Vantagem comparativa, crescimento econômico e livre comércio

Este artigo tem dois objetivos. O primeiro é discutir se os países em desenvolvimento podem ser beneficiados por uma especialização baseada em sua vantagem comparativa. O segundo objetivo é determinar se uma economia que adota uma política de mercado livre alcança de fato uma maior eficiência econômica. O autor conclui que a especialização baseada na vantagem comparativa pode realmente beneficiar o país. O autor também acredita que, numa economia onde predominam a livre competição e a ausência de interferência governamental, os indicadores e as forças de mercado não são suficientes para oferecer aos produtores os incentivos necessários para que eles utilizem os recursos disponíveis e produzam e comercializem de acordo com a vantagem comparativa.

vantagem comparativa; comércio; crescimento


Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro Avenida Pasteur, 250 sala 114, Palácio Universitário, Instituto de Economia, 22290-240 Rio de Janeiro - RJ Brasil, Tel.: 55 21 3938-5242, Tel.: 55 21 3873-5242, Fax: 55 21 2541-8148 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: rec@ie.ufrj.br