PRÁTICA DE ATIVIDADE FÍSICA E O ESTRESSE: UMA REVISÃO BIBLIOMÉTRICA

PRACTICE OF PHYSICAL ACTIVITY AND STRESS: A BIBLIOMETRIC REVIEW

Maritza Lordsleem Silva Ameliane da Conceição Reubens Leonidio Clara Maria Silvestre Monteiro de Freitas Sobre os autores

RESUMO

A prática de atividade física tem sido inversamente associada aos níveis de estresse de adultos e idosos, bem como de indivíduos mais jovens, sendo proposta como uma estratégia para aliviar a tensão e minimizar as consequências nocivas do estresse. Assim, o objetivo do estudo foi descrever algumas características das produções científicas relacionadas à atividade física e estresse através de um levantamento bibliométrico, além de analisar a atividade científica e identificar as tendências das publicações com esta temática. Para isso, foi realizada uma pesquisa nas bases de dados Lilacs, Scielo, MedLine, PubMed e Web of Science considerando como critérios de inclusão: publicações originais realizadas com seres humanos entre os anos de 2004 e 2014, nos idiomas Português, Inglês e Espanhol. Foram excluídos artigos de revisão, teses, dissertações e monografias. Os resultados indicaram que a prática de atividades físicas está inversamente associada/ relacionada ao estresse, mostrando um crescente aumento da produção científica dessa temática.

Palavras-chave:
Estresse Psicológico; Atividade Motora; Revisão

Universidade Estadual de Maringá Avenida Colombo, 5790, 87020-900 Maringá - PR, Tel.: (55 44) 3011 4470 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: revdef@uem.br