Atividade anti-tripanosomicida de triterpenes pentacíclicos isolados de Austroplenckia populnea (Celastraceae)

Lucienir Pains DUARTE Sidney Augusto VIEIRA FILHO Grácia Divina de Fátima SILVA José Rego de SOUSA Artur da Silveira PINTO Sobre os autores

Foram testados quatro triterpenos pentacíclicos isolados de Austroplenckia populnea e quatro compostos de conhecida atividade anti-T. cruzi ou anti-malárica. Dos triterpenos testados 20alfa-hidroxi-tingenona mostrou atividade elevada, ácido epicatônico foi menos ativo, enquanto ácido populnílico e populnínico foram inativos contra o tripanossoma do subgênero Schizotrypanum testado. Benzonidazole, nifurtimox, cetoconazole e primaquina apresentaram efeito inibitório dose-dependente atingindo praticamente a inibição total do crescimento do parasita no final do tempo de incubação. O tripanossoma testado mostrou ser um modelo adequado para uma seleção preliminar de compostos anti. T. (S.) cruzi.


Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 470, 05403-000 - São Paulo - SP - Brazil, Tel. +55 11 3061-7005 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revimtsp@usp.br