Accessibility / Report Error

Qualidade da higienização das mãos de profissionais atuantes em unidades básicas de saúde

Quality of hand sanitation of active professionals in basic health units

Calidad de la higienización de las manos de profesionales actuantes en unidades básicas de salud

O estudo teve por objetivo avaliar a qualidade de higienização das mãos de profissionais. A pesquisa foi conduzida em todas as Unidades Básicas de Saúde de dez municípios da Região Sul de Santa Catarina em 2008. Foi Estudo epidemiológico transversal, desenvolvido com a observação de 369 profissionais da saúde. Realizou-se o teste Qui-quadrado para verificar associação de variáveis sócio-demográficas e formação com o desempenho dos profissionais. Durante os procedimentos cirúrgicos apenas 30,7% dos profissionais realizaram a higienização correta das mãos. Enquanto nos procedimentos clínicos o percentual foi 31,7%. Constatou-se que, durante as cirurgias, os profissionais de nível superior realizaram melhor a higienização das mãos do que os de nível médio (p<0,05) e, nos procedimentos clínicos, os profissionais de idade superior a 35 anos apresentaram melhor desempenho do que os mais moços (p<0,05). Concluiu-se que menos de um terço dos profissionais observados executaram corretamente a higienização das mãos.

Pessoal de saúde; Controle de infecções; Serviços de saúde; Lavagem de mãos


Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem Rua São Manoel, 963 -Campus da Saúde , 90.620-110 - Porto Alegre - RS - Brasil, Fone: (55 51) 3308-5242 / Fax: (55 51) 3308-5436 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: revista@enf.ufrgs.br