A política comercial dos EUA no contexto da crise globale o declínio da hegemonia norte-americana

Arturo Guillén Sobre o autor

RESUMO

A crise global de 2007 reforçou as tendências deflacionárias, assim como a retirada dos países centrais para dentro. Após a Grande Recessão de 2008-2009, a maioria das economias experimentou processos de semiestagnação e deglobalização. A crise acelerou o declínio da hegemonia dos Estados Unidos. Embora mantenham uma vantagem militar esmagadora e mantenham a hegemonia financeira, perderam terreno na produção, no comércio internacional e no investimento direto estrangeiro. A política comercial de Trump acelerará a desglobalização. E enquanto seu corte de impostos teve um efeito positivo de curto prazo no crescimento, será difícil superar a “estagnação secular”.

PALAVRAS-CHAVE:
Crise global; desglobalização; política comercial norte-americana; declinação hegemônica dos EUA; estagnação

Centro de Economia Política Rua Araripina, 106, CEP 05603-030 São Paulo - SP, Tel. (55 11) 3816 6020 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: cecilia.heise@bjpe.org.br