Immune responses induced by a Leishmania (Leishmania) amazonensis recombinant antigen in mice and lymphocytes from vaccinated subjects

Ana Paula FERNANDES Elizabeth Cortez HERRERA Wilson MAYRINK Ricardo T. GAZZINELLI Wen Yu LIU Carlos Alberto da COSTA Carlos Alberto Pereira TAVARES Maria Norma MELO Marilene Susan Marques MICHALICK Reiner GENTZ Evaldo NASCIMENTO

A resposta imune induzida por uma proteína recombinante de Leishmania (Leishmania) amazonensis de 33 kD (Larp33) foi avaliada em linfócitos de indivíduos vacinados com a Leishvacin® e em camundongos através de vacinação. Larp33 foi expressa em Escherichia coli após clonagem de um fragmento genômico de L. (L.) amazonensis de 2,2 kb no vetor pDS56-6His. Larp33 foi reconhecida por anticorpos IgG presentes no soro de indivíduos vacinados com Leishvacin® e induziu proliferação em linfócitos desses indivíduos em níveis comparáveis ao antígeno total de Leishmania. A análise por imunoblot indicou que Larp33 corresponde a uma proteína de aproximadamente 40 kD expressa em promastigotas de L. (L.) amazonensis e L. (Viannia) braziliensis. Hibridização com sonda de DNA correspondente a parte do fragmento clonado, também demonstrou que o gene codificador desta proteína é expresso em promastigotas destas duas espécies. Larp33 em associação com BCG (Bacille Calmette-Guerin) foi capaz de induzir 75% de proteção em camundongos C75BL/10 e BALB/c, suceptíveis à infecção por L. (L.) amazonensis. Linfócitos dos camundongos protegidos produziram IL-2 e IFN-<FONT FACE="Symbol">g</font> em resposta a Larp33. Nossos resultados indicam que Larp33 é imunogênica para linfócitos de indivíduos vacinados com Leishvacin ® e protetora para camundongos contra a infecção por L. (L.) amazonensis


Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 470, 05403-000 - São Paulo - SP - Brazil, Tel. +55 11 3061-7005 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revimtsp@usp.br