Craving em usuários de crack segundo características individuais e comportamentais* * Artigo derivado da dissertação de mestrado intitulada ‘A influência dos determinantes sociais de saúde na variação do nível de fissura em usuários de crack’, defendida por Karine Langmantel Silveira junto ao Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) em 2017. Pesquisa financiada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)/Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC): Processo nº 402777/2010-7.

El análisis del craving en usuarios de crack según la determinación social de salud

Karine Langmantel Silveira Michele Mandagará de Oliveira Bruno Pereira Nunes Poliana Farias Alves Gabriela Botelho Pereira Sobre os autores

Resumo

Objetivo:

analisar a variação dos níveis de craving segundo características individuais e comportamentais dos usuários de crack de dois serviços públicos de tratamento especializado em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil.

Métodos:

estudo transversal, com amostra de 133 participantes; utilizou-se a escala do Cocaine Craving Questionnaire para verificar o nível de craving.

Resultados:

86% dos entrevistados apresentaram níveis de craving moderado a grave; quanto aos fatores individuais, observou-se maior nível de craving grave entre mulheres (45%), pardos/mestiços (60%), baixa escolaridade (46%) e transtornos psiquiátricos menores (59%); sobre os fatores comportamentais, o nível de craving grave foi maior entre usuários que se divorciaram no último ano (44%), tiveram problemas com a Justiça (61%), praticaram atos de violência (57%), utilizavam mais de quatro substâncias psicoativas (67%) e apresentavam consumo pesado do crack (57%).

Conclusão:

a quase totalidade dos usuários de crack apresentaram níveis de craving elevados, proporcionalmente maiores em algumas variáveis individuais e comportamentais.

Palavras-chave:
Cocaína Crack; Fissura; Vulnerabilidade em Saúde; Usuários de Drogas; Estudos Transversais

Secretaria de Vigilância em Saúde - Ministério da Saúde do Brasil SRTVN Quadra 701, Via W S Norte, Lote D, Edifícil P0700, CEP: 70719-040, +55 61 3315-3464, Fax: +55 61 3315-3464 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: revista.svs@saude.gov.br