Níveis de anticorpos para hantavírus em habitantes da região Oeste de Santa Catarina, Brasil

Síndrome Cardiopulmonar por Hantavírus (HCPS) é uma doença emergente, causada pelo gênero hantavírus membro da família Bunyaviridae, e são transmitidos aos humanos por aerossol de roedores infectados. O objetivo principal deste estudo foi determinar os níveis de anticorpos para hantavírus em uma população de residentes na fronteira do Brasil com a Argentina. Participaram deste estudo 405 indivíduos que moravam nos municípios de Bandeirante, Santa Helena, Princesa e Tunapólis, no estado de Santa Catarina, Brasil. Os anticorpos IgG para hantavírus foram analisados no soro por um ELISA que usa a nucleoproteína recombinante do vírus Araraquara como antígeno, posteriormente confirmados por imunofluorescência. Oito indivíduos apresentavam anticorpos para hantavírus (1.97% positivo), com titulo entre 100 a 800. Seis soropositivos foram homens, com idade superior a 30 anos e agricultores. Nossos resultados reforçam a circulação do hantavírus e infecção humana na fronteira do Brasil com a Argentina


Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 470, 05403-000 - São Paulo - SP - Brazil, Tel. +55 11 3061-7005 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revimtsp@usp.br