Accessibility / Report Error

Os sentidos construídos na atenção à crise no território: o Centro de Atenção Psicossocial como protagonista* * Extraído da dissertação "Os sentidos atribuídos a atenção à crise nas práticas discursivas dos profissionais de Centros de Atenção Psicossocial: contribuições para a enfermagem psiquiátrica", Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas, 2009.

Los sentidos construidos en la atención de las crisis en campo: el centro de atención psicosocial como protagonista

Janaína Quinzen Willrich Luciane Prado Kantorski Fabieli Gopinger Chiavagatti Jandro Moraes Cortes Milena Hohmann Antonacci Sobre os autores

A atenção à crise é um ponto estratégico no processo de mudanças paradigmáticas propostas pela Reforma Psiquiátrica brasileira, exigindo que serviços substitutivos e profissionais utilizem novas tecnologias de cuidado. Este estudo objetiva identificar as ações de atenção à crise no território e os sentidos que as envolvem, partindo das práticas discursivas dos profissionais. Trata-se de um estudo qualitativo que utiliza a perspectiva teórica do Construcionismo Social. No banco de dados da pesquisa Avaliação dos Centros de Atenção Psicossocial da Região Sul do Brasil (CAPSUL), foram analisados 27 entrevistas realizadas com profissionais do Centro de Atenção Psicossocial de Alegrete e três diários de campo com registro de 390 horas de observação. Os resultados evidenciaram o acolhimento e a responsabilização pelo cuidado. Conclui-se que liberdade, reciprocidade, contratualidade e responsabilização pelo cuidado são os novos sentidos necessários aos serviços substitutivos para superação do manicômio e dos sentidos de exclusão e periculosidade.

Transtornos mentais; Intervenção na crise; Serviços de Saúde Mental; Enfermagem psiquiátrica


Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 419 , 05403-000 São Paulo - SP/ Brasil, Tel./Fax: (55 11) 3061-7553, - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: reeusp@usp.br