Desinfecção com hipoclorito de sódio em superfícies ambientais hospitalares na redução de contaminação e prevenção de infecção: revisão sistemática* * Extraído do Projeto de Iniciação Científica PIBIC "Desinfecção de superfícies ambientais hospitalares com hipoclorito de sódio e redução de infecção ou contaminação: uma revisão sistemática", Escola de Enfermagem, Universidade de São Paulo, 2014.

Samantha Storer Pesani Pereira Hadelândia Milon de Oliveira Ruth Natalia Teresa Turrini Rúbia Aparecida Lacerda Sobre os autores

OBJETIVO

Buscar evidências sobre a eficiência do hipoclorito de sódio em superfícies ambientais na redução de contaminação e prevenção de infecção associada à assistência à saúde-IRAS.

MÉTODO

Revisão sistemática em conformidade com a Colaboração Cochrane.

RESULTADOS

Foram analisados 14 estudos, todos experimentais controlados, publicados entre 1989-2013. A maioria resultou em inibição de crescimento microbiano. Alguns apresentaram redução de infecção, da resistência microbiana e da colonização, perda de eficiência na presença de sujidade e vírus secos reidratados.

CONCLUSÃO

O hipoclorito constitui desinfetante efetivo, todavia persiste a questão da relação direta com a redução de IRAS. A ausência de controle de variáveis de confusão nos estudos analisados impossibilitou a metanálise. Não foi possível avaliação de validade interna pelos CONSORT e TREND, pois seus conteúdos não se mostraram apropriados às investigações realizadas, laboratorial e microbiológica. Em razão disso, urge a necessidade de desenvolvimento de protocolo específico para avaliação de estudos dessa natureza.

Desinfecção; Hipoclorito de Sódio; Instituições de Saúde; Infecção Hospitalar; Revisão


Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 419 , 05403-000 São Paulo - SP/ Brasil, Tel./Fax: (55 11) 3061-7553, - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: reeusp@usp.br