Problemas Práticos Relacionados Aos Cuidados De Enfermagem Para Visitantes Internacionais A Hiroshima

Mariko Nishikawa Kiyoka Niiya Masako Okayasu Sobre os autores

Quando nove milhões de estrangeiros visitaram o Japão em 2013, o governo federal estabeleceu uma meta de atrair outros dois milhões e meio de visitantes, incluindo o turismo médico, em 2020. Esta pesquisa investiga atitudes e preocupações de enfermeiras japonesas ao lidar com pacientes estrangeiros. Os dados foram coletados no período de março a setembro de 2010, com 114 enfermeiros de três hospitais próximos a destinos turísticos populares em Hiroshima. Um questionário denominado Mari Meter foi desenvolvido especificamente para esse fim, incluindo uma seção de respostas a uma questão aberta para que os enfermeiros expressem suas opiniões. As respostas foram submetidas a procedimentos estatísticos e de análise de discurso, usando o software Text Mining Studio . As enfermeiras japonesas expressaram maior preocupação quanto a opções de pagamento, conhecimentos de línguas estrangeiras e questões de consentimento informado, ao prestar cuidados a pacientes estrangeiros. Os resultados confirmam que, a fim de proporcionar um atendimento de qualidade ao paciente, é necessário preparação extra e maior conhecimento sobre trabalhadores e visitantes internacionais por parte de profissionais de enfermagem no Japão.



Emigrantes e imigrantes
; Pacientes; Serviços de Saúde
; Cuidados de enfermagem
; Barreiras de comunicação
; Japão


Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 419 , 05403-000 São Paulo - SP/ Brasil, Tel./Fax: (55 11) 3061-7553, - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: reeusp@usp.br