Soroprevalência da infecção por Toxoplasma gondii em populações indígenas de Iauareté, São Gabriel da Cachoeira, Amazonas, Brasil

Este estudo objetivou estimar a soroprevalência da infecção por Toxoplasma gondii em Iauareté, uma comunidade indígena multiétnica situada na bacia do Alto Rio Negro. Foi realizado um estudo seccional (n = 260), obtendo-se amostras de soro e dados demográficos, através de amostragem sistemática por conglomerado. Os testes sorológicos foram realizados através de ensaio imunoenzimático e imunofluorescência indireta. A prevalência da reatividade foi de 73,5% (191/260), aumentando com a faixa etária e atingindo 95,7% (44/46) em maiores de 50 anos. A maioria das amostras reativas apresentou títulos iguais ou inferiores a 1:64. Observou-se maior freqüência de reatividade entre os índios da etnia Maku Hupda. De acordo com o presente estudo, a população indígena de Iauareté apresenta alta prevalência da presença de anticorpos contra T. gondii. A concentração demográfica e a urbanização, conduzidas sem infra-estrutura sanitária, levadas a cabo na região no ultimo século, podem estar relacionadas à alta freqüência de detecção de anticorpos contra T. gondii na área estudada.


Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 470, 05403-000 - São Paulo - SP - Brazil, Tel. +55 11 3061-7005 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revimtsp@usp.br