Óbitos e feridos graves por acidentes de trânsito em Goiânia, Brasil - 2013: magnitude e fatores associados* Contribuição dos autores Mandacarú PMP contribuiu com a concepção e desenho do estudo, análise dos dados e elaboração do artigo. Rabelo IVM, Silva MAA e Tobias GC contribuíram com a concepção e desenho do estudo, aquisição e análise dos dados e elaboração preliminar do artigo. De Morais Neto OL contribuiu com a concepção e desenho do estudo, análise dos dados, elaboração e revisão crítica do artigo. Todos os autores aprovaram a versão final e são responsáveis por todos os aspectos deste trabalho, incluindo a garantia de sua precisão e integridade.

Muertes y heridos graves por accidentes de tránsito en Goiânia, Brasil - 2013: magnitud y factores associados

Polyana Maria Pimenta Mandacarú Ionara Vieira Moura Rabelo Maria Aparecida Alves da Silva Gabriela Camargo Tobias Otaliba Libânio de Morais NetoSobre os autores

Resumo

Objetivo:

identificar a magnitude e fatores associados ao óbito e lesões graves entre vítimas de acidentes de trânsito ocorridos na área urbana de Goiânia, Brasil.

Métodos:

estudo transversal com linkage entre registros do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde (SIH/SUS) e ocorrências de acidentes de trânsito, no período de janeiro a junho de 2013; utilizou-se a regressão de Poisson.

Resultados:

entre 9.795 vítimas identificadas, houve 155 óbitos e 1.225 feridos graves; ciclistas (razão de incidência [RI]=2,26; IC95% 1,19;4,30) e pedestres (RI=2,12; IC95% 1,26;3,58) tiveram maior risco de morte, enquanto o risco de lesões graves foi superior entre motociclistas (RI=2,38; IC95% 2,01;2,83), ciclistas (RI=2,35; IC95% 1,76;3,13) e pedestres (RI=2,83; IC95% 2,27;3,53).

Conclusão:

o estudo revelou número de óbitos e feridos graves mais próximo do real e identificou grupos vulneráveis, possível alvo para o planejamento de ações de segurança no trânsito.

Palavras-chave:
Análise por Pareamento; Acidentes de Trânsito; Mortalidade; Morbidade; Estudos Transversais

Secretaria de Vigilância em Saúde - Ministério da Saúde do Brasil SRTVN Quadra 701, Via W S Norte, Lote D, Edifícil P0700, CEP: 70719-040, +55 61 3315-3464, Fax: +55 61 3315-3464 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: revista.svs@saude.gov.br