Caracterização antigênica preliminar de preparação de vômito de verme adulto de Fasciola hepatica por soros humanos infectados

Fasciolíase é uma doença emergente/re-emergente transmitida por vetores com a distribuição sabidamente mais ampla. Existem aproximadamente 17 milhões de pessoas infectadas em todo mundo, sendo a região andina a área mais afetada. Há uma necessidade importante para desenvolver ferramentas diagnósticas sensíveis e específicas para tratar cedo os pacientes e para evitar complicações. Neste trabalho avaliamos a resposta imune de seres humanos infectados comparando a duas preparações antigênicas: o extrato solúvel total (FhTSE) e o vômito (FhAWV) do verme adulto a fim de identificar as frações antigênicas específicas para Fasciola hepatica. Ambas as preparações foram processadas por SDS-PAGE e Western blot com os soros humanos de portadores de fasciolíase (F), outras parasitoses e indivíduos saudáveis. No immunoblot de FhTSE, os soros F reconheceram 16 faixas com PM entre 8 e 110 kDa, das quais as de 8, 9, 10, 38, 45 e 57 kDa foram específicas. Na preparação de FhAWV, os soros F reconheceram 9 faixas com PM entre 8 e 85 kDa, das quais as de 8, 12, 15 e 24 kDa foram específicas. Algumas faixas com reação cruzada foram evidentes com os soros dos pacientes com outras parasitoses, mais freqüentes com o FhTSE. As faixas dentro do PM mencionado, particularmente aquela de 8 kDa, mostraram ser específicas por outros autores, e merecem a caracterização adicional para seu uso potencial no diagnóstico imunológico.

Fasciola hepatica; Western blot; Worm vomit; antigens


Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 470, 05403-000 - São Paulo - SP - Brazil, Tel. +55 11 3061-7005 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revimtsp@usp.br