Paracoccidioidomicose e infecção pelo virus da imunodeficiência humana

Paracoccidioidomycosis and human immunodeficiency vírus infection

Resumos

São apresentados dois casos de paracoccidioidomicose, um em paciente com a síndrome da imunodeficiência adquirida e o outro em paciente com infecção pelo HIV. Trata-se dos primeiros relatos em que esta associação é descrita na literatura. No primeiro, a micose se evidenciou durante o acompanhamento de paciente com AIDS, que passou a apresentar hépato-esplenomegalia e febre elevada. A ecografia, radiografia simples e tomografia computadorizada do abdômen, demonstraram nódulos sólidos, alguns calcificados, no parênquima esplénico. A punção aspirativa da medula óssea confirmou o diagnóstico; o conjunto dos achados caracterizou a forma aguda disseminada da paracoccidioidomicose, a qual levou o paciente ao óbito. No segundo relato, em paciente com infecção pelo HIV, a propósito de investigação de tumoração na região inguinal e fossa ilíaca à direita, constatou-se a associação de doença de Hodgkin, tipo celularidade mista e paracoccidioidomicose. Avalia-se a importância destes relatos frente a expansão da infecção pelo HIV e estima-se que mais casos venham a ser relatados em pacientes com AIDS, procedentes de áreas endêmicas desta micose. Propõe-se a inclusão da paracoccidioidomicose como infecção oportunística potencial em pacientes HIV positivos nestas áreas.

Paracoccidioidomicose; AIDS; Baço; Nódulos calcificados; Linfonodos; Punção aspirativa de medula óssea


We present two cases of paracoccidioidorrvycosis, one occurring in an AIDS patient and the other in an HIV infected man. This is the first report of such association. The first patient, which was already followed for HIV infection (group IV-A) presented with high fever and hepatosplenomegaly. Plain X-ray, ultrasound and CT-scan of the abdomen showed solid nodules in the spleen, some of them with calcification. Both the direct smear and the culture of a bone marrow aspiration revealed Paracoccidioides brasiliensis. The patient died of acute disseminated Paracoccidioidomycosis. The second patient, a man anti-HIV seropositive presented with a mass on the right lower abdomen and inguinal region. A biopsy of the mass showed the association of Hodgkin's disease of the mixed cellularity type and paracoccidioidomycosis. With the expanding AIDS epidemic we believe this report emphasizes the need to consider Paracoccidioidomycosis in HIV infected persons in countries where this mycosis is endemic. We also suggest the inclusion of Paracoccidioidomycosis as a potential opportunistic infection in these areas.


REGISTRO DE CASOS

Paracoccidioidomicose e infecção pelo virus da imunodeficiência humana

Paracoccidioidomycosis and human immunodeficiency vírus infection

Rogério de Jesus PedroI; Francisco Hideo AokiII; Raquel Silveira Bello Stucchi BoccatoII; Maria Luiza Moretti BranchiniII; Fernando Lopes Gonçales JúniorII; Priscila Maria de Oliveira PapaiordanouII; Marcelo de Carvalho RamosIII

IProfessor Assistente Doutor, Chefe do Serviço de Doenças Transmissíveis da Faculdade de Ciências Médicas - UNICAMP, Campinas, São Paulo, Brasil

IIProfessor Assistente na Disciplina de Doenças Transmissíveis da Faculdade de Ciências Médicas - UNICAMP, Campinas, São Paulo, Brasil

IIIProfessor Assistente Doutor na Disciplina de Doenças Transmissíveis da Faculdade de Ciências Médicas - UNICAMP, Campinas, São Paulo, Brasil

Endereço para correspondência

RESUMO

São apresentados dois casos de paracoccidioidomicose, um em paciente com a síndrome da imunodeficiência adquirida e o outro em paciente com infecção pelo HIV. Trata-se dos primeiros relatos em que esta associação é descrita na literatura.

No primeiro, a micose se evidenciou durante o acompanhamento de paciente com AIDS, que passou a apresentar hépato-esplenomegalia e febre elevada. A ecografia, radiografia simples e tomografia computadorizada do abdômen, demonstraram nódulos sólidos, alguns calcificados, no parênquima esplénico. A punção aspirativa da medula óssea confirmou o diagnóstico; o conjunto dos achados caracterizou a forma aguda disseminada da paracoccidioidomicose, a qual levou o paciente ao óbito.

No segundo relato, em paciente com infecção pelo HIV, a propósito de investigação de tumoração na região inguinal e fossa ilíaca à direita, constatou-se a associação de doença de Hodgkin, tipo celularidade mista e paracoccidioidomicose.

Avalia-se a importância destes relatos frente a expansão da infecção pelo HIV e estima-se que mais casos venham a ser relatados em pacientes com AIDS, procedentes de áreas endêmicas desta micose. Propõe-se a inclusão da paracoccidioidomicose como infecção oportunística potencial em pacientes HIV positivos nestas áreas.

Unitermos: Paracoccidioidomicose - AIDS; Baço, Nódulos calcificados; Linfonodos; Punção aspirativa de medula óssea.

SUMMARY

We present two cases of paracoccidioidorrvycosis, one occurring in an AIDS patient and the other in an HIV infected man. This is the first report of such association.

The first patient, which was already followed for HIV infection (group IV-A) presented with high fever and hepatosplenomegaly. Plain X-ray, ultrasound and CT-scan of the abdomen showed solid nodules in the spleen, some of them with calcification. Both the direct smear and the culture of a bone marrow aspiration revealed Paracoccidioides brasiliensis. The patient died of acute disseminated Paracoccidioidomycosis.

The second patient, a man anti-HIV seropositive presented with a mass on the right lower abdomen and inguinal region. A biopsy of the mass showed the association of Hodgkin's disease of the mixed cellularity type and paracoccidioidomycosis.

With the expanding AIDS epidemic we believe this report emphasizes the need to consider Paracoccidioidomycosis in HIV infected persons in countries where this mycosis is endemic. We also suggest the inclusion of Paracoccidioidomycosis as a potential opportunistic infection in these areas.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

Recebido para publicação em 16/5/1988.

  • 1. ABRAMS, D. I.; ROBIA, M.; BLUMENFELD, W.; SIMON-SON, J.; COHEM, M. B. & HADLEY, W. K. - Disseminated coccidioidomycosis in AIDS. New Engl. J. Med., 310: 986-987, 1984.
  • 2. BIAGIONI, L.; SOUZA, M. J.; CHAMMA, L. G.; MENDES, R. P.; MARQUES, S. A.; MOTA, N. G. S. & FRANCO, M. - Serology of paracoccidioidomycosis. II. Correlation between class-specific antibodies and clinical forms of the disease. Trans, roy Soc. trop. Med. Hyg., 18: 617 621, 1984.
  • 3. BRONNIMANN, D. A.; ADAM, R. D.; GALGIANI, J. N.; HABIB, M. P.; PETERSEN, E. A.; PORTER, B. & BLOOM, J. W. - Coccidioidomycosis in the acquired immunodeficiency syndrome. Ann. intern. Med., 106: 372-379, 1987.
  • 4. CENTERS FOR DISEASE CONTROL. Classification system for human T. lymphotropic virus type III/lymphade-nopathy - associated virus infections. MMWR, 35: 334-339, 1986.
  • 5. FRANCO, M.; MONTENEGRO, M. R.; MENDES, R. P.; MARQUES, S. A.; DILLON, N. L. & MOTA, N. G. S. - Paracoccidioidomycosis: a recently proposed classification of its clinical forms. Rev. Soc. bras. Med. trop. 20: 129-132, 1987.
  • 6. HAND WER GER, S.; MILDVAN, D.; SENIE, R. & Mc-KINDLEY, F.W. - Tuberculosis and the acquired immunodeficiency syndrome at a New York city hospital: 1978-1985. Chest, 91: 176-180, 1987.
  • 7. HOLMBERG, K. & MEYER, R. D. - Fungal infections in patients with AIDS and AIDS-related complex. Scand. J. infect. Dis., 18: 179-192, 1986.
  • 8. LACAZ, C. S.; FARIA, J. L. & MOURA, M. A. A. - Blasto-micose sul americana associada à moléstia de Hodgkin. Hospital (Rio de J.) 34: 313-326, 1948.
  • 9. LUTZ, A. - Uma mycose pseudococcldia localizada na boca e observada no Brasil. Contribuições ao conhecimento das Hyphoblastomicoses americanas. Brasil-méd., 22: 121-124, 1908.
  • 10. MOTA, N. G. S.; REZKALLAH-IWASSO, M. T.: PERA-ÇOLI, M. T. S.; AUDI, R. C; MENDES, R. P.; MARCONDES, J.; MARQUES, S. A.; DILLON, N. L. & FRANCO, M. F. - Correlation between cell-mediated immunity and clinical forms of paracoccidioidomycosis. Trans, roy. Soc. trop. Med. Hyg., 19: 765-772, 1985.
  • 11. RIEDER, H. L. & SNIDER, D. E. - Tuberculosis and acquired immunodeficiency syndrome. Chest, 90: 469-470, 1986.
  • 12. ROBERT, C.J. - Coccidioidomycosis in acquired immunodeficiency syndrome. Depressed humoral as well as cellular immunity. Amer. J. Med., 76: 734-736, 1984.
  • 13. SEVERO, L. C: LONDERO, A. T.; GEYER, G. R. & PORTO, N. S. - Acute pulmonary paracoccidioidomycosis in an immunosuppressed patient. Mycopathologià (Den Haag), 68: 171-174, 1979.
  • 14. SUGAR, A. M.; RESTREPO, A. & STEVENS, D. A. - Paracoccidioidomycosis in the immunosuppressed host: report of a case and review of the literature. Amer. Rev. resp. Dis., 129: 340-342, 1984.
  • 15. TEIXEIRA, G. A.; KERR, I. B.; MIRANDA, J. L.; MACHADO FILHO, J. & OLIVEIRA, C.A.B. - Blastomicose experimental no rato. Evolução da doença experimental em animais implantados com sarcoma de Yoshida. Hospital (Rio de J.), 75: 505-510, 1969.
  • 16. WHEAT, L. J.; SLAMA, T. G. & ZECKEL, M. L. - Histoplasmosis in the acquired immunodeficiency syndrome. Amer, J. Med., 78: 203-210, 1985.

  • Endereço para correspondência:
    Dr. Rogério de Jesus Pedro
    Faculdade de Ciências Médicas
    Universidade Estadual de Campinas
    Caixa Postal 1170. CEP 13100
    Campinas, São Paulo, Brasil

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    18 Fev 2011
  • Data do Fascículo
    Abr 1989

Histórico

  • Recebido
    16 Maio 1988
Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 470, 05403-000 - São Paulo - SP - Brazil, Tel. +55 11 3061-7005 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revimtsp@usp.br