Avaliação da implantação do Sistema de Informações sobre Mortalidade no estado de Pernambuco em 2012* * Artigo originado de tese de doutorado intitulada ‘Avaliação da efetividade de intervenção para aprimoramento do Sistema de Informações sobre Mortalidade em Pernambuco: estudo quase experimental’, apresentada por Barbara de Queiroz Figueirôa junto ao Programa de Pós-Graduação em Saúde da Criança e do Adolescente, da Universidade Federal de Pernambuco, em 8 de junho de 2018. Estudo financiado pelo Ministério da Saúde: Convênio no 779427/2012.

Evaluación de la implantación del sistema de información sobre mortalidad en el estado de Pernambuco, Brasil, en 2012

Barbara de Queiroz Figueirôa Paulo Germano de Frias Lygia Carmen de Moraes Vanderlei Suely Arruda Vidal Patrícia Ismael de Carvalho Cândida Correia de Barros Pereira Idalacy de Carvalho Barreto Lidian Franci Batalha Santa Maria Pedro Israel Cabral de Lira Sobre os autores

Resumo

Objetivo:

avaliar a implantação do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) em Pernambuco, Brasil.

Métodos:

pesquisa avaliativa; utilizaram-se dados primários (questionários) e secundários (SIM) referentes aos municípios para estimar o grau de implantação (GI), confrontando indicadores de estrutura e processo aos de resultado; consolidaram-se os dados por região e estado.

Resultados:

o SIM estava parcialmente implantado no estado (70,6%) e regiões (66,3 a 74,8%); ‘gestão’ (75,1%), ‘emissão e preenchimento’ (79,1%) e ‘processamento’ (71,7%), parcialmente implantados; ‘coleta’ (80,7%), implantada; ‘distribuição e controle’ (49,7%) e ‘análise e divulgação’ (58,0%), com implantação incipiente; encontraram-se valores superiores a 90% para cobertura, óbitos com causa básica definida, municípios com transferência de dados mensal e declarações de óbito digitadas e enviadas oportunamente; verificou-se coerência entre GI e indicadores de resultado, estes melhores quanto maior o GI.

Conclusão:

o SIM mostrou-se parcialmente implantado, por inadequações na distribuição, controle, análise e divulgação, influenciando desfavoravelmente os efeitos observados.

Palavras-chave:
Avaliação em Saúde; Sistemas de Informação em Saúde; Estatísticas Vitais; Registros de Mortalidade

Secretaria de Vigilância em Saúde - Ministério da Saúde do Brasil SRTVN Quadra 701, Via W S Norte, Lote D, Edifícil P0700, CEP: 70719-040, +55 61 3315-3464, Fax: +55 61 3315-3464 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: revista.svs@saude.gov.br