Vigilância de chikungunya no Brasil: desafios no contexto da Saúde Pública* * Os autores contaram com o apoio financeiro da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás, Processo no 201510267000931. O apoio financeiro não teve influência no desenho do estudo, coleta de dados e análise, decisão de publicar ou preparação do manuscrito. O artigo é derivado da dissertação de Mestrado intitulada ‘Vigilância em Saúde da Febre Chikungunya no Brasil no contexto do Sistema Único de Saúde’, apresentada por Nayara Messias da Silva junto ao Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Universidade Federal de Goiás em 2016.

Vigilancia de chikungunya en Brasil: desafíos en el contexto de la Salud Pública

Nayara Messias da Silva Ricardo Antônio Gonçalves Teixeira Clever Gomes Cardoso João Bosco Siqueira Junior Giovanini Evelim Coelho Ellen Synthia Fernandes de Oliveira Sobre os autores

Resumo

Objetivo:

descrever os desafios da implantação do sistema de vigilância e prevenção de chikungunya no Brasil.

Métodos:

estudo descritivo dos casos suspeitos da doença notificados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) entre 2014 e 2016.

Resultados:

no período estudado, foram notificados mais de 100 mil casos prováveis de chikungunya no país, com maior concentração nos estados do Nordeste (83,3% entre 2014 e 2015; 91,0% em 2016); o Sinan apresentou excelente oportunidade de encerramento dos casos entre 2014 e 2015 (85%) e alta completitude das variáveis obrigatórias.

Conclusão:

com a introdução de chikungunya no Brasil em 2014, houve um preparo prévio em termos de Saúde Pública para minimizar seus efeitos na sociedade; a implantação do sistema de vigilância ampliou a coleta de informações da doença, embora muitos desafios mostrem-se evidentes na prática, haja vista a incidência crescente de casos, demandando maior capacidade operante desse setor.

Palavras-chave:
Febre de Chikungunya; Vigilância em Saúde Pública; Epidemiologia

Secretaria de Vigilância em Saúde - Ministério da Saúde do Brasil SRTVN Quadra 701, Via W5 Norte, Lote D, Edifício P0700, CEP: 70719-040, +55 61 3315-3464, Fax: +55 61 3315-3464, Brasília - DF - Brazil - Brasília - DF - Brazil
E-mail: ress.svs@gmail.com