Saúde mental na atenção básica: um estudo epidemiológico baseado no enfoque de risco

Mental health in the basic attention: an epidemic study based on the risk focus

Salud mental en la atención básica: un estudio epidemiologico basado en el enfoque de riesgo

As transformações de cunho social-político e econômico ocorrido nas últimas décadas repercutem em todos os setores da sociedade. Fato que traz transformações para a saúde mental da população. Teve como objetivo realizar a população com risco para adoecimento mental. Trata-se de um estudo epidemiológico de corte transversal realizado em uma comunidade de João Pessoa-PB, utilizando-se Self Report Questionnaire-20 (SRQ-20). Observou-se associação do Risco para Depressão e Ansiedade com o sexo feminino (59,40%), faixa etária de 40 a 65 anos (66%), ocupação de serviços domésticos (65,5%). Somos levados a reconhecer que o sofrimento mental tem crescido relativamente na amostra estudada e a partir dessa constatação faz-se necessário uma atenção imediata aos problemas de saúde mental nas pessoas da comunidade.

Saúde mental; Atenção primária à saúde; Epidemiologia; Grupos de risco


Associação Brasileira de Enfermagem SGA Norte Quadra 603 Conj. "B" - Av. L2 Norte 70830-102 Brasília, DF, Brasil, Tel.: (55 61) 3226-0653, Fax: (55 61) 3225-4473 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: reben@abennacional.org.br