas medidas de desempenho, considerando as normas brasileiras e uma estratégia de reequilíbrio. Nossos resultados mostraram que quase todos os ativos alternativos utilizados neste estudo melhoraram o desempenho dos FIEs dos planos de previdência privada PGBL e VGBL, especialmente o índice de serviços públicos e o índice de fundo de cobertura. Alguns até melhoraram o risco de cauda da carteira.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This article assesses the impact of alternative assets on the performance of Brazilian private pension funds. Few studies touch on this topic in Brazil and most only investigate the addition of alternative assets and their impact on the performance. The market of open private pension funds in Brazil has been growing rapidly in recent years and gaining much relevance, especially after the announcement of the reformulation of the Brazilian pension system. In 2018, the Free Benefit Generating Plan (PGBL) and the Free Benefit Generating Life (VGBL) represented more than 94% of total assets in their sector. The Brazilian specially constituted investment funds (FIEs) of PGBL and VGBL private pension plans are characterized by their dependence on fixed income assets. Brazil currently faces an unprecedent low interest rate scenario - which, following a worldwide panorama, seems to be set for a long time - and pension fund managers must search for alternative investments that aggregate both risk premia and diversification. The results of this study may support managers in this little-discussed matter. We compare the performance of FIEs without additional alternative assets versus the portfolio with alternative assets, adding a hedge fund index, an equity mutual funds index, a commodity index, an electric power index, a public utilities index, a gold index, and a real estate index. Several performance measures were used, considering Brazilian regulations and a rebalancing strategy. Our results showed that almost all alternative assets used in this study improved the performance of the Brazilian FIEs of PGBL and VGBL private pension plans, especially the public utilities index and the hedge fund index. Some even improved the portfolio tail risk.
  • Behavior of stock prices due to the lock-up period expiration in IPOs and follow-ons Original Article

    Talans, Loveley; Minardi, Andrea Maria Accioly Fonseca

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O objetivo deste trabalho foi verificar os efeitos da expiração do lock-up no comportamento dos preços e volumes em IPOs e follow-ons no mercado brasileiro e identificar fatores que possam explicar a existência e magnitude de retornos anormais. Foram encontrados poucos trabalhos que investigassem esse fenômeno no Brasil, que se limitaram à análise de IPOs sem examinarem o efeito em follow-ons e à construção dos retornos anormais acumulados comparados ao Ibovespa, em vez de benchmarks apropriados ao risco de cada ação. Cláusulas de lock-up existem para mitigar o problema de assimetria informacional em ofertas públicas, mas expõem os investidores ao risco da queda de preço após sua expiração. Entender a magnitude desse impacto é importante para investidores do mercado acionário. Por meio da análise deste artigo, investidores poderão estimar a magnitude da variação de preço ao redor da expiração do lock-up, quais fatores explicam os retornos e se há indícios de limitações à venda a descoberto. Aplicou-se o método do estudo de eventos, comparando-se os retornos ao Ibovespa e a uma carteira de referência individual composta por companhias similares. Base de dados: 313 ofertas ocorridas na bolsa brasileira entre 2004 e 2019. Foram encontradas evidências de aumento de volume ao redor da expiração de lock-up em IPOs, mas a queda de preço foi verificada apenas nas empresas que tinham fundos de private equity como acionistas. Em follow-ons, em que a assimetria de informações sobre o emissor é menor, verificou-se situação inversa. Existem diversas extensões e formatos de lock-ups ao redor do mundo, que proporcionam diferentes impactos no volume e preço. Este artigo contribui com a literatura ao analisar esse evento no Brasil e estender a análise também para follow-ons. Uma possível interpretação para o fenômeno são as restrições ao short-selling no mercado brasileiro.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The objective of this study was to verify the effects of the lock-up expiration on the behavior of prices and volumes in IPOs and follow-ons in the Brazilian market and to identify factors that may explain the existence and magnitude of abnormal returns. Few studies were found to investigate this phenomenon in Brazil, which were limited to the analysis of IPOs without examining the effect on follow-ons and the construction of abnormal accumulated returns compared to the Ibovespa, instead of benchmarks appropriate to each stock's risk. Lock-up clauses exist to mitigate the problem of information asymmetry in public offers but expose investors to the risk of a price drop after its expiration. Understanding the magnitude of this impact is essential for investors in the stock market. Through this article's analysis, investors will be able to estimate the magnitude of the price variation around the lock-up expiration, what factors explain the returns, and whether there are indications of short selling limitations. The event study method was applied, comparing returns to the Ibovespa and an individual reference portfolio composed of similar companies. Database: 313 offers that occurred on the Brazilian stock market between 2004 and 2019. Evidence of volume increase was found around the expiry of lock-up in IPOs, but the price drop was verified only in companies with private equity funds as shareholders. In follow-ons, in which the asymmetry of information about the issuer is less pronounced, the opposite situation was verified. There are several extensions and lock-up formats worldwide, which provide different impacts on volume and price. This article contributes to the literature when analyzing this event in Brazil and extending the analysis to follow-ons. A possible interpretation for the phenomenon is the restrictions on short-selling in the Brazilian market.
  • The impact of MILA market-maker facility on volatility of the Colombian stock market Original Article

    Lukanima, Benedicto Kulwizira; Gómez-Bravo, Yuli Paola; Sanchez-Barrios, Luis Javier

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Em 2014, a Bolsa de Valores da Colômbia iniciou a implementação de seu mecanismo de market-maker (MMF), com o objetivo de melhorar a eficiência do mercado. Este artigo examina o impacto do programa MMF em três aspectos relacionados à volatilidade: persistência da volatilidade, prêmio de risco e assimetria de informação. Este artigo fornece novos insights sobre os resultados esperados das reformas dos Mercados Integrados Latinoamericanos (MILA), especificamente do MMF sobre a volatilidade do mercado de ações colombiano, tópico este que não foi totalmente abordado na literatura existente. Este estudo, portanto, fornece informações úteis para reguladores e formuladores de políticas, buscando abordar as principais questões levantadas durante o Fórum Econômico Mundial (WEF) de 2016. Este artigo desafia os formuladores de políticas e reguladores do mercado de ações na Colômbia a revisitarem o programa de reforma e a abordarem os fatores que limitam a eficácia das reformas de mercado. Este artigo fornece justificativas para replicar o estudo para cobrir outros países do MILA devido às diferenças existentes em algumas políticas e estruturas de mercado nacional. O artigo emprega modelos de variância condicional para medir a persistência da volatilidade, prêmios de risco e assimetria de informação. Os modelos são empregados no índice de ações COLCAP (Colômbia), observado de 17 de janeiro de 2008 a 30 de maio de 2019. As observações são divididas em duas amostras - pré- e pós-MMF. Este artigo fornece evidências dos impactos das reformas do MMF no mercado de ações colombiano. Especificamente, o MMF parece ter impacto nos seguintes aspectos: (i) aumentou a magnitude na qual os retornos atuais dependem dos retornos anteriores; (ii) os retornos da carteira de investimentos, que geralmente são baixos, diminuíram após o MMF, levando a uma menor compensação de risco; (iii) o MMF não parece ter afetado a volatilidade dos retornos de mercado e a assimetria de informação; (iv) a persistência da volatilidade aumentou em magnitude.

    Abstract in English:

    ABSTRACT In 2014, the Colombian Stock Exchange commenced the implementation of its market-maker facility (MMF), aiming at improving market efficiency. This paper examines the impact of the MMF program on three volatility-related aspects: volatility persistence, risk premium, and information asymmetry. This paper provides new insights about the anticipated outcomes of Mercados Integrados Latinoamericanos (MILA) reforms, specifically the MMF on the volatility of the Colombian stock market. This topic has not been fully addressed in the existing literature. This study, therefore, provides useful information for regulators and policy makers, in endeavors to address key issues raised during the World Economic Forum (WEF) of 2016. This paper poses a challenge to policy makers and stock market regulators in Colombia to revisit the reform program and address the factors limiting the effectiveness of market reforms. This paper provides justification for replicating the study to cover other MILA countries due to existing differences in some domestic market policies and structures. The paper employs conditional variance models for measuring volatility persistence, risk premia, and information asymmetry. The models are employed on the COLCAP stock index (Colombia) observed from January 17, 2008 to May 30, 2019. Observations are divided into two samples - pre- and post-MMF. This paper provides evidence of the impacts of the MMF reforms in the Colombian stock market. Specifically, the MMF seems to have an impact on the following aspects: (i) the magnitude in which current returns depend on previous returns has increased; (ii) investment portfolio returns, which are generally low, have declined after the MMF, leading to less risk compensation; (iii) the MMF does not seem to have affected the volatility of market returns and information asymmetry; (iv) volatility persistence increased in magnitude.
  • An experimental analysis of the effect of recordkeeping over direct reciprocity* Original Article

    Santos, Luis Paulo Guimarães dos; Cerqueira, Anderson José Freitas de; Carvalho, César Valentim de Oliveira

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este artigo investiga experimentalmente o impacto do registro de transações (recordkeeping) sobre o nível de reciprocidade direta. O estudo da reciprocidade tem sido pouco explorado na contabilidade. Este artigo ajuda a preencher essa lacuna ao apresentar a primeira investigação que fornece evidências experimentais da relação causal entre o recordkeeping e a reciprocidade direta. A reciprocidade é um aspecto chave no processo de cooperação humana, em função de suas implicações para a evolução dos sistemas econômicos e sociais. Entretanto, entender os mecanismos que a promovem tem sido um importante desafio científico em várias áreas, tais como biologia, antropologia, sociologia, psicologia e economia. Os resultados deste estudo trazem impacto para o ensino contábil porque fornecem base científica que ajuda a melhorar a compreensão do papel da contabilidade, por meio de sua função mais elementar, e suas consequências para a cooperação humana. Além disso, têm implicações para a pesquisa contábil ao mostrarem a viabilidade do uso de experimentos econômicos para investigar temas emergentes em contabilidade. Por fim, do ponto de vista prático, os resultados da pesquisa sinalizam para os formuladores de mecanismos contábeis de controle a importância de se considerar o efeito crowding out desses instrumentos sobre a motivação. A pesquisa adotou um desenho experimental de fator único entre participantes, pré-teste/pós-teste, com grupo de controle. A inferência causal foi realizada por meio de modelos de regressões de diferenças em diferenças para dados em painel acompanhados por uma variedade de testes adicionais, visando conferir robustez aos resultados. A pesquisa apresenta evidências do efeito crowding out da manutenção de registros (recordkeeping) sobre a reciprocidade direta em um trust game. Esse achado é importante porque fornece uma explicação de como a contabilidade, por meio de sua função mais básica, influencia a cooperação humana.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This article experimentally investigates the impact of recordkeeping over the level of direct reciprocity. The study of reciprocity has been barely explored in accounting. This article helps to fill that gap by presenting the first investigation that provides experimental evidence of the causal relationship between recordkeeping and direct reciprocity. Reciprocity is a key aspect in the human cooperation process, based on its implications for the evolution of economic and social systems. However, understanding the mechanisms that promote it has been an important scientific challenge in various areas, such as biology, anthropology, sociology, psychology, and economics. The results of this study have an impact on accounting teaching as they provide a scientific basis that helps to improve the understanding of the role of accounting, through its most basic function, and its consequences for human cooperation. Moreover, they have implications for accounting research by showing the viability of using economic experiments to investigate emerging themes in accounting. Finally, from a practical viewpoint, the results of the research signal to the formulators of accounting control mechanisms the importance of considering the crowding out effect of those instruments over motivation. The research adopted a single-factor between-subjects experimental design with a pre-test and post-test and a control group. The causal inference was made using difference-in-differences regression models for panel data together with a variety of additional tests, aiming to give robustness to the results. The research presents evidence of the crowding out effect of recordkeeping over direct reciprocity in a trust game. This finding is important because it provides an explanation of how accounting, through its most basic function, influences human cooperation.
Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária Av. Prof. Luciano Gualberto, 908 - prédio 3 - sala 118, 05508 - 010 São Paulo - SP - Brasil, Tel.: (55 11) 2648-6320, Tel.: (55 11) 2648-6321, Fax: (55 11) 3813-0120 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: recont@usp.br