Alta prevalência de excreção simultânea de poliomavírus JC e BK na urina de pacientes HIV+ sem sintomas neurológicos em São Paulo, Brasil

OBJETIVO: Avaliar a prevalência de excreção urinaria de vírus JC (VJC) e vírus BK (VBK) em pacientes HIV+ sem sintomas neurológicos. MÉTODOS: Amostras de urina de pacientes HIV+ sem sintomas neurológicos foram testados para a presença de VJC e VBK através da técnica de PCR. As amostras foram triadas para a presença de poliomavírus com par de primers complementares a região precoce do genoma do VBK e do VJC (AgT). A presença foi confirmada através de dois outros ensaios de PCR dirigidos a região do gene VP1 de ambos os vírus. A análise estatística foi realizada com auxílio do teste de Kruskal-Wallis para dados numéricos e Pearson ou Yater para variáveis categóricas. RESULTADOS: Ao todo foram inclusos no estudo 75 pacientes. A prevalência geral de excreção de poliomavírus na urina foi de 67/75 (89,3%). O DNA do vírus VBK foi detectado em 14/75 (18,7%) das amostras de urina, e o DNA do VJC foi detectado em 11/75 (14,7%) das amostras testadas. Ambos os vírus estavam presentes simultaneamente em 42/75 (56%) das amostras de urina. CONCLUSÃO: Encontramos, no presente estudo, uma alta taxa de excreção de VJC, VBK e excreção simultânea em pacientes HIV+. Ainda, esses resultados diferem de outros disponíveis na literatura.


Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 470, 05403-000 - São Paulo - SP - Brazil, Tel. +55 11 3061-7005 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revimtsp@usp.br