Descrição dos casos de síndrome congênita associada à infecção pelo ZIKV no estado de São Paulo, no período 2015 a 2017

Descripción de los casos de síndrome congénita asociada a la infección por el virus Zika en el estado de São Paulo, Brasil, en el período de 2015 a 2017

Renata Soares Martins Michele Higa Fróes Leila del Castillo Saad Satiro Marcio Ignácio Junior Walkiria Delnero Almeida Prado Ernesto Machado de Figueiredo Helena Keico Sato Flavia Helena Ciccone Tereza Cristina Guimarães Gizelda Katz Sobre os autores

Resumo

Objetivo:

caracterizar os casos de síndrome congênita associada à infecção pelo ZIKV (SCZ) e outras etiologias infeciosas, residentes no estado de São Paulo, Brasil, no período de 30 de outubro de 2015 a 30 de junho de 2017.

Métodos:

estudo descritivo dos casos suspeitos de SCZ e outras etiologias infecciosas notificados no Registro de Eventos em Saúde Pública.

Resultados:

foram investigados 960 casos até a semana epidemiológica 26/2017, sendo confirmados 146 para infecção congênita; destes, 59 (40,4%) foram confirmados para infecção congênita sem identificação etiológica e 87 (59,6%) com confirmação laboratorial, sendo 55 com SCZ e 32 com síndrome congênita associada a outros agentes infecciosos.

Conclusão:

este estudo permitiu detectar 23,9% de casos de SCZ entre os casos suspeitos de etiologia infecciosa.

Palavras-chave:
Microcefalia; Zika Vírus; Anormalidades Congênitas; Epidemiologia Descritiva

Secretaria de Vigilância em Saúde - Ministério da Saúde do Brasil SRTVN Quadra 701, Via W5 Norte, Lote D, Edifício P0700, CEP: 70719-040, +55 61 3315-3464, Fax: +55 61 3315-3464, Brasília - DF - Brazil - Brasília - DF - Brazil
E-mail: ress.svs@gmail.com