Tratamento de feridas: análise da produção científica publicada na Revista Brasileira de Enfermagem de 1970-2003

Tratamiento de heridas: análisis de la producción científica publicada en la Revista Brasileira de Enfermagem de 1970-2003

Wound treatment: scientific production analysis published in the Revista Brasileira de Enfermagem from 1970-2003

Ângela Lima Pereira Maria Márcia Bachion Sobre os autores

Resumos

Esta revisão bibliográfica sistematizada teve como objetivo analisar a produção científica acerca da utilização de produtos no tratamento de feridas, publicada na REBEn de 1970 a 2003. Consultamos todos os números da revista publicados no período, identificando 41 artigos de interesse. Após leitura dos mesmos, incluímos na amostra 11 textos. Identificamos maior publicação na década de 1990, predominando autores da área assistencial, delineamento quase-experimental e de relato de experiência. Os produtos estudados foram papaína, própolis, açúcar, bota de Unna, carvão ativado, filme transparente, membrana amniótica, clara de ovo, colagenase, hidrocolóide, alginato de cálcio, pomadas antimicrobianas, ácidos graxos essenciais, fibras de viscose e poliéster. Os resultados encontrados denotam efeitos positivos da utilização dos produtos.

Bandagens; Curativos oclusivos; Cuidados de enfermagem


Esta revisión bibliográfica sistematizada tuvo como objetivo analizar la producción científica respecto a la utilización de productos en el tratamiento de heridas, publicada en la REBEn de 1970 a 2003. Consultamos todos los números de la revista publicados en el periodo, identificando 41 artículos de interés. Después de la lectura de los mismos, incluimos en la nuestra 11 textos. Identificamos mayor publicación en la década del 1990, predominando autores del área asistencial, delineamiento casi-experimental y de relato de experiencia. Los productos estudiados fueron papaína, propolis, azúcar, bota de Unna, carbón activado, película transparente, membrana amniótica, albumina, colagenasa, hidrocolóide, alginato de calcio, ungüentos antimicrobianas, ácidos grasos esenciales, fibras de viscosa y poliéster. Los resultados encontrados denotan efectos positivos de la utilización de los productos.

Vendajes; Apositos oclusivos; Atención de enfermería


This systematic review aimed to analyze the scientific production concerning the use of products in the treatment of wounds, published by REBEn from 1970 to 2003. We consulted all numbers of the journal published in the period, identifying 41 articles of interest. After an appraisal reading we included 11 papers in the sample. We identified a larger publication in the decade of 1990, prevailing authors of the attendance area, almost-experimental plan and experience repor. The studied products were papain, propolis, sugar, Unna boot, activated coal, transparent film, amniotic membrane, albumin, collagenase, hydrocolloid dressing, calcium alginate, anti-bacterial agents, essential greasing acids, viscose fibers and polyester. The findings demonstrated they denote positive effects of the use of the products.

Bandages; Occlusive dressings; Nursing care


REVISÃO

Tratamento de feridas: análise da produção científica publicada na Revista Brasileira de Enfermagem de 1970-2003

Wound treatment: scientific production analysis published in the Revista Brasileira de Enfermagem from 1970-2003

Tratamiento de heridas: análisis de la producción científica publicada en la Revista Brasileira de Enfermagem de 1970-2003

Ângela Lima PereiraI; Maria Márcia BachionII

IEnfermeira. Aluna do Programa de Pós-Graduação Mestrado em Enfermagem, da Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Goiás. ginha.ange@bol.com.br

IIEnfermeira. Doutora em Enfermagem, Professora Titular da Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Goiás. mbachion@fen.ufg.br

RESUMO

Esta revisão bibliográfica sistematizada teve como objetivo analisar a produção científica acerca da utilização de produtos no tratamento de feridas, publicada na REBEn de 1970 a 2003. Consultamos todos os números da revista publicados no período, identificando 41 artigos de interesse. Após leitura dos mesmos, incluímos na amostra 11 textos. Identificamos maior publicação na década de 1990, predominando autores da área assistencial, delineamento quase-experimental e de relato de experiência. Os produtos estudados foram papaína, própolis, açúcar, bota de Unna, carvão ativado, filme transparente, membrana amniótica, clara de ovo, colagenase, hidrocolóide, alginato de cálcio, pomadas antimicrobianas, ácidos graxos essenciais, fibras de viscose e poliéster. Os resultados encontrados denotam efeitos positivos da utilização dos produtos.

Descritores: Bandagens; Curativos oclusivos; Cuidados de enfermagem.

ABSTRACT

This systematic review aimed to analyze the scientific production concerning the use of products in the treatment of wounds, published by REBEn from 1970 to 2003. We consulted all numbers of the journal published in the period, identifying 41 articles of interest. After an appraisal reading we included 11 papers in the sample. We identified a larger publication in the decade of 1990, prevailing authors of the attendance area, almost-experimental plan and experience repor. The studied products were papain, propolis, sugar, Unna boot, activated coal, transparent film, amniotic membrane, albumin, collagenase, hydrocolloid dressing, calcium alginate, anti-bacterial agents, essential greasing acids, viscose fibers and polyester. The findings demonstrated they denote positive effects of the use of the products.

Descriptors: Bandages; Occlusive dressings; Nursing care.

RESUMEN

Esta revisión bibliográfica sistematizada tuvo como objetivo analizar la producción científica respecto a la utilización de productos en el tratamiento de heridas, publicada en la REBEn de 1970 a 2003. Consultamos todos los números de la revista publicados en el periodo, identificando 41 artículos de interés. Después de la lectura de los mismos, incluimos en la nuestra 11 textos. Identificamos mayor publicación en la década del 1990, predominando autores del área asistencial, delineamiento casi-experimental y de relato de experiencia. Los productos estudiados fueron papaína, propolis, azúcar, bota de Unna, carbón activado, película transparente, membrana amniótica, albumina, colagenasa, hidrocolóide, alginato de calcio, ungüentos antimicrobianas, ácidos grasos esenciales, fibras de viscosa y poliéster. Los resultados encontrados denotan efectos positivos de la utilización de los productos.

Descriptores: Vendajes; Apositos oclusivos; Atención de enfermería.

1. INTRODUÇÃO

Ferida pode ser definida como qualquer alteração da integridade anatômica da pele, resultante de qualquer tipo de trauma(1).

O tratamento de feridas envolve aspectos sistêmicos e locais, que são desenvolvidos por profissionais de diferentes áreas.

O tratamento local é denominado curativo, que constitui do procedimento de limpeza e cobertura de uma lesão, com o objetivo de auxiliar o restabelecimento da integridade do tecido ou prevenir a colonização dos locais de inserção de dispositivos invasivos diagnósticos ou terapêuticos (por exemplo, cateteres, drenos)(1).

A preocupação com o tratamento de feridas é antiga e muitos estudos acerca do assunto têm sido desenvolvidos(2-6), o que levou a um grande avanço no conhecimento dos diferentes tipos de lesões, do processo de reparação do tecido lesado, bem como de todos os fatores nele envolvidos. Também propiciou o desenvolvimento de um arsenal de produtos a serem utilizados no tratamento de feridas.

Esse avanço do conhecimento no tratamento de feridas, também contribuiu para que profissionais de saúde envolvidos neste cuidado pudessem revisar conceitos e práticas, e reconhecer que a lesão é apenas mais um aspecto dentro de um todo, que é o ser humano(6). Dessa forma, é fundamental que cada portador de feridas seja visto como um ser único e, cada caso exige avaliação específica.

No atendimento à pessoa portadora de ferida, o enfermeiro deve avaliar o estado geral de saúde do cliente e em especial as condições da lesão. Disto depende a escolha do material adequado a ser utilizado, no sentido de ajudar o organismo a realizar o trabalho, que é fundamentalmente endógeno(7).

Existem mais de 2.000 produtos para tratar feridas no mercado, o que torna a escolha do curativo correto uma tarefa difícil e desafiadora. Nesse sentido alguns fatores devem ser considerados(5):

- Fatores relacionados com a ferida e a pele adjacente - etiologia, tamanho, profundidade, localização anatômica, volume de exsudato, risco ou presença de infecção, condições da pele adjacente.

- Fatores relacionados com o paciente - condições nutricionais, doenças de base, necessidade de controle da dor, preferências.

- Fatores relacionados com o curativo - indicação, contra-indicação, vantagens e desvantagens, disponibilidade, durabilidade, adaptabilidade, e facilidade de uso.

Nos últimos anos, a enfermagem tem aumentando o interesse em buscar evidências científicas para resolver problemas complexos da prática assistencial(8), assim como outras áreas da saúde(9). Muitos produtos têm sido utilizados no tratamento de feridas, sem que a enfermagem conheça com exatidão os mecanismos de ação e resultados do contato destas substâncias como as lesões. Rever a produção científica dos enfermeiros sobre a temática pode contribuir para evidenciar o estado d'arte da apropriação, utilização e desenvolvimento de tecnologias de cuidado na área de tratamento de feridas na nossa profissão.

O periódico de enfermagem mais antigo no Brasil é a Revista Brasileira de Enfermagem (REBEn), a qual é editada pela Associação Brasileira de Enfermagem (ABEn) desde 1932. Acreditamos que a mesma tem prestado relevante contribuição na divulgação do conhecimento da Enfermagem em várias áreas, contudo ainda não foi analisada sua contribuição relativa a temática que ora focalizamos.

2. OBJETIVO

Esta pesquisa teve como objetivo analisar a produção científica publicada na Revista Brasileira de Enfermagem acerca do tratamento de feridas, no período de 1970 a 2003.

3. MÉTODO

Tratou-se de uma pesquisa de revisão sistemática da literatura. Esse tipo de estudo representa uma mudança na revisão bibliográfica tradicional e tem como principal alcance integrar a informação existente sobre uma temática específica, através do agrupamento e análise de resultados procedentes de estudos primários, permitindo a geração de suporte científico para a seleção de condutas(10).

3.1 Amostra

Foram incluídos artigos publicados na Revista Brasileira de Enfermagem que atenderam aos seguintes critérios de inclusão:

- ser publicado no período de 1970 a 2003.

- desenvolver aplicação de produtos no tratamento de feridas em seres humanos.

3.2 Coleta de dados

Mediante consulta manual a cada número da Revista Brasileira de Enfermagem e leitura do sumário de artigos, selecionamos inicialmente 41 artigos que pelo título indicavam tratar do tema estudado. Os textos foram lidos na íntegra e analisados quanto ao preenchimento dos critérios de inclusão. Foram excluídos 28 artigos por tratar-se de revisão bibliográfica, nota prévia, proposta de sistematização de tratamentos, prevenção de feridas, reabilitação, cuidados com ostomias, cálculo de custo de curativos, ensino da técnica de curativos, fatores de risco para feridas, a vivência do portador de feridas, índice de contaminação de cateteres venosos. Assim, a amostra desta pesquisa constou de 11 artigos, que foram lidos, novamente, na íntegra para preenchimento do instrumento de coleta de dados. O instrumento de coleta de dados constou de uma ficha com dados de identificação dos artigos, descrição do número de autores, formação profissional e área de atuação dos mesmos, dados para análise do estudo, como título da obra, palavras chave, tipo de pesquisa, material, procedimento e método de análise, resultados encontrados, considerações finais.

3.3 Análise de dados

Foi realizada análise estatística descritiva utilizando-se freqüência simples para descrever os achados referentes aos seguintes dados: ano de publicação, área de atuação e titulação dos autores, tipo de estudo, tema principal. Foi elaborado um quadro sinóptico com os resultados obtidos nas pesquisas analisadas, com colunas para identificação, procedimentos e resultados encontrados.

4. RESULTADOS

Dos 11 artigos que trataram da aplicação de produtos no tratamento de feridas, um foi publicado na década de 70, três foram publicados na década de 80, e sete foram publicados na década de 90. Não encontramos nenhum artigo publicado após 1999, que seguisse os critérios de inclusão. Provavelmente, a maior concentração dos estudos na década de 90 tenha ocorrido devido à introdução crescente de novos produtos na prática do tratamento de feridas a partir deste período em nosso país.

A autoria dos artigos envolveu a participação de profissionais de diferentes áreas do conhecimento, incluindo vinte e um enfermeiros, um médico, um biomédico, um técnico de enfermagem. Seis não apresentavam especificação da formação profissional. Embora o cuidado com as feridas seja realizado principalmente por enfermeiros, não é exclusivo desta área profissional. O tratamento de feridas constitui em um campo e práxis que é multiprofissional, contudo, a atuação interdisciplinar ainda é incipiente, como mostra o perfil dos autores, quanto à atuação profissional. O número de autores dos artigos variou de 1 a 4, sendo na maioria dos casos (5 artigos) quatro autores envolvidos. A necessidade de maior conhecimento na realização dos cuidados com as feridas, parece despertar profissionais da área da assistência para a pesquisa. Conforme pudemos verificar neste estudo, quanto à área de atuação dos 30 autores, 19 deles estavam ligados a serviços de saúde e 11 exerciam atividades ligadas ao ensino. Talvez, o estudo desta temática vá ao encontro à necessidade dos enfermeiros que atuam na assistência de avaliarem sua prática no cuidado de feridas.

Quanto ao tipo de estudo, houve maior freqüência de pesquisas do tipo quase-experimental (5 estudos). Considera-se pesquisa quase-experimental aquelas em que "envolvem a manipulação de uma variável independente, isto é, a instituição de um tratamento", mas que "carecem da distribuição aleatória ou grupo de controle que caracteriza os experimentos reais"(11). A seguir, verificou-se a realização de estudos do tipo relato de experiência (4 estudos). Houve, ainda, presença de dois outros tipos de estudo: um experimental, considerando ser aquele em que "o investigador manipula a variável independente, administrando um tratamento experimental a alguns sujeitos, ao mesmo tempo em que não o faz a outros (ou administra tratamento alternativo)"); e uma pesquisa descritiva, compreendida como aquela na qual se observam os eventos, sem intervir sobre os mesmos(11).

Embora o número de artigos tenha sido pequeno, é possível observar a tendência para a realização cada vez maior de estudos do tipo quase-experimento. Dada a natureza do tema de investigação, é delicada a realização de experimentos controlados, pois deixar pessoas com feridas sem tratamento ou empregar substância placebo não mais se justifica, pois há excelentes produtos disponíveis no mercado e, do ponto de vista ético, a recomendação é que a comparação seja feita com o melhor produto disponível. Os profissionais ligados à assistência demonstraram preparo diferenciado para a pesquisa, uma vez que não é comum esta atividade nos serviços em geral.

Os temas abordados nas pesquisas publicadas na REBEn durante o período estudado conforme mostra o quadro 1 foram o uso de papaína tanto em feridas abertas no geral como em feridas infectadas (2 estudos), o uso de própolis em lesões abertas, infectadas (1 estudo), uso de açúcar em ferida infectada (1 estudo), utilização de bota de Unna e o carvão ativado em úlcera de estase venosa (1 estudo), aplicação de filme transparente em áreas doadoras para enxerto de pele e áreas com queimaduras de grau I e II (1 estudo), uso de membrana amniótica em queimaduras de I, II, III e IV graus (1 estudo), uso de clara de ovo em dermatite amoniacal (1 estudo), utilização de colagenase em úlceras de pressão (1 estudo), comparação do efeito de pomada antimicrobiana e quaternário de amônio em curativos de cateteres venosos centrais (1 estudo). Ainda, foi abordada em um artigo, a utilização de vários produtos (colagenase, pomadas antimicrobianas, sacarose, sulfadiazina de prata, ácidos graxos essenciais, fibras de viscose e poliéster, hidrocolóide e alginato de cálcio) em estudo comparativo do custo do tratamento de feridas.


Quadro 2


5. CONSIDERAÇÕES FINAIS

Nos estudos de revisão sistemática da literatura não cabem conclusões, uma vez que o quadro sinóptico produzido na pesquisa deve ser analisado pelo leitor, o qual elabora as próprias conclusões. Acreditamos ser oportuno, porém, destacar que do ponto de vista da produção de evidências consistentes, a maioria dos estudos publicados encontra-se incipiente, pela fragilidade no delineamento das pesquisas. Como reflexões finais, acreditamos que a temática "tratamento de feridas" constitui um campo enorme de investigação, o qual tem sido pouco explorado pelos enfermeiros. Esse fenômeno assume relevância na medida em que é a enfermagem que geralmente se ocupa da realização dos curativos.

Quadro 3


Data do recebimento: 26/08/2004

Data da aprovação: 26/04/2005

  • 1. Declair V. Tratamento de úlceras crônicas de difícil cicatrização com ácido linoleico. Jl Bras Med 2002 jun;82(6):3-7.
  • 2. Grupo de Estudos de Feridas do Hospital das Clínicas da Universidade de Campinas. Manual de tratamento de feridas. 2Ş ed. Campinas (SP): Hospital das Clínicas/UNICAMP; 2000.
  • 3. Meneghin P, Soares L. Avanços em curativos. In: Fernandes AT, Fernandes MOV, Ribeiro Filho N. Infecção hospitalar e suas interfaces na àrea de saúde. São Paulo (SP): Atheneu; 2000. p. 998-1007.
  • 4. Dantas SRPE. Aspectos históricos do tratamento de feridas. In:Jorge as, Dantas SRPE. Abordagem multiprofissional do tratamento de feridas. São Paulo (SP): Atheneu; 2003. p.3-6.
  • 5. Hess CT. Tratamento de feridas e úlceras. Rio de Janeiro (RJ): Reichmann & Affonso Ed; 2002.
  • 6. Dantas Filho VP. Aspectos éticos do tratamento de feridas. In: Jorge as, Dantas SRPE. Abordagem multiprofissional do tratamento de feridas. São Paulo (SP): Atheneu; 2003. p. 7-10.
  • 7. Bajay JM, Jorge AS, Dantas SRPE. Técnicas básicas para a realização de curativos no âmbito hospitalar. In: Jorge as, Dantas SRPE. Abordagem multiprofissional do tratamento de feridas. São Paulo (SP): Atheneu; 2003. p. 69-79.
  • 8. Ailinger RL. Contributions of qualitative research to evidence-based practice in nursing. Rev Lat-am Enfermagem 2003 maio-jun; 11(3):275-9.
  • 9. Wannmacher L, Fuchs FD. Conduta terapêutica embasada em evidências. Rev Assoc Med Bras 2000 jul/set;46(3):237-41.
  • 10. Muñoz WIS, Takayanagui AMM, Santos CB, Sanches-Weatman O. Revisão sistemática da literatura e metanálise: noções básicas sobre seu desenho, interpretação e aplicação na área de saúde. In: Anais do 8ş Simpósio Brasileiro de Comunicação em Enfermagem; 2002 mai 2-3; Ribeirão Preto (SP), Brasil. [citado em 25 jul 2004]. Disponível em: URL: http://www.proceedings.scielo.br/pdf/sibracen/n8v2/v2a074.pdf
  • 11. Polit DF, Beck CT, Hungler BP. Compreensão do delineamento da pesquisa quantitativa. In: Polit DF, Beck CT, Hungler BP. Fundamentos de pesquisa em enfermagem. Métodos, avaliação e utilização. Porto alegre (RS): ARTMED; 2004. p. 163-98.
  • 12. Azevedo DO. Tratamento de queimados com a membrana amniótica. Rev Bras Enferm 1978 abr-jun; 31(2):243-51.
  • 13. Haddad MCL, Vannuchi MTO, Chenso MZB, Hauly MCO. O uso do açúcar nas feridas infectadas. Rev Bras Enferm 1983 abr-jun; 36(2):152-4.
  • 14. Robazzi MLCC, Bechelli MHM, Levy CE, Moriya TM. Cateteres intravenosos estudo de condições bacteriológicas e avaliação da assistência de enfermagem. Rev Bras Enferm 1984 jan-mar; 37(1):18-25.
  • 15. Monetta L. Uso da papaína nos curativos feitos pela enfermagem. Rev Bras Enferm 1987 jan-mar; 40(1):66-73.
  • 16. Bernardo CLE, Souza IAF, Colavitti C, Garcia C. Própolis cicatrizante e antibiótico natural. Rev Bras Enferm 1990 jan-dez; 43(1/4):101-6.
  • 17. Silva MJ, Menezes ELM, Souza YL, Gimenez NC. Avaliação do filme transparente de poliuretano em queimaduras e áreas doadoras de pele. Rev Bras Enferm 1990 jan-dez; 43(1/4):117-22.
  • 18. Silva LJ, Confalonieri AMMM, Amorin FS. Relato de uma experiência utilizando-se a clara de ovo na dermatite amoniacal no centro de convivência do Instituto "Dante Pazzanese" de Cardiologia. Rev Bras Enferm 1991 abr-set; 44(2/3):136-40.
  • 19. Rogenski NMB, Guedes ML, Baptista CMC, Costa LDF. Uso da papaína em infecções de vísceras. Rev Bras Enferm 1995 abr-jun; 48(2):140-3.
  • 20. Tiago F. Tratamento de úlceras de estase venosa com bota de unna e carvão ativado. Rev Bras Enferm 1996 abr-jun; 49(2):215-24.
  • 21. Marinho AM. Atenção nos cuidados de enfermagem das escaras quanto às associações terapêuticas. Rev Bras Enferm 1997; 50(2):257-74.
  • 22. Borges EL, Gomes FSL, Saar SRC. Custo comparativo do tratamento de feridas. Rev Bras Enferm 1999 abr-jun; 52(2):215-22.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    07 Ago 2008
  • Data do Fascículo
    Abr 2005

Histórico

  • Aceito
    26 Abr 2005
  • Recebido
    26 Ago 2004
Associação Brasileira de Enfermagem SGA Norte Quadra 603 Conj. "B" - Av. L2 Norte 70830-102 Brasília, DF, Brasil, Tel.: (55 61) 3226-0653, Fax: (55 61) 3225-4473 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: reben@abennacional.org.br