Necessidades de cuidados de mulheres infectadas pelo papilomavírus humano: uma abordagem compreensiva

Necesidades de cuidados de mujeres infectadas con el virus del papiloma humano: un abordaje comprensivo

Maria Elisa Wotzasek Cestari Miriam Aparecida Barbosa Merighi Mara Lúcia Garanhani Alexandrina Aparecida Maciel Cardeli Maria Cristina Pinto de Jesus Dolores Ferreira de Melo Lopes Sobre os autores

Pesquisa fundamentada na fenomenologia de Martin Heidegger que objetivou compreender as necessidades de cuidados das mulheres infectadas pelo Papilomavírus Humanos. Participaram catorze mulheres que haviam recebido o diagnóstico dessa infecção. As questões norteadoras foram: como é, para você, estar com este diagnóstico? Conte-me sua experiência, desde que soube do diagnóstico até hoje. Como está sendo a assistência que você tem recebido? O desvelamento do tema - buscando o cuidado como solicitude - mostrou a importância do suporte dos familiares e de amigos. A presença da infecção como motivo de conflitos e separação conjugal foi outro aspecto ressaltado. Os depoimentos deixam em evidência a resignação após a tentativa frustrada de busca por informações precisas e esclarecedoras para a tomada de decisões assertivas. As ações de saúde à mulher infectada necessitam ultrapassar os modelos tradicionais de cuidado, incluindo ações de promoção e prevenção à saúde, com profissionais capacitados, sensíveis à dimensão subjetiva.

Mulheres; Infecções por papilomavírus; Enfermagem em saúde pública; Pesquisa qualitativa


Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 419 , 05403-000 São Paulo - SP/ Brasil, Tel./Fax: (55 11) 3061-7553, - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: reeusp@usp.br