Revista de Economia Contemporânea, Volume: 24, Issue: 3, Published: 2020
  • CADEIAS GLOBAIS DE VALOR, INOVAÇÃO E UPGRADING: ESTUDO SOBRE EMPRESAS INDUSTRIAIS ARGENTINAS COM BASE EM MICRODADOS Artigos

    Almeida, Mario Augusto Gouvêa; Lins, Hoyêdo Nunes; Catela, Eva Yamila da Silva

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO É crescente o interesse pelo debate sobre cadeias globais de valor (CGV), sobretudo com respeito às possibilidades dos países que adentram a órbita dessas estruturas. Inspirado nessa discussão, o artigo focaliza a inserção de firmas industriais argentinas em CGV utilizando microdados da Encuesta Nacional de Dinámica de Empleo e Innovación (ENDEI). O texto inicialmente discute as relações envolvendo as CGV, os estágios produtivos dos países implicados e o problema da inovação, e posteriormente olha para a indústria argentina conforme permitido pela referida base de dados. Os resultados confirmam, para Argentina, as postulações trazidas pela literatura sobre o perfil de envolvimento de economias de renda média em CGV. Notou-se entre as firmas argentinas algum dinamismo exportador em setores de alta e média/alta tecnologia, mas prevalecendo uma inserção baseada em montagem e processamento, com endogeneização tecnológica limitada.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The debate on global value chains (GVC) has gained momentum recently, especially concerning the advantages and drawbacks for the countries that enter their orbit. Inspired by this discussion, this article examines the insertion of Argentine industrial firms in GVC using microdata from the Encuesta Nacional de Dinámica de Empleo e Innovación (ENDEI). The text begins with a discussion on the relations involving GVC, productive stages of the participating countries and the issue of innovation, and then looks at the Argentine manufacturing sector as allowed by the database. The results confirm, for Argentina, the postulations brought by the literature on the involvement profile of middle-income economies in CGV. Among the Argentine firms comprised in this database, some export dynamism has been observed in high and medium / high technology sectors, but an insertion based on assembly and processing, with limited technological endogenization, has prevailed.
  • REVISITANDO O DEBATE NURKSE-FURTADO NA DÉCADA DE 1950 Artigos

    Bastos, Carlos Pinkusfeld; Oliveira, Bruno Rodas

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO A teoria do desenvolvimento apresenta um conjunto de elementos analíticos que são centrais e comuns a grande parte dos seus autores. Apesar de características que conformam este campo do conhecimento econômico há, entretanto, pontos sobre os quais um menor consenso se observa; este é o pano de fundo da releitura crítica do debate Nurkse-Furtado da década de 1950. Destaca-se, como ponto de convergência, a importância para ambos do trade-off entre consumo de luxo e investimento. Por outro lado, Furtado diverge de Nurkse ao enfatizar a existência de uma restrição externa ao crescimento/desenvolvimento, cuja superação exigiria a internalização de indústrias com maior elasticidade-renda através de medidas protecionistas. Busca-se também rever tal debate incorporando o princípio da demanda efetiva, com ênfase no “problema do consumo de luxo” e no esclarecimento sobre as divergências acerca dos modelos de substituição de importações e promoção de exportações.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The majority of Development Theory economists share several common and crucial elements. However, some points command a much more limited consensus. Against this backdrop, we perform a critical review of Nurkse-Furtado´s debate in the 1950s. They both agree on the trade-off between investment and luxury consumption. However, they diverge as to whether an external constraint to growth exists or not. Furtado emphasizes that the latter can only be overcome by industrialization, which demands some level of protectionism. The paper also explores a new theoretical approach for this debate following the effective demand principle and also discusses the alleged controversy between two development models: export-oriented vs import substitution.
  • RESENHA BIBLIOGRÁFICA: ECONOMIA INSTITUCIONAL: FUNDAMENTOS TEÓRICOS E HISTÓRICOS, DE ALEXANDRE OTTONI TEATINI SALLES, HUÁSCAR FIALHO PESSALI E RAMÓN GARCIA FERNÁNDEZ (SÃO PAULO: EDITORA UNESP, 2017) Artigos

    Cavalcante, Carolina Miranda

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Resenha bibliográfica do livro Economia Institucional: fundamentos teóricos e históricos, da autoria de , Huáscar Fialho Pessali e Ramón Garcia Fernández, publicado pela Editora UNESP, de São Paulo, em 2017.

    Abstract in English:

    ABSTRACT Book review of the title Economia Institucional: fundamentos teóricos e históricos, by Alexandre Ottoni Teatini Salles, Huáscar Fialho Pessali, and Ramón Garcia Fernández, published by Editora UNESP, São Paulo, Brazil, 2017.
  • A INFLUÊNCIA DA FINANCEIRIZAÇÃO SOBRE A TAXA DE JUROS REAL BRASILEIRA Artigos

    Attilio, Luccas Assis

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Esse artigo analisa a taxa de juros real do Brasil. Em primeiro lugar, definimos financeirização como a maior influência do sistema financeiro sobre a política doméstica. Utilizamos a proxy proporção do estoque da dívida pública federal detida por agentes do mercado financeiro para representar a financeirização. Posteriormente, e investigando o período compreendido entre os anos 2007 e 2017, adotamos a metodologia VEC, realizando análises por meio da cointegração e de funções impulso resposta. Os resultados sugerem que a financeirização exerce um efeito positivo sobre o patamar da taxa de juros real.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This paper analyzes the real interest rate in Brazil. First, we define financialization as the major influence of the financial system on domestic politics. We use the proportion of the stock of federal public debt held by financial market agents as a proxy for financialization. Subsequently, we adopted the VEC methodology to perform cointegration and impulse-response analyses for the period 2007-2017. The results suggest that financialization had a positive effect on the real interest rate level.
  • DRIVERS OF SCIENTIFIC-TECHNOLOGICAL PRODUCTION IN BRAZILIAN HIGHER EDUCATION AND RESEARCH INSTITUTIONS Articles

    Duarte, Maria Gabriela Pinheiro; Gonçalves, Eduardo; Chein, Flávia; Taveira, Juliana Gonçalves

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este artigo estima uma função de produção de conhecimento para as universidades brasileiras, relacionando insumos da atividade científica, como o total de pessoal acadêmico e administrativo e os investimentos recebidos para o fomento de pesquisa científica, entre outros, ao seu produto, que são as publicações científicas produzidas nessas instituições e as patentes depositadas por elas. Considerando o período de 2003 a 2011, o artigo usa modelos econométricos para dados de contagem, como binomial negativo. A principal contribuição deste estudo é a avaliação dos condicionantes da produção do conhecimento básico e aplicado nos institutos de ensino superior do Brasil. Os resultados mostram que os principais determinantes da produção científica e tecnológica brasileira são: o tamanho da universidade, sua natureza (se pública ou privada), a proporção de professores e estudantes de pós-graduação e investimentos totais e de apoio à pesquisa.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This article estimates a knowledge production function for Brazilian universities, relating their inputs of scientific activity, such as the total of academic and administrative personnel and investments in scientific research, among others, to their outputs, such as the number of publications and patents. The article applies econometric models for count data, such as the Negative Binomial, for the 2003-2011 period. The overall results show that the main determinants of Brazilian scientific and technological production are the size of the university, its nature (whether public or private), the ratio of teaching staff and graduate students, and total investments in research and research support.
  • OUTRO OLHAR PARA O FINANCIAMENTO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL NO BRASIL: A CENTRALIDADE DA FORMALIZAÇÃO DO TRABALHO, AUMENTO DE PRODUTIVIDADE E GESTÃO DE RECEITAS Artigos

    Gentil, Denise Lobato; Araújo, Eliane Cristina de; Puty, Claudio Alberto Castelo Branco; Silva, Carlos Patrick A.

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O artigo discute as variáveis relevantes para o financiamento da previdência social no Brasil, que têm sido desconsideradas no debate. Inicialmente, apresenta-se um modelo teórico que indica a relevância da produtividade, da formalização do trabalho e da eficiência de receitas para o financiamento da previdência. Analisa-se, na sequência, a trajetória dessas variáveis no Brasil, com sugestões de medidas para estimulá-las. Por fim, um exercício de simulação é realizado para testar os efeitos de mudanças nas variáveis sugeridas pelo modelo teórico sobre os resultados da previdência. As conclusões indicam que, quando considerados choques positivos na produtividade do trabalho, emprego formal e receita da previdência, o Regime Geral da Previdência Social (RGPS) torna-se superavitário. Uma implicação desse resultado é que os problemas de financiamento da previdência social não são resolvidos pelo corte de benefícios.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This article analyzes a set of variables deemed relevant for the financing of social security in Brazil, which have been overlooked in the recent debate on the subject. At first, we introduce a theoretical model that highlights the key role of increasing productivity, expanding formal employment, and enhancing revenue efficiency in the financing of social security. We then analyze the trajectory of these variables in Brazil and suggest measures to stimulate them. Finally, we perform a simulation exercise to test the effects of changes in the selected variables on the outcomes of social security. The results indicate that in face of positive shocks in labor productivity, formal employment, and pension income, the General Social Security System (RGPS) results become a surplus. A key implication of this result is that problems in the financing of social security cannot be solved exclusively by cutting benefits.
  • OLIGOPSÔNIO E PODER DE BARGANHA NO VAREJO ALIMENTAR BRASILEIRO: O CASO DOS PRODUTOS LÁCTEOS Artigos

    Pinha, Lucas Campio; Guimarães, Pablo Miranda; Braga, Marcelo José; Carvalho, Glauco Rodrigues

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO A recente concentração no varejo alimentar brasileiro facilita a existência de poder de barganha na compra dos produtos pelas grandes redes varejistas. A situação é agravada no caso dos produtos lácteos devido às recentes evoluções do setor e à organização da cadeia de produção e comercialização. O objetivo do presente trabalho é verificar a existência de poder de barganha por parte da indústria varejista na cadeia de produtos lácteos selecionados para a Região Metropolitana de São Paulo. O teste fornecido pelo modelo teórico permite verificar se há um descolamento dos preços dos produtos vendidos no varejo com relação aos preços dos insumos, o que é um bom indicador de poder de barganha por parte dos varejistas. Os resultados concluem que há indícios de poder de barganha na comercialização dos três produtos analisados, leite longa vida, leite tipo B e leite tipo C, o que suscita discussões importantes com relação ao comportamento da indústria de laticínios e à ação pública na análise de fusões e aquisições.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The recent concentration in the Brazilian food retail market facilitates buyer power on the purchase of products. The situation is more acute in the dairy sector due to recent innovations and reorganization in the production chain. This paper aims to verify whether the retail industry wields buyer power on the purchase of dairy products in the metropolitan region of São Paulo. The theoretical model provides a test to analyze if retail prices are detached from raw material prices, which is a good indicator of retailers’ buyer power. The results show evidence of buyer power on the purchase of the three types of products, namely, UHT fluid milk, type B fluid milk, and type C fluid milk. It raises important discussions regarding the dairy industry behavior and the public enforcement of mergers and acquisitions.
Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro Avenida Pasteur, 250 sala 114, Palácio Universitário, Instituto de Economia, 22290-240 Rio de Janeiro - RJ Brasil, Tel.: 55 21 3938-5242, Tel.: 55 21 3873-5242, Fax: 55 21 2541-8148 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: rec@ie.ufrj.br