Resposta de anticorpo contra vacina de hepatite Binativada pelo calor (CLB-3mg) em pacientes de hemodiálise e pessoal de risco: acompanhamento de um ano

A resposta imune contra vacina de hepatite B (CLB-3mg) foi avaliada em 59 pacientes de hemodiálise e 20 funcionários de risco em adquirir infecção. A soroconversão foi observada em 52,5% e 70,0%, respectivamente. Um ano após a primeira dose, os níveis de anticorpos anti-HBs foram determinados em 37.5% dos pacientes e 60.0% dos funcionários. Os níveis de anticorpos foram expressos em unidades de radioimunoensaio (SRU = contagem da amostra sobre o controle negativo). Considerando apenas os indivíduos que responderam à vacina, no grupo de pacientes, 38.7% tiveram resposta baixa de anticorpos (2,1 - 9,9 SRU), 32,3% resposta média e 29,0% uma resposta elevada (> SRU), enquanto que no pessoal de risco, os valores foram 14,3%, 64,3% e 21.4%, respectivamente. Os autores sugerem o uso de vacinas de HBV com concentrações de HBsAg mais elevada ou um reforço no esquema de imunização para melhorar a resposta de anti-HBs, não só para pacientes como também para pessoas sadias.


Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 470, 05403-000 - São Paulo - SP - Brazil, Tel. +55 11 3061-7005 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revimtsp@usp.br