Prevalência de ideação e tentativa de suicídio entre usuários de um centro de atenção psicossocial

Luciane Prado Kantorski Ariane da Cruz Guedes Camila Irigonhé Ramos Carlos Alberto dos Santos Treichel Dariane Lima Portela Janaína Quinzen Willrich Vanda Maria da Rosa Jardim Vinícius Boldt dos Santos Sobre os autores

RESUMO

Objetivo

Identificar e caracterizar a prevalência de ideação e tentativa de suicídio entre usuários de um Centro de Atenção Psicossocial do município de Pelotas (RS).

Método

Estudo transversal, de base documental, em 389 prontuários de usuários ativos. A coleta de dados ocorreu entre setembro de 2017 e maio de 2018. Os dados foram digitados no software Microsoft Excel e posteriormente convertidos para o pacote estatístico Stata 11.

Resultados

A prevalência de ideação e tentativa de suicídio foi de 48,1% e 33,4%, respectivamente. Foram observadas diferenças significativas em relação à escuta de vozes (p=<0,001) e histórico de violência (p=<0,001). Usuários que ouviam vozes apresentaram prevalência de ideação suicida correspondente a 58,1%. Entre aqueles usuários que haviam relatado ideação suicida, a prevalência de tentativa foi de 57,7%, enquanto, em usuários sem relato de ideação, as tentativas foram prevalentes em 10,9% (p=<0.001).

Conclusões

Os usuários apresentaram uma prevalência significativa de ideação e tentativa de suicídio.

Palavras-chave
Saúde mental; Serviços comunitários de saúde mental; Ideação suicida; Tentativa de suicídio; Suicídio

Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem Rua São Manoel, 963 -Campus da Saúde , 90.620-110 - Porto Alegre - RS - Brasil, Fone: (55 51) 3308-5242 / Fax: (55 51) 3308-5436 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: revista@enf.ufrgs.br