Accessibility / Report Error

Comparação entre E-test e o método da microdiluição do CLSI para teste de susceptibilidade a antifúngicos de isolados orais de Candida albicans

Trinta Candida albicans isoladas de pacientes portadores de candidose oral e 30 Candida albicans isoladas de indivíduos controle foram estudadas. Testes de susceptibilidade in vitro foram realizados com anfotericina B, fluconazol, 5-flucitosina e itraconazol pelo método do Clinical and Laboratorial Standars Institute (CLSI) e por E-test. Os resultados obtidos foram analisados e comparados. Os valores de CIM foram semelhantes para amostras isoladas de pacientes portadores de candidose oral e indivíduos controle. A concordância entre os dois métodos foi de 66,7% para a anfotericina B, 53,33% para o fluconazol, 65% para a flucitosina e 45% para o itraconazol. De acordo com estes resultados, o método do E-test poderia ser uma alternativa para a triagem de casos de rotina pela sua simplicidade. Entretanto, este método não pode ser considerado como um substituto para o método de referência do CLSI.


Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 470, 05403-000 - São Paulo - SP - Brazil, Tel. +55 11 3061-7005 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revimtsp@usp.br