Padronização da análise de critérios citomorfológicos de lesões associadas à infecção pelo HPV

O presente estudo analisou aspectos relacionados ao valor da citologia cervical na identificação de alterações cito-morfológicas relacionadas à infecção por Papilomavírus humano (HPV) em mulheres com idades avançadas. A casuística compreendeu 196 amostras cérvico-vaginais provenientes de uma população de mulheres sem evidências clínicas ou citológicas de neoplasia cervical. As amostras foram coletadas simultaneamente para pesquisas para DNA-HPV por Reação de Polimerização em Cadeia (PCR) e citologia. Três observadores experientes efetuaram análise das lâminas em duas etapas com intervalo de 20 meses: a primeira em condições de rotina laboratorial e a segunda dirigida por um roteiro de critérios pré-estabelecidos. Quando os casos suspeitos para alterações relacionadas ao HPV foram agrupados com os casos positivos, eles mostraram em média: 25,5% de sensibilidade, 84,4% de especificidade e valor preditivo positivo (VPP) de 26,8%. Quando os casos suspeitos foram agrupados com os negativos, a sensibilidade diminuiu, e a especificidade e o VPP aumentaram. Na segunda leitura, a sensibilidade diminuiu, contrastando com o aumento do VPP. Entre os 16 critérios cito-morfológicos avaliados, coilocitose, coilocitose leve e célula parabasal coilocitótica foram os que apresentaram melhor VPP para HPV em comparação ao PCR. Concluímos que, apesar da baixa sensibilidade, o painel de critérios cito-morfológicos poderá elevar a especificidade do teste de Papanicolaou para triagem das alterações relacionadas à infecção por HPV em pacientes de mais idade.


Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 470, 05403-000 - São Paulo - SP - Brazil, Tel. +55 11 3061-7005 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revimtsp@usp.br