Efetividade da educação a distância no conhecimento de enfermeiros sobre estomias intestinais de eliminação

Eficacia de la educación a distancia en el conocimiento de enfermeros sobre ostomías intestinales de eliminación

Delmo de Carvalho Alencar Elaine Maria Leite Rangel Andrade Soraia Assad Nasbine Rabeh Telma Maria Evangelista de Araújo Sobre os autores

Resumo

OBJETIVO

Avaliar a efetividade da educação a distância no conhecimento de enfermeiros da atenção primária sobre estomias intestinais de eliminação.

MÉTODOS

Estudo quase-experimental, do tipo antes-depois, realizado com 41 enfermeiros, no período de junho a julho de 2015, por meio de instrumento construído e validado no Brasil. Para comparar os escores de acertos no pré e pós-teste foi utilizado o Teste de Wilcoxon. Foram considerados estatisticamente significantes os resultados dos testes que apresentaram α menor ou igual a 0,05.

RESULTADOS

Na avaliação do conhecimento dos enfermeiros verificou-se que cinco obtiveram acertos superiores a 80% no pré-teste. Após a educação a distância, o número de enfermeiros que obtiveram acertos superiores a 80% aumentou para 32. Houve diferença estatística significativa no conhecimento dos enfermeiros após intervenção educativa (p=0,000), com percentual de melhoria de 96,7% no geral.

CONCLUSÕES

A educação a distância pode ser uma metodologia efetiva para educação permanente de enfermeiros.

Palavras-chave:
Estomia; Atenção primária à saúde; Educação a distância; Educação continuada; Enfermagem

Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem Rua São Manoel, 963 -Campus da Saúde , 90.620-110 - Porto Alegre - RS - Brasil, Fone: (55 51) 3308-5242 / Fax: (55 51) 3308-5436 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: revista@enf.ufrgs.br