Qualidade de vida de cuidadores familiares de pessoas com lesão da medula espinal

Este estudo objetivou avaliar a qualidade de vida de cuidadores familiares de pacientes com Lesão da medula espinal (LM). Quatorze mulheres (sete cuidadoras familiares e sete controles) foram submetidas à avaliação pelo questionário Medical Outcomes Study 36 - Item Short-Form Health Survey (SF-36) e pelo questionário Caregiver Burden Scale (CBS). Utilizou-se o Teste de Mann-Whitney (p<0,05) para comparação entre os grupos acerca dos escores obtidos para os dois questionários. Para o primeiro questionário (SF-36) não houve diferença significativa entre os grupos, porém para o segundo questionário (CBS) os resultados apresentaram diferença estatisticamente significativa (p>0,05), caracterizada pela diferença percentual de 62%, 66,7%, 55%, 50%, 57% e 63%, para tensão geral, isolamento, decepção, envolvimento emocional, ambiente e escore global, respectivamente. O questionário CBS mostrou-se adequado para verificar a qualidade de vida dos cuidadores de pessoas com LM e o ato de cuidar produz um impacto negativo sobre a qualidade de vida destes.

Traumatismos da Medula Espinal; Cuidadores; Qualidade de Vida


Associação Brasileira de Enfermagem SGA Norte Quadra 603 Conj. "B" - Av. L2 Norte 70830-102 Brasília, DF, Brasil, Tel.: (55 61) 3226-0653, Fax: (55 61) 3225-4473 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: reben@abennacional.org.br