Identificação molecular de larva de Pseudoterranova azarasi em bacalhau (Gadus sp.) vendido para consumo humano no Brasil

Juliana MARIGO Sueli Akemi TANIWAKI Pedro Luiz Silva PINTO Rodrigo Martins SOARES José Luiz CATÃO-DIAS Sobre os autores

Os termos Anisakiasis e Pseudoterranovosis são utilizados para doença em humanos causada pela ingestão de larvas vivas de parasitas da Família Anisakidae em peixes crus, mal cozidos ou levemente marinados. As larvas foram coletadas de bacalhau salgado vendido para consumo humano num mercado de São Paulo em 2013. Uma parte da larva de cor castanha foi utilizada em análises moleculares. A sequencia parcial do gene COX2 obtida da larva mostrou 99,8% de identidade de nucleotídeos com Pseudoterranova azarasi, que faz parte do complexo de espécies Pseudoterranova decipiens. O risco de reação alérgica envolvido no consumo de larvas mortas em peixe salgado não é bem conhecido e deve ser considerado.

Anisakidae; Pseudoterranovosis; Allergy


Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 470, 05403-000 - São Paulo - SP - Brazil, Tel. +55 11 3061-7005 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revimtsp@usp.br