Mulheres catadoras de materiais recicláveis: condições de vida, trabalho e saúde

Mujeres seleccionadoras de materiales reciclables: condiciones de vida, trabajo y salud

Alexa Pupiara Flores Coelho Carmem Lúcia Colomé Beck Marcelo Nunes da Silva Fernandes Natiellen Quatrin Freitas Francine Cassol Prestes Juliana Zancan Tonel Sobre os autores

RESUMO

Objetivo

Conhecer elementos relacionados às condições de vida, ao trabalho e à saúde de mulheres catadoras de materiais recicláveis, cooperativadas em um município do estado do Rio Grande do Sul, Brasil.

Método

Estudo qualitativo, exploratório-descritivo, com sete catadoras de uma cooperativa de reciclagem. A produção de dados incluiu observação participante, entrevistas semiestruturadas e grupo focal, de julho a agosto de 2013. Utilizou-se a análise de conteúdo.

Resultados

Emergiram as seguintes categorias temáticas: Trabalho feminino, informalidade e precariedade; Vivências de satisfação no trabalho; e Condições de trabalho e saúde: as experiências com acidentes, adoecimento e serviços de saúde.

Conclusão

Evidenciou-se a precariedade que caracteriza a atividade laboral das catadoras de materiais recicláveis, as quais estão expostas a riscos potenciais à saúde como sobrecarga de trabalho, acidentes, adoecimento e inseguridade social, bem como o papel da enfermagem no sentido de promover ações em prol da saúde e inclusão dessas trabalhadoras.

Saúde do trabalhador; Condições de trabalho; Catadores; Enfermagem; Trabalho feminino

Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem Rua São Manoel, 963 -Campus da Saúde , 90.620-110 - Porto Alegre - RS - Brasil, Fone: (55 51) 3308-5242 / Fax: (55 51) 3308-5436 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: revista@enf.ufrgs.br