Inter-relação entre parasitoses e hipovitaminose A: Infecção por Schistosoma mansoni e o nível sérico de retinol de população de zona endêmica de Minas Gerais (Brasil)

Estudou-se a relação entre a esquistossomose e o nível sérico de retinol num modelo duplo cego, comparando-se a vitamina A dos grupos infectado e não-infectado de uma população de zona endêmica da helmintíase no Estado de Minas Gerais. O grupo infectado era composto por 106 pessoas com carga parasitária inferior a 500 ovos de S. mansoni por grama de fezes, com formas intestinal e hepatointestinal; o não-parasitado era constituído por 112 habitantes desta mesma zona endêmica que apresentaram exame parasitológico (método de Kato modificado) e intradermor-reação negativos, bem como ausência de história de infecção e tratamento prévios para esquistossomose nos seis meses anteriores. A determinação do retinol foi feita pelo método do ácido trifluoracético, considerando aceitável um nível > 20,0 μg/100 ml. A análise dos resultados mostrou que, nas condições em que foram realizadas esta observação, as diferenças encontradas nos níveis séricos do retinol entre os grupos estudados indica não haver correlação significativa entre a infecção pelo S. mansoni e o nível sérico da vitamina A.

Infecção por S. mansoni; Esquistossomose; Hipovitaminose A; Retinol sérico


Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 470, 05403-000 - São Paulo - SP - Brazil, Tel. +55 11 3061-7005 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revimtsp@usp.br