Estudo clinico-epidemiológico de 27 envenenamentos causados pela ingestão de baiacus (Tetrodontidae) nos estados de Santa Catarina e Bahia, Brasil

Os baiacus ou peixes-bola podem ser venenosos devido à presença em seus tecidos corporais de Tetrodotoxina e/ou Saxitoxina, ambas potentes neurotoxinas. Os autores relatam 27 envenenamentos por ingestão da carne de baiacus. Os pacientes foram atendidos nos Centros de Toxicologia de Santa Catarina e da Bahia de 1984 a 2009. Os acidentes foram classificados em moderados (52%) e graves (33%), havendo dois óbitos. O diagnóstico precoce é fundamental no sentido de garantir suporte ventilatório aos pacientes.


Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 470, 05403-000 - São Paulo - SP - Brazil, Tel. +55 11 3061-7005 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revimtsp@usp.br