Percepção dos profissionais de saúde sobre saúde mental na atenção básica

Georgia Dalla Valle Garcia Daniela Viganó Zanoti-Jeronymo Gustavo Zambenedetti Michele da Rocha Cervo Marília Daniella Machado Araújo Cavalcante Sobre os autores

RESUMO

Objetivo:

Caracterizar as ações em Saúde Mental desenvolvidas na Atenção Básica segundo a percepção dos profissionais de saúde dos municípios pertencentes à 5ª Regional de Saúde do estado do Paraná.

Método:

Estudo exploratório, com abordagem qualitativa. Participaram 121 profissionais de saúde atuantes na atenção básica dos 20 municípios que compõem a 5ª Regional de Saúde do estado do Paraná. Foram realizados 22 grupos focais, os quais foram gravados e transcritos, para posterior tratamento através da análise de conteúdo.

Resultados:

Foram elencadas cinco categorias temáticas, das quais duas são analisadas neste artigo: ações que os profissionais consideram ser de saúde mental e ações de saúde mental desenvolvidas pelos profissionais da Atenção Básica.

Considerações Finais:

Apesar dos indicativos da inclusão das ações de saúde mental na Atenção Básica, essa relação ainda é pontual e pouco planejada, sendo necessárias políticas que fomentem tal interface, na perspectiva psicossocial.

Descritores:
Atenção Primária à Saúde; Serviços de Saúde Mental; Pessoal de Saúde; Saúde Mental; Assistência à Saúde

Associação Brasileira de Enfermagem SGA Norte Quadra 603 Conj. "B" - Av. L2 Norte 70830-102 Brasília, DF, Brasil, Tel.: (55 61) 3226-0653, Fax: (55 61) 3225-4473 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: reben@abennacional.org.br