Revista Estudos Feministas, Volume: 28, Issue: 2, Published: 2020
  • Pandemic in neoliberal necroeconomics Editorial

    Wolff, Cristina Scheibe; Minella, Luzinete Simões; Lago, Mara Coelho de Souza; Ramos, Tânia Regina Oliveira
  • In the Struggle for Changing the World: Women, Reproduction, and Resistance in Latin America Artigos

    Federici, Silvia; Valio, Luciana Benetti Marques

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Resistência e ação coletiva são características de mobilizações sociais organizadas por mulheres na América Latina desde a década de 70, muito embora os arranjos desse processo tenham alcançado notória visibilidade nos últimos anos. No momento em que suas comunidades foram submetidas ao poder de destruição do capitalismo, do patriarcalismo e da degradação do meio ambiente, as mulheres latino-americanas uniram-se e, por meio de seus esforços, traduzidos em ações coletivas pela transformação do trabalho cotidiano, social e reprodutivo, promoveram uma nova definição de política e democratização. Nesse contexto particular de espaço, tempo, vida e corpo humano, voltado a uma única perspectiva, surgiram o conceito de comum e a adoção de práticas organizacionais pautadas pelo princípio da horizontalidade. O ativismo dessas mulheres, cujo panorama é tecido no presente artigo, é, segundo as palavras da autora, Silvia Federici, uma força importante para a mudança social na América Latina e uma inspiração para as feministas e os outros movimentos ao redor do mundo.

    Abstract in English:

    Abstract: Resistance and collective action are characteristic of the social movements organized by women in Latin America since the 1970s, even though many of the arrangements of this process have reached high visibility only in recent years. When their communities were subjected to the destructive power of capitalism, patriarchy and environment degradation, latin-american women came together and, through efforts translated into collective action for the transformation of daily social and reproductive work, brought about a new definition of politics and democratization. In this particular context of space, time, life and human body aligned in the same perspective, the concept of commonality arose and, with it, the adoption of organizational practices based on horizontality. The activism of these women, as presented in this article, is an important force for social change in Latin America and an inspiration for feminists and other movements around the world.
  • Covid-19, International Financial Institutions and the Continuity of Androcentric Policies in Latin America Artigos

    Bohoslavsky, Juan Pablo; Rulli, Mariana

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este artigo analisa, de uma perspectiva de direitos humanos e da economia feminista, as políticas financeiras de emergência impulsionadas pelas instituições financeiras internacionais (IFIs) -notadamente o FMI e o Banco Mundial- para ajudar os Estados da América Latina a enfrentar a crise da Covid-19. Examinam-se os pressupostos macroeconômicos e fiscais, bem como as políticas econômicas subjacentes aos créditos que as IFIs estão outorgando aos Estados, identificando claros sinais de que a disciplina fiscal e as opções pró-mercado continuarão assim que a emergência for superada. O artigo explica de que modo as políticas de ajuste e austeridade implementadas nos países da região afetaram e afetam os direitos das mulheres de forma adversa e desproporcional, em particular reforçando a invisibilização das desigualdades de gênero no trabalho doméstico e de cuidados, e como essa situação, por sua vez, tem posto as mulheres em uma situação de maior vulnerabilidade diante da pandemia. Critica-se também o (auto)chamado “enfoque de gênero” das IFIs por ser meramente instrumental ao crescimento econômico, sem consideração pelo valor intrínseco da igualdade de gênero e dos direitos das mulheres. Analisa-se a responsabilidade das IFIs por cumplicidade com políticas econômicas que geram efeitos reconhecidamente adversos sobre a igualdade de gênero. Dadas as implicações políticas e legais dos achados apresentados por esta pesquisa, o artigo conclui que os Estados da região deveriam considerar cuidadosamente as condições dos empréstimos oferecidos pelas IFIs, para o qual é essencial realizar avaliações ex ante do impacto de tais contratos financeiros sobre os direitos humanos da população e, em particular, sobre a igualdade de gênero.

    Abstract in Spanish:

    Resumen Este artículo analiza, desde una perspectiva de derechos humanos y de la economía feminista, las políticas financieras de emergencia desplegadas por las instituciones financieras internacionales (IFIs) -sobre todo el FMI y el Banco Mundial- para ayudar a los Estados de América Latina a enfrentar la crisis del Covid-19. Se estudian los presupuestos macroeconómicos y fiscales, así como las políticas económicas subyacentes a los créditos que las IFIs están otorgando a los Estados, identificando claras señales de que la disciplina fiscal y las opciones promercado continuarán siendo las prioridades apenas se supere la emergencia. Se explica de qué modo las políticas de ajuste y la austeridad implementadas en los países de la región han afectado los derechos de las mujeres de manera adversa y desproporcionada, en particular reforzando la invisibilización de las desigualdades de género en el trabajo doméstico y de cuidados, y cómo esa situación, a su vez, ha posicionado a las mujeres en una situación de mayor vulnerabilidad frente a la pandemia. También se critica el (auto)llamado “enfoque de género” de las IFIs por ser meramente instrumental al crecimiento económico sin consideración por el valor intrínseco de la igualdad de género y los derechos de las mujeres. Se analiza la responsabilidad de las IFIs por complicidad con políticas económicas con efectos reconocidamente adversos sobre la igualdad de género. Dadas las implicaciones políticas y legales de los hallazgos que presenta esta investigación, el artículo concluye que los Estados de la región deberían considerar cuidadosamente las condiciones de los préstamos ofrecidos por las IFIs, para lo cual resulta esencial realizar evaluaciones ex ante del impacto de tales contratos financieros sobre los derechos humanos de la población, y en particular sobre la igualdad de género.

    Abstract in English:

    Abstract This article analyses, from a human rights and feminist economy perspective, the emergency financial policies deployed by the international financial institutions (IFIs) -in particular the IMF and the World Bank- to help States in Latina America to cope with the Covid-19 crisis. The macroeconomic and fiscal assumptions as well as the underlying economic policies behind the loans that IFIs are granting to States are studied, identifying clear signals that fiscal discipline and pro-market options will continue being the priorities as soon as the emergency has been overcome. The study explains how the adjustment and austerity policies implemented in the countries in the region have adversely and disproportionally affected women’s rights, in particular reinforcing the invisibilization of gender inequalities in the domestic and care work and how this situation, in turn, has put women in a situation of greater vulnerability to the pandemic. It also criticizes the (self)called “gender approach” of IFIs for being merely instrumental to economic growth without consideration to the intrinsic value of gender equality and women’s rights. The responsibility of IFIs for complicity with economic reforms with known adverse effects on gender equality is studied. Given the policy and legal implications of the findings presented in this research, the article concludes that States in the region should consider carefully the conditions of the loans being offered by IFIs, for which it is crucial to conduct ex ante evaluations of the impact of these financial contacts on the human rights of the population, and in particular on gender equality.
  • Under the Rug: Gender-based Violence and the Silence of the Ethics Council of the Brazilian House of Representatives Artigos

    Pinho, Tássia Rabelo de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: O debate sobre a violência contra as mulheres na política tem ganhado força em âmbito internacional. No Brasil, entretanto, esta se mantém invisibilizada, mesmo diante de casos emblemáticos que seguem se multiplicando. Considerando tal lacuna no debate acadêmico e também social, as denúncias realizadas por parlamentares mulheres em relação aos abusos sofridos no Congresso Nacional, e casos amplamente noticiados pela mídia que se enquadrariam na tipologia de violência política de gênero apresentada neste artigo, buscou-se compreender o papel exercido pelo Conselho de Ética e Decoro da Câmara dos Deputados diante de representações abertas em função de denúncias de violência política de gênero. A pesquisa foi realizada por meio do levantamento da participação das mulheres no referido Conselho, e da análise dos encaminhamentos dados às denúncias supracitadas.

    Abstract in English:

    Abstract: The debate about violence against women in politics has gain strength at the international level, in Brazil, however, it remains invisible, even in the face of emblematic cases that have been multiplying. Considering the almost absence of this theme in the academics and social debate, the cases dispensed by parliamentarians women in relation to abuses suffered, this article objective was to investigate the role of the Council of Ethics of the Chamber of Deputies in Brazil. The analysis was based in representations open according to the denunciations of political violence of gender, and the research was carried out by surveying the participation of women in that Council and the results for the aforementioned denunciations.
  • No More Silence Artigos

    Arguello, Katie Silene Cáceres; Horst, Juliana de Oliveira

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Neste trabalho, usando o levantamento bibliográfico como metodologia, buscamos analisar a importância acadêmica, para o campo da criminologia, dos relatos de experiências produzidos por mulheres. Primeiramente, a partir de Sandra Harding, veremos como a exclusão de mulheres e de seus relatos da produção dos saberes está ligada à invisibilização de certos fenômenos sociais, inclusive criminais. Nesse ponto, também apresentaremos a relevância, tanto para a criminologia, quanto para o feminismo, do critério de necessidade elaborado por Eugenio Zaffaroni. Em um segundo momento, de acordo com narrativas de mulheres encarceradas trazidas, principalmente, por Debora Diniz e Nana Queiroz, identificaremos conceitos feministas e situações de opressão de gênero que devem ser trazidos para a criminologia para que esta compreenda a criminalidade feminina e seus efeitos de forma mais ampla.

    Abstract in English:

    Abstract: This research, using the bibliographic survey as methodology, seeks to analyze the academic importance, for the field of criminology, of the narratives of personal experiences produced by women. First, from Sandra Harding, it will be seen how the exclusion of women and their narratives from the production of knowledge is linked to the invisibility of certain social phenomena, including criminal. At this point, the relevance, for both criminology and feminism, of the criterion of necessity, elaborated by E. Zaffaroni, will also be presented. Secondly, according to narratives of incarcerated women, brought mainly by Debora Diniz and Nana Queiroz, feminist concepts and situations of gender oppression that must be brought to criminology in order to understand female criminality and its effects more broadlywill be identified.
  • Domestic Violence and Racism against Black Women Artigos

    Carrijo, Christiane; Martins, Paloma Afonso

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: A pesquisa qualitativa realizada com três mulheres negras vítimas de violência doméstica procurou verificar, por meio de entrevistas, se existiram inscrições da introjeção do ideal de brancura em suas subjetividades e avaliar em que contextos apareceram o racismo e a violência doméstica em suas vidas. A importância desse tipo de estudo está em destacar a existência do mito da democracia racial no Brasil, em sua face perversa, ao demonstrar como o ideal de ego de brancura é veiculado inconscientemente por meio da ideologia como forma de subalternizar o grupo étnico-racial negro ao dominante. Coloca-se em destaque o alto índice de violência doméstica contra mulheres negras e a urgência de políticas públicas para a prevenção desses crimes e proteção às vítimas.

    Abstract in English:

    Abstract: This qualitative research study, which involved interviews with black women victims of domestic violence, was aimed at verifying if there were any inscriptions of the ideal of whiteness introjected in their subjectivities and at evaluating the contexts in which racism and domestic violence appear in their lives. The importance of this type of study is in highlighting the existence of the myth of racial democracy in Brazil, in its perverse face, by showing how the ego ideal of whiteness is propagated unconsciously through ideology as a way of subjugating the black racial-ethnic group to the dominant one. The study emphasizes the high rate of domestic violence against black women and the urgency of public policies for the prevention of these crimes and the protection of the victims.
  • The Epistemic Injustice of Obstetric Violence Artigos

    Gabriel, Alice de Barros; Santos, Breno Ricardo Guimarães

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Temos como objetivo, no presente artigo, apontar aspectos epistêmicos presentes na violência obstétrica. Para isso, apresentaremos o conceito de injustiça epistêmica proposto por Miranda Fricker e como tem sido utilizado para reflexões sobre as práticas de saúde na literatura de epistemologia social. Posteriormente, nos deteremos em analisar relatos de casos de violência obstétrica bem como um caso de esterilização forçada, examinando o Relatório Final da CPMI acerca da incidência de esterilização em massa de mulheres no Brasil e artigos científicos que descrevem casos de violência obstétrica. Com isso, buscamos apontar que há um aspecto epistêmico em tais violações e que uma mudança na distribuição de credibilidade pode ser relevante para o enfrentamento à violência obstétrica.

    Abstract in English:

    Abstract: This paper seeks to point the epistemic aspects of obstetric violence. In order to do so, we will introduce the concept of epistemic injustice, as developed by Miranda Fricker, and how it has been used by the social epistemology literature to think about health issues. Subsequently, we will examine reports of cases of obstetric violence as well as a case of forced sterilization, by reviewing the Final Report of the CPMI on the incidence of mass sterilization of women in Brazil, as well as papers that describe cases of obstetric violence. Thus, we aim to point out that there is an epistemic aspect to such violations and that a change in the distribution of credibility may be relevant to confront obstetric violence.
  • Gender Dialogues in Education: Considerations about The Project Law Maria Da Penha Goes to Schools Artigos

    Albuquerque, Kristine Kelly de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: A violência doméstica e familiar contra a mulher se configura como um fenômeno social complexo e multifatorial. Suas formas de expressão e (in)visibilidades são marcadas por uma cultura patriarcal que traveste as desigualdades de gênero como inerentes ao desenvolvimento histórico da humanidade. A erradicação desta forma de violação dos Direitos Humanos perpassa pela necessidade da prevenção de suas diversas faces. Neste artigo busca-se apresentar o projeto Lei Maria da Penha vai às escolas e discutir sobre os seus efeitos ao enfrentamento destas violências. Levar tal tema ao âmbito escolar justifica-se por este ser um dos espaços primários de socialização, responsável por uma formação crítica e cidadã. Conclui-se que as oficinas têm sido espaço fértil de diálogo e construção de novas formas de se pensar as relações de gênero, contribuindo para uma sociedade mais equânime.

    Abstract in English:

    Abstract: Domestic and family violence against women is configured as a complex and multi factorial social phenomenon. Their forms of expression and (in)visibilities are marked by a patriarchal culture that crosses as gender inequalities as inherent in the historical development of humanity. The eradication of this form of violation of Human Rights permeats to the need to prevent its various faces. The present study aims to present the “Law Maria da Penha Goes to Schools” Project an discuss its effects in dealing with these violations. Take this issue to the school environment is justified because it is one of the main socialization, responsible for training and critical citizen. It is concluded that the workshops have been fertile space for dialogue and construction of new ways of thinking about gender relations, contributing to a more equitable society.
  • Women's Bodies (De)Colonized According to Assia Djebar Artigos

    Serrano-Niza, Dolores

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Assia Djebar (1936-2015) é uma renomada escritora argelina de expressão francesa que teve a honra de fazer parte da Academia Francesa (2005), uma honra que até então era proibida para magrebinos e que, além disso, poucas mulheres obtiveram. Como romancista, ela tem sido amplamente estudada, embora o seu extenso e intenso trabalho receba mais atenção na perspectiva dos Estudos de Gênero. Neste trabalho, me apoiarei em um tema recorrente na obra desta autora: a opressão das mulheres e dos seus corpos na sociedade argelina do século XX. Para realizar este estudo, vou usar essencialmente dois dos seus romances: Femmes d'Alger dans leur appartement (1980) e Nulle part dans la maison de mon père (2007), e usarei como ferramenta de análise algumas teorias atuais oriundas da literatura feminista.

    Abstract in Spanish:

    Resumen: Assia Djebar (1936-2015) es una renombrada escritora argelina de expresión francesa que tuvo el honor de formar parte de la Academia Francesa (2005), un honor vedado hasta ese momento para magrebíes y que, además, muy pocas mujeres obtienen. Como novelista ha sido ampliamente estudiada, aunque, su extensa e intensa obra merece ser atendida desde la perspectiva de los Estudios de Género. En este trabajo, me detendré en un tema recurrente en la obra de esta autora: la opresión de las mujeres y de sus cuerpos en la sociedad argelina del siglo XX. Para realizar este estudio voy a servirme, esencialmente, de dos de sus novelas: Femmes d’Alger dans leur appartement (1980) y Nulle part dans la maison de mon père (2007) y utilizaré como herramienta de análisis algunas teorías actuales emanadas desde el feminismo.

    Abstract in English:

    Abstract: Assia Djebar (1936-2015) is a renowned Algerian writer who wrote in French and was given the honor of being part of the French Academy (2005), an honor that could not be awarded to Maghrebis until then, and very few women had ever obtained. As a novelist, she has been widely studied, although her extensive and intense work has been of particular importance for Gender Studies. By exploring a recurring theme in Djebar's work, the oppression of women and their bodies in the 20th-century Algerian society, this paper discusses two of her novels: Femmes d'Alger dans leur appartement (1980) and Nulle part dans la maison de mon père (2007). For this, some current theories emanating from feminism will be used here as analytical tools.
  • Carolina Maria de Jesus and Liminal Thinking in Brazilian Literature Artigos

    Rosa, Carolina Schenatto da; Silva, Gilberto Ferreira da

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Neste artigo tratamos da vida e obra de Carolina Maria de Jesus, tendo por base seus escritos publicados. Objetivamos, nesse sentido, problematizar, a partir da obra da referida autora, os reflexos da (des)colonialidade na construção das relações entre gênero e raça na sociedade brasileira. O estudo encontra amparo teórico no campo da (des)colonialidade, em diálogo com a pedagogia crítica e o feminismo. As análises reforçam o quanto a palavra escrita contribuiu com a densidade das percepções de Carolina acerca dos distintos espaços; ao dizer a sua palavra, aprendeu também a pensar a sua existência, aprendeu com a própria história em um contínuo refazer-se no ato da escrita. Ressaltamos a escrita engajada, seu potencial de denúncia e de anúncio, sua contribuição para o feminismo interseccional e, ainda, a relação indissociável entre feminismo e (des)colonialidade.

    Abstract in English:

    Abstract: This paper portrays the life and work of Carolina Maria de Jesus, from her published writings. The purpose of it is to question the consequences of the (de)coloniality in the construction of the relation between gender and race in the Brazilian society, based on her books. The study is supported by (de)coloniality, in dialogue with critical pedagogy and feminism. The analysis reinforces how the written word contributed to the depth of Carolina’s perceptions about the different spaces; by saying her word, she also learned how to think about her existence, she learned from her own history in a continuous remake of the written act. Therefore, it highlights her engaged writing, her potential of denouncement and announcement, her contribution to intersectional feminism, and, lastly, the inseparable relationship between feminism and (de)coloniality.
  • Nísia Floresta and Still the Translation’s Controversy of the Book Direitos das mulheres e injustiça dos homens Artigos

    Barbosa, Lia Pinheiro; Maia, Vinícius Madureira

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Neste artigo apresenta-se uma breve biografia intelectual de Nísia Floresta (1810-1885), cujos registros são reproduzidos, mesmo atualmente, não sem lacunas e imprecisões de vários tipos. Esforça-se por se situar em torno da publicação de seu primeiro livro, Direitos das mulheres e injustiça dos homens (1832), o qual era considerado, até pouco tempo, como se fora tradução não literal empreendida a partir da versão francesa de A vindication of the rights of woman (1792), obra da escritora inglesa Mary Wollstonecraft. A despeito das vicissitudes acerca das origens literárias das primícias de Nísia Floresta, o livro deu no associar do nome de Wollstonecraft ao ainda então incipiente ideário feminista no país. O intento subjacente deste trabalho consiste em evidenciar uma antiga descoberta acadêmica no tocante à procedência do referido livro, ainda hoje pouco difundida ou assimilada em meio às pesquisas acadêmicas ulteriores.

    Abstract in English:

    Abstract: This essay intends to present itself as a brief intellectual biography of the Brazilian writer Nísia Floresta (1810-1885), whose documentary records are frequently reproduced with gaps and inaccuracies. It places itself, though, especially around the publication of her first book, entitled Direitos das mulheres e injustiça dos homens (1832), which was considered until very recently a non-literal translation from the French version of A vindication of the rights of woman (1792), work of the English writer Mary Wollstonecraft. Despite the vicissitudes about the literary origins of Nisia’s first book, her translation turned out to associate Wollstonecraft’s name to the still incipient feminist ideology in the country at that time. The underlying intent of this work consist of highlighting an old academic break through regarding the origin of the referred book, which, even nowadays, is not much assimilated amid further Brazilian academic research.
  • The Badge of Sin: The Magdalene Sisters Artigos

    Silva, Cristina Ennes da; Silva, Tiago

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Considerada a insígnia do pecado, sendo percebida como a agente privilegiada de Satã, a mulher manteve uma reputação frequentemente hostil durante todo o medievo. Sua imagem, muitas vezes, fora associada à ideia da luxúria, da decadência moral e da iniquidade demoníaca. Deste modo, neste artigo pretende-se refletir sobre o imaginário medieval em relação à mulher durante o período medieval e à presença desta concepção imaginária como construtora de sentidos na narrativa fílmica The Magdalene Sisters, de Peter Mullan (2002). Considerando que o longa-metragem apresenta a história verídica de mulheres na segunda metade do século XX, é possível analisar as representações sociais da mulher medieval, bem como das alegorias presentes no longa-metragem, compreendendo-as como um elemento de permanência histórica.

    Abstract in English:

    Abstract: Considered to be the badge of sin, perceived as the privileged agent of Satan, woman maintained an often hostile reputation throughout the Middle Ages. Her image had often been associated with the idea of lust, moral decay, and demonic iniquity. In this way, this article intends to reflect on the medieval imaginary in relation to women during the medieval period and the presence of this imaginary conception in the construction of meaning in the film narrative The Magdalene Sisters, by Peter Mullan (2002). Considering that the feature film presents the true story of women in the second half of the twentieth century, it is possible to analyze the social representations of the medieval woman, as well as the allegories present in the movie, as an element of historical permanence.
  • Journalism and Gender: A Rising of a Subject and a Shared Teaching Report Artigos

    Bertasso, Daiane; Nascimento, Fernanda; Gustafson, Jessica

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Neste artigo apresentamos o surgimento da disciplina Jornalismo e Gênero no curso de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e debate sobre a sua necessidade e emergência na formação de jornalistas. Os debates no campo do Jornalismo sobre/a partir das temáticas de Gênero ainda são incipientes, apesar da urgência da construção de discussões que repensem as práticas da profissão, as relações entre os profissionais e o ensino. Neste relato, tecemos algumas considerações sobre nossa experiência docente à frente da disciplina, apresentando os avanços, dificuldades e procurando contribuir para o crescimento do campo e a construção de conhecimento sobre os temas de Gênero no Jornalismo.

    Abstract in English:

    Abstract This article presents the rising if the subjetive known as Journalism and Gender in Journalism Course of Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) and discusses its needs and emergence on journalists’ education. The discussions in Journalism area about/from Gender topics are still incipient, in spite of construction of discussions that reconsider journalism practices urgency, relationships between professionals and teaching. In this report, some observations were made about our experience teaching this subject, showing advances, struggles and seeking to contribute to the growth of the area and the construction of knowledge about Gender topics in Journalism.
  • Sports Programming, what Place do Women Occupy? Artigos

    Abajo, Judit Martínez; Leonet, Gema Lasarte; Gomez, Rakel Gamito; Morales, María Teresa Vizcarra

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Este artigo tem como objetivo principal descrever a percepção das desportistas sobre a programação de desporto, e, em segundo lugar, avaliar se se sentem empoderadas em relação à mídia. Realizaram-se 19 entrevistas em profundidade e três focus groups com desportistas de elite bascas, 33 no total. Concluíram que a programação desportiva contribui para dar visibilidade ao desporto masculino (56,38%). 19,04% das entrevistadas destacaram a omnipresença do futebol; 14,28% ressaltaram também a apropriação do espaço mediático em detrimento do desporto feminino quando a programação dá prioridade a aspectos não desportivos das desportistas, como casamentos, lesões, entre outros.

    Abstract in Spanish:

    Resumen: Este artículo tiene como objetivo principal describir la percepción de las deportistas sobre la programación deportiva y, en segundo lugar, identificar si se sienten empoderadas con respecto a los medios de comunicación. Se realizan 19 entrevistas en profundidad y tres focus group con deportistas vascas de élite, 33 en total. Concluyen que la programación deportiva contribuye a visibilizar el deporte masculino (56,38%). El 19,04% de las entrevistadas señala la omnipresencia del futbol; 14,28% apunta, además, la usurpación del espacio mediático en detrimento del deporte femenino cuando la programación prioriza los aspectos no deportivos de las deportistas como casamientos, lesiones etc.

    Abstract in English:

    Abstract: This article describes sportswomen's perception of sports in the media and aims to identify whether mass media empower them. The research work conducted 19 in-depth interviews with three focus groups composed of 33 Basque elite sportswomen. The results indicate that sports media programs contribute to represent men's sports (56.38%). 19.04% of the respondents mention that soccer is omnipresent; 14.28% of the respondents affirm that soccer invades the broadcasting space at the expense of women's sports when the programs give priority to aspects not concerned with those women athletes such as weddings, injuries, and others.
  • Discursivities about Identity, Sexuality and Feminism in Social Networks Artigos

    Remenche, Maria de Lourdes Rossi; Machado, Paulo Henrique; Rohling, Nívea

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Este artigo analisa a discursividade performativa a respeito da identidade, da sexualidade e do feminismo a partir de postagens realizadas pela rapper curitibana Karol Conka em sua fanpage no Facebook, referentes ao lançamento de seu videoclipe Lalá. Os referenciais teóricos para o desenvolvimento desta pesquisa ancoram-se nos estudos da Linguística Aplicada e na concepção dialógica da linguagem do Círculo de Bakhtin. A partir da análise das cadeias enunciativas produzidas na fanpage da artista, é possível problematizar os modos como as redes sociais na Internet contribuem para a ressignificação das práticas de linguagem e vêm se caracterizando como espaço-tempo significativo de embate de vozes, bem como ambiente de posicionamento performativo. Os resultados evidenciam que, na enunciação dos sujeitos, são mobilizadas forças centrífugas e forças centrípetas.

    Abstract in English:

    Abstract: This article analyzes the performative discursiveness on identity, sexuality and feminism from the posts made by the Curitiba’s rapper Karol Conka in her fanpage on Facebook, referring to the launching of her music video Lalá. The theoretical references for the development of this research are anchored in the studies of Applied Linguistics and in the dialogical conception of Bakhtin’s Circle language. From the analysis of the enunciative chains produced in the fanpage of the artist, it is possible to problematize the ways in which social networks on the Internet contribute to the re-signification of language practices and are characterized as significant space-time of voice clash, as well as performative positioning. The results show that, in the enunciation of the subjects, are mobilized centrifugal and centripetal forces.
  • “Imagine Her Naked!”: Experiences of Women Self-identified as Fat Artigos

    Menezes, Camila Ferraz Jucá; Ferreira, Rebeca Luisa Passos; Mélo, Roberta de Sousa

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Buscamos compreender os significados que mulheres que se autodeclaram gordas atribuem às suas experiências corporais cotidianas. Foi realizada uma pesquisa qualitativa de base fenomenológica envolvendo cinco interlocutoras, com idades entre 18 a 46 anos. Utilizou-se a entrevista semiestruturada como técnica de coleta de dados. A análise do material se deu por uma perspectiva fenomenológica e apontou os preconceitos sofridos, mas também as estratégias elaboradas por essas mulheres em sua rotina. Destacamos, ao fim, a necessidade de se ampliar as reflexões sobre a temática dentro das produções teóricas feministas e dos estudos de gênero.

    Abstract in English:

    Abstract: We sought to understand the meanings that women self-identified as fat attribute to their daily bodily experiences. A qualitative research based on phenomenological method was carried out involving five interlocutors, aged between 18 and 46 years. A semi-structured interview was used as data collection technique. The material was analyzed from the phenomenological perspective of Moreira (2004), pointing out the prejudices suffered and the strategies developed by these women in their daily routine. It is important to highlight the need of further reflections on the subject in feminist theory and gender studies.
  • Abortion, Militancy and Subjectivity Artigos

    Evangelista, Marcela Boni

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Neste artigo pretendemos discutir a temática do aborto a partir das narrativas de vida de duas militantes que se dedicam à luta pelos direitos das mulheres em diferentes movimentos sociais. Por meio dos aportes teóricos e metodológicos da história oral, foram realizadas entrevistas que posteriormente passaram por um processo de elaboração textual que resultou no material coletado, o qual foi a base para as reflexões apresentadas. A análise proposta busca abordar as relações entre a militância e a subjetividade e de que maneira viabilizam as discussões sobre o aborto para além dos números.

    Abstract in English:

    Abstract The present article intends to discuss the abortion issue based on the two women activists´s life narratives who are dedicated to the struggle for the women´s rights in different social movements. Through the theoretical and methodological contributions of oral history, interviews were carried out, which later underwent a process of textual elaboration that resulted in the material collected, which was the basis for the reflections presented. The proposed analysis seeks to address the relationships between militancy and subjectivity and how discussions on abortion are feasible beyond numbers.
  • Widowhood in Women. Various Approaches in the Social Sciences Artigos

    González, Eugenia Galicia; Pinto, Neide Maria de Almeida; Fiúza, Ana Louise de Carvalho

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Este artigo apresenta uma revisão da literatura sobre a viuvez em mulheres nas ciências sociais. O objetivo é mostrar os tópicos discutidos e as abordagens a partir das quais a pesquisa foi realizada. Os trabalhos examinados foram organizados em três eixos temáticos: a viúva como construção social, a viuvez como condição de vulnerabilidade e a viuvez como evento transformador. Através desta revisão, reconhece-se que a viuvez nas mulheres e o conceito de viúva são um conjunto de construções sociais que é apropriado continuar explorando e questionando. A pesquisa feminista é proposta como forma de produzir conhecimento que motive a desconstrução do conceito e estimule a criação de alternativas que ressignifiquem e dignifiquem a viuvez vivida pelas mulheres.

    Abstract in Spanish:

    Resumen: Este artículo presenta una revisión bibliográfica sobre la viudez en las mujeres en las ciencias sociales. El objetivo es mostrar los temas discutidos y los enfoques desde los que se ha realizado esta investigación. Los trabajos examinados se organizaron en tres ejes temáticos: la viuda como una construcción social, la viudez como una condición de vulnerabilidad y la viudez como un evento transformador. A través de esta revisión se reconoce que la viudez en las mujeres y el concepto de viuda son un cúmulo de constructos sociales que es oportuno seguir explorando y cuestionando. La investigación feminista se propone como una vía para la producción de conocimiento que motive la deconstrucción del concepto y estimule la creación de alternativas que resignifiquen y dignifiquen la viudez vivida por las mujeres.

    Abstract in English:

    Abstract: This article presents a literature review on widowhood in women in the social sciences. The objective is to show the topics discussed and the approaches from which this research has been carried out. The works examined were organized into three thematic axes: the widow as a social construction, widowhood as a condition of vulnerability and widowhood as a transforming event. Through this review, we recognize that widowhood in women and the concept of widow are a cluster of social constructs that research should continue to explore and questioned. Feminist research is proposed to produce knowledge that motivates the deconstruction of the concept and stimulates the creation of alternatives that resignify and dignify the widowhood lived by women.
  • Human Rights and Vulnerabilities Affected Artigos

    Ghisleni, Pâmela Copetti; Lucas, Doglas Cesar

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Neste texto intentamos analisar o Caso Gonzales Lluy vs. Equador, da Corte Interamericana de Direitos Humanos, cujo decisum condenou o Estado réu pelas violações de direitos humanos de Talía Gabriela Gonzales Lluy em virtude de contágio pelo vírus HIV. O estudo leva em consideração especialmente as temáticas da diferença e da(s) vulnerabilidade(s), as quais saltam aos olhos nesta demanda, delineando todo o julgamento que, afinal, reconheceu a discriminação interseccional a que foi submetida Talía. A partir de revisão crítico-reflexiva dos temas pautados e da utilização da fenomenologia hermenêutica, neste texto pretendemos evidenciar que o caso ora em discussão pode se constituir, guardadas as devidas proporções, em um importante precedente da Corte Interamericana em termos de direitos econômicos, sociais e culturais.

    Abstract in English:

    Abstract: This text attempts to analyze the case Gonzales Lluy vs. Ecuador, of the Inter-American Court of Human Rights, whose decision condemned the defendant State for the human rights violations of Talía Gabriela Gonzales Lluy due to HIV infection. The study takes into account, in particular, the issues of difference and vulnerability(ies), which stand out in this demand, delineating all the judgment that, after all, recognized the intersectional discrimination that was submitted to Talía. Based on a critical-reflective review of the themes and the use of hermeneutic phenomenology, this text intends to show that the case under discussion can be constituted, in due proportion, in an important precedent of the Inter-American Court in terms of economic, social, and culture.
  • Translating the Queer: A Feasible Option? Artigos

    Alós, Anselmo Peres

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: O objetivo do presente ensaio é discutir como (se possível) deveríamos traduzir a ideia de ‘queer’ (tal como no sintagma ‘teoria queer’), do inglês para o português. Nosso interesse não é simplesmente o de traduzir o termo ‘queer’, mas sim discutir o que podemos ganhar e/ou o que podemos perder no processo de tradução e adaptação da teoria queer, deslocando-a de seu contexto anglófono e realocando-a em um contexto lusófono, em especial quando se leva em consideração a articulação da teoria na análise cultural e na crítica literária fora de contextos anglófonos.

    Abstract in English:

    Abstract: The aim of this essay is to discuss how (if possible) we should translate the idea of ‘queer’ (as in ‘queer theory’ from English to Portuguese. Our interest is not simply to translate the word ‘queer’, but to discuss what could be gained or loss in the process of translation and adaptation of queer theory from Anglophone to Lusophone contexts, in terms of the articulation of the theory in cultural analysis and literary criticism outside the Anglophone contexts.
  • Homelessness: Bodily Experiences for Thinking Gender in Bogotá (Colombia) Artigos

    Lizarralde, Carolina Rodríguez

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: As experiências de rua são assumidas de maneira diferente por aqueles que moram nela, um espaço onde há uma leitura violenta do feminino. A partir de uma perspectiva de gênero, este artigo busca visibilizar as construções de corpos femininos e feminizados em Bogotá, situadas num grupo de meninas e jovens entre 14 e 28 anos, com quem trabalhamos com base numa etnografia institucional realizada entre 2012 e 2014, apoiada por oficinas com uma abordagem biográfica, utilizando escrita, som e fotografia, além das cartografias corporais. As contribuições desta pesquisa permitem localizar novas discussões diante das experiências de gênero na rua e refletir sobre as apostas metodológicas quando se propõem pesquisas com população em situação de rua como um ato de politização do cotidiano dos corpos de rua.

    Abstract in Spanish:

    Resumen: Las experiencias callejeras se asumen de manera diferenciada por quienes viven en la calle, espacio donde se ejerce una lectura violenta de lo femenino. Desde un enfoque de género, este artículo pretende visibilizar las construcciones de los cuerpos femeninos y feminizados en Bogotá, situadas en un grupo de niñas y jóvenes entre 14 y 28 años, con quienes se trabajó a partir de una etnografía institucional realizada entre 2012 y 2014, apoyada por talleres con enfoque biográfico, usando la escritura, el sonido y la fotografía, así como las cartografías corporales. Los aportes de esta investigación permiten ubicar nuevas discusiones frente a las experiencias generizadas en la calle, y reflexionar sobre apuestas metodológicas cuando se promueven investigaciones con población en situación de calle como un acto de politización de las cotidianidades de los cuerpos callejeros.

    Abstract in English:

    Abstract: Street experiences are assumed in a different way by those who live on the streets, a space where a violent reading of the feminine is practiced. From a gender perspective, this article aims to make visible the constructions of the feminine and feminized bodies in Bogotá, recognizing the experiences of a group of girls and young women between 14 and 28 years old, with whom we worked based on an institutional ethnography carried out between 2012 and 2014, based on workshops focusing on their biographies through writing, sound and photography, as well as body mapping. The contributions of this research allow us to locate new discussions in the face of the experiences generated on the streets, and to reflect on methodological bets when promoting research with the ones living on the streets to vindicate their rights as political subjects in their daily lives.
  • Teen women living with partners. Negotiation in sexuality and autonomy in decision making from a gender perspective Artigos

    Aristegui, Daniela González

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: A (con)vivencia como casal de adolescentes heterossexuais é uma realidade emergente no Chile, cuja incidência não foi analisada com relação à tomada de decisões e negociação em sexualidade. A partir de uma pesquisa qualitativa desenvolvida em um centro integral de saúde sexual e reprodutiva no período 2014-2017, observou-se a presença de um imaginário de gênero que naturaliza a presença de práticas de controle que permeiam seus espaços de autonomia. O controle implícito que seus parceiros começam a exercer dificulta suas possibilidades de negociar a sexualidade em questões como frequência da atividade sexual e desejo de gravidez.

    Abstract in Spanish:

    Resumen: La (con)vivencia en pareja por parte de mujeres adolescentes heterosexuales, es una realidad emergente en Chile cuya incidencia no ha sido analizada respecto de la toma de decisiones y la negociación en sexualidad. A partir de una investigación cualitativa desarrollada en un centro integral de salud sexual y reproductiva en el periodo 2014-2017, se observó la presencia de un imaginario de género que naturaliza la presencia de prácticas controladoras permeando sus espacios de autonomía. El control implícito que comienzan a ejercer sus parejas obstaculiza sus posibilidades de negociar en sexualidad en temas como frecuencia de la actividad sexual y el deseo de embarazo.

    Abstract in English:

    Abstract: Heterosexual adolescent women living with their partners is an emergent reality in Chile, the incidence of which has not been analyzed regarding decision making and negotiation in sexuality. From the qualitative research carried out at a sexual and reproductive health center between 2014-2017, the presence of a gender representation that normalizes the presence of controlling practices diffusing into their autonomy spaces was observed. The implicit control that their partners begin to exercise hinders the women’s chances of negotiating in sexuality on issues such as frequency of sexual activity and the desire for pregnancy.
  • Notes on Love and Melancholy: From the Structure to the Resistance Ponto de Vista

    Stephan, Cassiana Lopes

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Michel Foucault, no texto “Un Plaisir si Simple”, mostra-nos que a miséria do amor moderno se fundaria sobre a ressignificação psicanalítica do remorso cristão. Por outro lado, Judith Butler nos explica, ao problematizar a relação entre a psicanálise e a matriz heterossexual, que o amor é melancólico e que o mecanismo da melancolia constitui a identidade de gênero. Conforme Butler, a melancolia parece ter duas disposições, uma estruturada e outra desviante. A melancolia estruturada garantiria a “cura” dos desvios sexuais mediante a aplicação dos códigos fálicos ao desejo do sujeito. Inversamente, a melancolia desviante estaria ligada à subversão da heteronormatividade. A partir disso, interessa-nos interrogar em que medida a interpretação foucaultiana do prazer concernente às transgressões amorosas se articularia à disposição desviante da melancolia butleriana; e, finalmente, gostaríamos de indicar algumas convergências entre a melancolia criativa e a ética antiga do cuidado de si.

    Abstract in English:

    Abstract: Michel Foucault, in the text “Un Plaisir si Simple”, shows us that the misery of the modern love is based on the psychoanalytic resignification of the Christian remorse. On the other hand, Judith Butler explains, when she problematizes the relation between the psychoanalysis and the heterosexual matrix, that love is melancholic and that the mechanism of the melancholy constitutes the gender identity. According to Butler, the melancholy seems to have two dispositions, one structured and another deviant. The structured melancholy ensures the “healing” of the sexual deviations by applying the phallic codes to the desire of the subject. Conversely, the deviant melancholy would be linked to the subversion of the heteronormativity. On this basis, we are interested in questioning in what extend the Foucauldian interpretation of the pleasure concerning to the love transgressions is articulated to the deviant disposition of the Butlerian melancholy; and, finally, we would like to indicate some links between the creative melancholy and the ancient ethics of the care of the self.
  • The First Woman Conductor of the Montevideo Philharmonic Orchestra: Interview with Ligia Amadio Ponto de Vista

    Fernández, Marcela Pini; Arisi, Barbara Maisonnave; Caramori, Alessandra Paola
  • Feminist Rereading of the “Affective Turn” Sección Temática Feminismos, Afecto y Política

    Solana, Mariela; Vacarezza, Nayla Luz

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Este artigo apresenta a Sessão Temática sobre feminismos, afeto e política. Estabelecemos um diálogo estreito com o crescente campo de reflexões sobre afetos, sentimentos e emoções nas Ciências Sociais e Humanas. Ao mesmo tempo, consideramos importante recuperar as valiosas e primeiras contribuições das teorias e práticas feministas para refletir sobre a politicidade das emoções e emoções. Portanto, propomos uma leitura diferenciada das inovações do que foi chamado de "virada afetiva" na academia anglo-saxônica. Esclarecemos ainda os termos conceituais em uso neste campo. Por fim, a apresentação dos artigos mostra um campo frutífero de pesquisa e elaboração conceitual que não se limita ao consumo de linguagens teóricas de outras latitudes.

    Abstract in Spanish:

    Resumen: Este artículo presenta la Sesión Temática sobre feminismos, afecto y política. Establecemos un diálogo cercano con el creciente campo de reflexiones sobre los afectos, los sentimientos y las emociones en las Ciencias Sociales y las Humanidades. Al mismo tiempo, consideramos importante recuperar los valiosos y tempranos aportes de las teorías y las prácticas feministas a las reflexiones sobre la politicidad de los afectos y las emociones. Por eso, proponemos una lectura matizada de las innovaciones de lo que se ha dado en llamar “giro afectivo” en la academia anglosajona. Clarificamos, además, los términos conceptuales en uso en este campo. Por último, la presentación de los artículos muestra un fructífero campo de investigación y elaboración conceptual que no se limita al consumo de lenguajes teóricos de otras latitudes.

    Abstract in English:

    Abstract: This article presents the Thematic Session on feminisms, affect and politics. We engage in close dialogue with the growing field of thinking about affect, feelings and emotions in the Social Sciences and the Humanities. At the same time, we believe it is important to recover the meaningful and early contributions of feminist theories and practices to think about the political nature of affect and emotions. For this reason, we propose a nuanced interpretation of the innovations of what was called the “affective turn” in Anglo-Saxon academia. Also, we clarify the use of the conceptual terminology in this field. Finally, the presentation of the articles shows a fertile field of research and conceptual elaboration that goes beyond mere consumption of theoretical languages from abroad.
  • Feminist Feelings Sección Temática Feminismos, Afecto y Política

    Solana, Mariela; Vacarezza, Nayla Luz

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Este artigo revisa a relação paradoxal dos feminismos com os afetos, sentimentos e emoções. Embora nos últimos anos a chamada “virada afetiva” tenha permitido um aprofundamento das análises feministas da dimensão emocional e afetiva, tentaremos mostrar que a teoria feminista tem um compromisso de longa data com a reflexão sobre sentimentos. Em particular, o artigo examina três eixos nos quais os feminismos incorporaram a análise afetiva: subjetividade, epistemologia e política. O texto termina com uma série de reflexões e perguntas sobre a maneira como as questões e os afetos de gênero foram articulados nas teorias e práxis feministas latino-americanas.

    Abstract in Spanish:

    Resumen: Este artículo revisa la relación paradojal de los feminismos con los afectos, los sentimientos y las emociones. Si bien en los últimos años el llamado “giro afectivo” habilitó una profundización de los análisis feministas sobre la dimensión emocional y afectiva, intentaremos mostrar que la teoría feminista tiene un compromiso de larga data con la reflexión sobre los sentimientos. En particular, el artículo examina tres ejes en los que los feminismos han incorporado el análisis afectivo: la subjetividad, la epistemología y la política. El texto concluye con una serie de reflexiones e interrogantes sobre el modo en que las cuestiones de género y los afectos fueron articulados en las teorías y praxis feministas latinoamericanas.

    Abstract in English:

    Abstract: This paper examines the paradoxical relationship between feminisms, affects, feelings, and emotions. Although in the last few years the so called affective turn enabled feminist theories to delve into the study of the emotional and affective dimensions, we shall show that different strands of feminism have been reflecting on feelings for a long time. We explore three specific topics in which feminist theories have incorporated the study of emotions: subjectivity, epistemology, and politics. The paper ends with a series of reflections and questions about how gender and affects have been considered by Latin American feminist theories and praxis.
  • Now that We are Together: Memories, Politics, and Feminist Emotions Sección Temática Feminismos, Afecto y Política

    Bacci, Claudia Andrea

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Este trabalho desenvolve alguns aspectos do repertório afetivo feminista que historicamente atravessa a política e as teorias feministas, no quadro de uma reflexão mais geral sobre o presente dos feminismos na América Latina. Após uma breve introdução que contextualiza a importância crítica das emoções e memórias na reinvenção da política feminista, alguns debates e diálogos sobre o problema da disparidade, conflito e diferenças entre mulheres são abordados como obstáculos e elementos constitutivos do feminismo desde as décadas de 1970 e 1980. São analisadas as figuras de irmandade (sisterhood), sororidade e prática da diferença sexual, cada uma das quais caracteriza diferentes momentos e debates dos feminismos dos séculos XX e XXI.

    Abstract in Spanish:

    Resumen: Este trabajo desarrolla algunos aspectos del repertorio afectivo feminista que históricamente cruza la política y la teoría feminista, en el marco de una reflexión más general sobre el presente de los feminismos en América Latina. Después de una breve introducción que contextualiza la importancia crítica de las emociones y los recuerdos en la reinvención de la política feminista, se abordan algunos debates y diálogos sobre el problema de la disparidad, el conflicto y las diferencias entre las mujeres como obstáculos y elementos constitutivos de los feminismos desde la década de 1970 y 1980s. Se analizan las figuras de la hermandad (sisterhood), la sororidad y la práctica de la diferencia sexual, cada una de las cuales caracteriza diferentes momentos y debates de los feminismos de los siglos XX y XXI.

    Abstract in English:

    Abstract: This work develops some aspects of the feminist affective repertoire that historically crosses feminist politics and theory, within the framework of a more general reflection on the present of feminisms in Latin America. After a brief introduction that contextualizes the critical importance of emotions and memories in the reinvention of feminist politics, some debates and dialogues about the problem of disparity, conflict and differences between women are addressed as obstacles and constitutive elements of feminisms since the 1970s and 1980s. The figures of sisterhood, sorority and the practice of sexual difference are analyzed, each of which characterizes different moments and debates of feminisms of the twentieth and twenty-first centuries.
  • Affects in the Political Engagement in the Brazilian Marchas das Vadias (2011-2017) Seção Temática Feminismos, Afeto e Política

    Guzzo, Morgani; Wolff, Cristina Scheibe

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Os afetos que atravessam os corpos tanto são moldados pelas estruturas e práticas políticas e sociais quanto são capazes de moldá-las (Sara AHMED, 2015). Emoções como a dor e a indignação, sentidas por sujeitas do feminismo diante da opressão e da desigualdade, podem tanto transformar quanto serem transformadas em espaços coletivos de luta, fazendo surgir a esperança, o pertencimento e a força no contato entre corpos e subjetividades. Por meio da análise de entrevistas feitas com organizadoras das Marchas das Vadias de cinco capitais brasileiras, neste artigo visamos à análise do papel das emoções e dos afetos no engajamento das ativistas com o feminismo das MdV, consideradas mobilizações que recolocaram as reivindicações feministas nas ruas, a partir da segunda década do século XXI.

    Abstract in English:

    Abstract: The affects that cross bodies are both shaped by and capable of shaping political and social structures and practices (Sara AHMED, 2015). Emotions such as pain and indignation, felt by feminist subjects in the face of oppression and inequality, can both transform and be transformed into collective spaces of struggle, giving rise to hope, belonging and strength in the contact between bodies and subjectivities. Through the analysis of interviews with organizers of Marchas das Vadias in five Brazilian capitals, this article aims to analyze the role of emotions and affects in the engagement of activists with the feminism of the MdV, considered mobilizations that put the feminist claims back in the streets from the second decade of the 21st century.
  • Simulation as Affective Performance in the Origins of Feminism Sección Temática Feminismos, Afecto y Política

    Macón, Cecilia

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Este artigo analisa o caso dos ensaios ou simulações de votação das ativistas pelo voto feminino como performances afetivas. Tomando como exemplo central os ensaios produzidos na Argentina em março e novembro de 1920, o principal objetivo desta apresentação é argumentar que a destruição da estrutura de sentimentos patriarcais realizada pelo feminismo altera o senso de realidade através de gestos próprios da vanguarda artística como esses atos de pre-enactment. Esta apresentação argumenta que não foi apenas uma mudança no sentido da linguagem emancipatória em sua relação com os afetos, mas que a ordem performativa desses afetos ajudou a constituir uma alteração do sentido da realidade.

    Abstract in Spanish:

    Resumen: Este artículo analiza el caso de los ensayos o simulación de votación por parte de las activistas por el voto femenino en tanto performances afectivas. Tomando centralmente como ejemplo los ensayos producidos en Argentina en marzo y noviembre de 1920, el objetivo central de esta presentación consiste en argumentar que la destrucción de la estructura del sentir patriarcal llevada a cabo por el feminismo altera el sentido de realidad a través de gestos propios de las vanguardias artísticas tal como estos actos de pre-enactment. Esta presentación argumenta que no se trató meramente de un cambio en el sentido del lenguaje emancipatorio en su relación con los afectos, sino que el orden performático de esos afectos ayudó a constituir una alteración del sentido de la realidad.

    Abstract in English:

    Abstract: This article scrutinizes the mocking elections conducted by suffragists in terms of affective performances. Through the analysis of the simulations carried out in Argentina in March and November 1920, I claim that the demolition of the patriarchal structure of feelings executed by feminism altered the understanding of reality through gestures typical of the artistic avant-gardes such as these acts of pre-enactment. Indeed, this article argues that such performances incarnated both a shift in the emancipatory language as linked to affect and -most importantly -, due to the performative order of such affect, an alteration of the understanding of reality.
  • Writing Violence Against Women. Feminism, Affect and Hospitality Sección Temática Feminismos, Afecto y Política

    Peller, Mariela; Oberti, Alejandra

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: O artigo examina três obras literárias argentinas contemporâneas envolvidas em discussões sobre o status social da violência sexista e suas políticas de visibilidade. Com uma perspectiva enquadrada no movimento feminista e em suas redes afetivas, são analisados Beya (le viste la cara a Dios), de Gabriela Cabezón Cámara e Iñaki Echeverría (2013), Chicas Muertas, de Selva Almada (2014) e Por qué volvías cada verano, de Belén López Peiró (2018). São trabalhos que abordam temas clássicos do feminismo - prostituição, femicídio e estupro -, produzindo torções em espaços sociais, nas possibilidades de falar e nos arquivos. Eles não apenas marcam a trama social que produz a violência - e os responsáveis por ela -, mas também exibem políticas de resistência que permitem às mulheres se imaginar além da vitimização em um coletivo amoroso.

    Abstract in Spanish:

    Resumen: El artículo examina tres obras literarias contemporáneas argentinas que intervienen en las discusiones sobre el estatuto social de la violencia sexista y sus políticas de visibilización. Desde una perspectiva enmarcada en el movimiento feminista y sus redes afectivas, se analizan Beya (le viste la cara a Dios), de Gabriela Cabezón Cámara e Iñaki Echeverría (2013), Chicas muertas, de Selva Almada (2014) y Por qué volvías cada verano, de Belén López Peiró (2018). Son obras que abordan temas clásicos del feminismo -prostitución, femicidio y violación-, produciendo torsiones en los lugares sociales, en las posibilidades de toma de la palabra y en los archivos. No solo marcan la trama social que produce las violencias -y sus responsables- sino que también despliegan políticas de resistencia que permiten a las mujeres imaginarse más allá de victimizaciones en un colectivo amoroso.

    Abstract in English:

    Abstract: This article examines three contemporary Argentine literary works involved in discussions about the social status of sexist violence and its visibility politics. From a perspective framed in the feminist movement and its affective networks, our analysis focus on Beya (le viste la cara a Dios), by Gabriela Cabezón Cámara e Iñaki Echeverría (2013), Chicas muertas, by Selva Almada (2014) and Por qué volvías cada verano, by Belén López Peiró (2018). These are works that address classic feminist issues -prostitution, femicide and rape- producing torsions in social places, in the possibilities of speaking, and in the archives. They not only mark the social scheme that produces violence -and those responsible for it- but also display resistance politicies that allow women to imagine themselves beyond victimization in a loving collective.
  • Animality, Affect and Trans Imaginaries in the Visual Art of Nicola Costantino Sección Temática Feminismos, Afecto y Política

    Francica, Cynthia

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: No atual contexto de questionamento radical da categoria de 'humano', um setor de produção visual contemporânea investiga as formas pelas quais as subjetividades de gênero tomam forma não apenas em relação aos ambientes culturais humanos, mas também às geografias materiais, naturais e inanimadas. Focalizando o caso da artista argentina Nicola Costantino (Rosario, 1964), proponho que, ao recuperar superfícies corporais sensuais, táteis e emocionalmente carregadas, seu trabalho Peletería Humana (1996-2003) negocia articulações hegemônicas de sexualidade e gênero e histórias comunitárias de violência, enquanto revisa o imaginário simbólico nacional para explorar e delimitar novas corporalidades e subjetividades potenciais em torno do feminino, do queer e dos vivos.

    Abstract in Spanish:

    Resumen: En el contexto actual de cuestionamiento radical de la categoría de lo ‘humano’, un sector de la producción visual contemporánea investiga los modos en que las subjetividades de género toman forma no sólo en relación con entornos culturales humanos, sino también a geografías materiales, naturales e inanimadas. Enfocándome en el caso de la artista argentina Nicola Costantino (Rosario, 1964), propongo que mediante la recuperación de superficies corporales sensuales, táctiles y afectivamente cargadas, su obra Peletería humana (1996-2003) negocia articulaciones hegemónicas de la sexualidad y el género e historias comunales de violencia, al tiempo que revisita imaginarios simbólicos nacionales para explorar y delimitar nuevas corporalidades y subjetividades potenciales en torno tanto a lo femenino como a lo queer y lo viviente.

    Abstract in English:

    Abstract: In today’s context of radical questioning of the category of the ‘human’, a sector of contemporary visual arts investigates the ways in which gendered subjects take shape not only in relation to human cultural environments but also to material, natural and inanimate geographies. Focusing on the case of Argentine artist Nicola Costantino (Rosario, 1964), I propose that through the recovery of sensual, tactile and affectively charged bodily surfaces, her artwork Peletería humana (1996-2003) negotiates hegemonic articulations of gender and sexuality and communal histories of violence while revisiting national symbolic imaginaries in order to explore new potential subjectivities and bodily configurations regarding the feminine, the queer and the living.
  • Argentina, Brazil, Chile between Feminisms and Woman’s Rights Resenhas

    Aleixo, Mariah Torres
  • A Constant Rain Resenha

    Monaco, Helena Motta
  • The Pitfalls of Motherhood Culpability Resenhas

    Ávila, Alana Aragão
  • Gendered Practices of Tango Milonguero Resenha

    Castelao-Huerta, Isaura
  • Gender Representations in Vira-Vira, Violeta Resenhas

    Diniz, Rozeane Porto; Karlo-Gomes, Geam
  • The Family at the Center of Political Disputes in the United States Resenhas

    Santos, Rayani Mariano dos
  • You Can Be Fat: Questions for Feminisms Resenha

    Almeida, Lysia da Silva
  • Exploring Darkened Movie Theater: Porn Cinema as Subversive (Literary) Space Resenhas

    Peralta, Jorge Luis
  • Erratum: Domestic Violence and Racism against Black Women Errata

Centro de Filosofia e Ciências Humanas e Centro de Comunicação e Expressão da Universidade Federal de Santa Catarina Campus Universitário - Trindade, 88040-970 Florianópolis SC - Brasil, Tel. (55 48) 3331-8211, Fax: (55 48) 3331-9751 - Florianópolis - SC - Brazil
E-mail: ref@cfh.ufsc.br