O novo desenvolvimentismo: uma contribuição institucionalista

The new developmentalism: an institutional contribution

Herton Castiglioni Lopes Sobre o autor

RESUMO

O trabalho objetiva analisar o novo desenvolvimento a partir da Teoria da Regulação (T.R.), do institucionalismo derivado de Veblen e da teoria evolucionária neoschumpeteriana. Demonstra que o novo desenvolvimento é uma instituição ao estabelecer uma regulação (formas institucionais) que considere as características estruturais dos países em desenvolvimento. Essa configuração macroeconômica, em conjunto com os hábitos mentais dos agentes, deve fortalecer as relações de mercado, os investimentos produtivos, a inovação e o progresso técnico. Este último deve acontecer a partir das oportunidades abertas pelas revoluções tecnológicas, permitindo o catching up das nações menos desenvolvidas (de renda média).

PALAVRAS-CHAVE:
O novo desenvolvimentismo; escola da regulação francesa; institucionalismo de Veblen; neo-schumpeteriana

Centro de Economia Política Rua Araripina, 106, CEP 05603-030 São Paulo - SP, Tel. (55 11) 3816 6020 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: cecilia.heise@bjpe.org.br