Os direitos do paciente segundo o posicionamento de médicos e enfermeiros: pesquisa exploratória

The rights of the patient according to the position de doctors and nurses, exploration research

Resumos

Considerando que os Direitos do Paciente devem ser respeitados por todos os profissionais da área de saúde, desenvolveu-se esta pesquisa exploratória a fim de analisar o posicionamento de médicos e enfermeiros diante da vivência desses princípios. Aplicou-se o método descritivo e a técnica de investigação social, no Hospital Universitário Pedro Ernesto da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, no período de setembro a dezembro de 1994, junto a uma amostra aleatória composta por 26 enfermeiros e 24 médicos. Utilizou-se um questionário com 30 questões que foi distribuído aos mesmos para respondê-lo. O marco referencial compreendeu os princípios éticos e legais que determinam os direitos humanos, a atitude dos profissionais de saúde no relacionamento com os clientes e os próprios direitos do paciente. De acordo com o depoimento desses respondentes, os Direitos do Paciente mais difíceis de serem respeitados são: a escolha dos profissionais que o atenderão, esclarecimento sobre diagnóstico e prognóstico, tratamento individualizado, acesso ao prontuário, participação no planejamento do tratamento, ter acompanhante e receber tratamento atencioso. Já os Direitos do Paciente referidos como mais respeitados são: guarda e sigilo profissional. direito a visitas e a reclamar da equipe e tratamento adequado à sua patologia.

Direitos; Ética; Humanização


Considering the fact that the rights of the patient must be, respected for all professionals involved in the health, this exploratory research was developed in order to analyse the position of doctors and nurses in face to dayle handle of these principles. The descriptive method was adopted and the technique of social investigation, in the University Hospital Pedro Ernesto in UERJ, from September to December 1994, towards na aleatory sample composed of 26 nurses and 24 doctors. A questionnaire containing 30 questions was handed out to the professionals to be answered. The reference embraced the ethical and legal principies, which determinate the human rights, the attitude of the professionals of health in the relation with the clients and the very rights of the pacient. According to the answers of the ones who answered, the most difficulty respected rights of the patient are the choice of the professionals who is giong to attend to him, explanation about diagnosis and prognosis, individual treatment. access to the handbook, participation in the planning of the treatment. the right to have a companion and to be kindly attended. Otherwise, the most respected rights are professional secret and watch, right to visits and to complain about and adequate treatment to his pathology.

Rights; Ethics; Humanization


PÁGINA DO ESTUDANTE

Os direitos do paciente segundo o posicionamento de médicos e enfermeiros - pesquisa exploratória

The rights of the patient according to the position de doctors and nurses, exploration research

Elaine Diana Kreischer; Patricia de Abreu P. Alonso; Patricia de Mello Salles; Raquel de Souza Ramos

Graduandas da Faculdade de Enfermagem da UERJ

RESUMO

Considerando que os Direitos do Paciente devem ser respeitados por todos os profissionais da área de saúde, desenvolveu-se esta pesquisa exploratória a fim de analisar o posicionamento de médicos e enfermeiros diante da vivência desses princípios. Aplicou-se o método descritivo e a técnica de investigação social, no Hospital Universitário Pedro Ernesto da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, no período de setembro a dezembro de 1994, junto a uma amostra aleatória composta por 26 enfermeiros e 24 médicos. Utilizou-se um questionário com 30 questões que foi distribuído aos mesmos para respondê-lo. O marco referencial compreendeu os princípios éticos e legais que determinam os direitos humanos, a atitude dos profissionais de saúde no relacionamento com os clientes e os próprios direitos do paciente. De acordo com o depoimento desses respondentes, os Direitos do Paciente mais difíceis de serem respeitados são: a escolha dos profissionais que o atenderão, esclarecimento sobre diagnóstico e prognóstico, tratamento individualizado, acesso ao prontuário, participação no planejamento do tratamento, ter acompanhante e receber tratamento atencioso. Já os Direitos do Paciente referidos como mais respeitados são: guarda e sigilo profissional. direito a visitas e a reclamar da equipe e tratamento adequado à sua patologia.

Unitermos: Direitos - Ética - Humanização

ABSTRACT

Considering the fact that the rights of the patient must be, respected for all professionals involved in the health, this exploratory research was developed in order to analyse the position of doctors and nurses in face to dayle handle of these principles. The descriptive method was adopted and the technique of social investigation, in the University Hospital Pedro Ernesto in UERJ, from September to December 1994, towards na aleatory sample composed of 26 nurses and 24 doctors. A questionnaire containing 30 questions was handed out to the professionals to be answered. The reference embraced the ethical and legal principies, which determinate the human rights, the attitude of the professionals of health in the relation with the clients and the very rights of the pacient. According to the answers of the ones who answered, the most difficulty respected rights of the patient are the choice of the professionals who is giong to attend to him, explanation about diagnosis and prognosis, individual treatment. access to the handbook, participation in the planning of the treatment. the right to have a companion and to be kindly attended. Otherwise, the most respected rights are professional secret and watch, right to visits and to complain about and adequate treatment to his pathology.

Kniterms: Rights - Ethics - Humanization.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

BIBLIOGRAFIA CONSULTADA

ANEXO 1

  • 1
    BRASIL. MINISTÉRIO DA SAÚDE. Conferência Nacional de Saúde. VIII Relatório Final. Brasília: Centro de Documentação do Ministério da Saúde, 1986. 21p.
  • 2
    ______. CFM CÓDIGO DE ÉTICA MÉDICA Rio de Janeiro: CREMERJ, 1988. 36p.
  • 3. ______. CÓDIGO DE PROCESSO PENAL: Organização do Textos, notas remissivas e índices por Juarez de Oliveira 30.ed. São Paulo: Saraiva, 1991. 538p.
  • 4
    ______. CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL: Organização dos Textos, notas remissivas e índices por Juarez de Oliveira. 22.ed., São Paulo: Saraiva,1992. 741p.
  • 5
    BRASIL - MINISTÉRIO DA SAÚDE Conferência Nacional de Saúde. IX Relatório Final Brasília: Centro de Documentação do Ministério da Saúde, 1992. 43p.
  • 6. ______. CONSELHO FEDERAL DE ENFERMAGEM. Código de ética dos profissionais de enfermagem Rio de Janeiro: Gráfica COFEN, 1993.
  • 7. BRASIL, CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL: promulgada em 05/10/88 9 ed. São Paulo: Saraiva, 1994. 180p.
  • 8. CAPRA, Fritjot. O Modelo Biomédico. In: O Ponto de Mutação. São Paulo: Cultrix, 1982.p. 116-155
  • 9. FERNANDES, João Claudio L. A Quem interessa a Relação Médico-Paciente? Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro. v.9., n.1 p. 21-29, jan/mar.1993
  • 10. GAUDERER, E. Christian. Os Direitos do Paciente 4. ed. Rio de Janeiro: Record, 1993. 223p.
  • 11. MOUTH, Roseli Giannico e SILVA, Sandra Lia Amaral. Repercussões Psicológicas Hospitalização na Criança e sua Família. Pediatria Moderna, São Paulo, v.15, n.8, p. 387-391, set. 1984.
  • 12. NADER, Paulo. Introdução ao Estudo do Direito 5. ed. Rio de Janeiro: Forense, 1988. 517p.
  • 13. PATERNO, Teresa Faria. A Humanização do Hospital Psiquiátrico e o Serviço de Enfermagem. O Mundo da Saúde, São Paulo, v.4., n.16, p. 209-216, out./dez. 1980.
  • 14. SENNA, Suely Gomes de. Visitas e acompanhantes de pacientes internados em UTI. O Mundo da Saúde, São Paulo, v.5., n.17, p. 37-41, jan./mar. 1981.
  • 15. TESCK, Eunice Carlos de Brito. Um aspecto de responsabilidade da enfermeira na assistência ao paciente hospitalizado - a participação dos familiares. Enfermagem em Novas Dimensões, São Paulo, v.1, n.6, p 351/353, jan./fev. 1976.
  • 1. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). Normas da Documentação no Brasil - Rio de Janeiro: (s/n). 1989.
  • 2. Brasil, COFEN e ABEn. Força de Trabalho em Enfermagem. O Exercício da Enfermagem nas instituições de Saúde do Brasil 1982/1983_-v.1. Rio de Janeiro: COFEN e ABEn. 1985. 236p.
  • 3. DUSILEK, Darci. A arte da investigação criadora: Introdução à metodologia de pesquisa 9. ed. Rio de Janeiro: JUERP, 1989.
  • 4. RUDIO, Franz. V. Introdução ao Projeto de Pesquisa Científica 17 ed. Rio de Janeiro: vozes, 1992, 128 p.

ANEXO 1

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    16 Dez 2014
  • Data do Fascículo
    Dez 1996
Associação Brasileira de Enfermagem SGA Norte Quadra 603 Conj. "B" - Av. L2 Norte 70830-102 Brasília, DF, Brasil, Tel.: (55 61) 3226-0653, Fax: (55 61) 3225-4473 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: reben@abennacional.org.br