Interação entre neutrófilos e larvas de Schistosoma mansoni in vivo: estudo ao microscópio eletrônico de transmissão

Cercárias de Schistosoma mansoni foram inoculadas na cavidade peritoneal de camundongos normais e recuperadas 30 minutos depois. Estudos ultra-estruturais mostraram que neutrófilos aderem à superfície da larva, participando da remoção do glicocálice através de fagocitose. Este achado sugere que neutrófilos possam ter papel no processo de transformação de cercária em esquistossômulo.


Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 470, 05403-000 - São Paulo - SP - Brazil, Tel. +55 11 3061-7005 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revimtsp@usp.br