Accessibility / Report Error

Impacto dos problemas bucais na qualidade de vida em mulheres com câncer de mama

RESUMO

Objetivo

Avaliar o impacto produzido por problemas bucais na qualidade de vida; e examinar a associação com as variáveis sociodemográficas, odontológicas e de estadiamento clínico em mulheres com diagnóstico de câncer de mama.

Métodos

Estudo observacional transversal. Amostra composta por 89 mulheres atendidas em um hospital de referência em Vitória, Espírito Santo, Brasil, entre janeiro e dezembro de 2012. Utilizaram-se dois roteiros na forma de entrevista, um para registro das informações das participantes; e o Oral Health Impact Profile (OHIP-14), para avaliar os impactos produzidos pela condição bucal sobre a qualidade de vida. Realizou-se análise descritiva dos dados. A comparação dos percentuais das dimensões do impacto com as variáveis independentes foi verificada pelo teste qui-quadrado ou pelo teste exato de Fisher, quando apropriado. Para avaliar a força da associação entre evento e exposição, calculou-se o odds ratio. Adotou-se o nível de significância de 5%.

Resultados

O impacto foi de 28,1%, houve associação estatisticamente significante com as variáveis renda (p=0,039) e motivo da visita ao profissional de saúde bucal (p=0,012).

Conclusão

Estudos sobre qualidade de vida em pacientes oncológicos são de fundamental importância na compreensão do impacto dos problemas bucais em sua vida.

Termos de indexação
Saúde bucal; Qualidade de vida; Perfil de impacto da doença

Faculdade São Leopoldo Mandic R. José Rocha Junqueira, 13, 13045-755 Campinas/SP Brasil, Tel.: (55 19) 3211-3689 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: contato@revistargo.com.br