Importância diagnóstica da reação cruzada espécie-específica de componentes da Taenia solium, Echinococcus granulosus e Hymenolepis nana

Soros de pacientes infectados com Taenia solium, Hymenolepis nana e Echinococcus granulosus foram testados contra antígenos parasitários homólogos e heterólogos usando o teste de ELISA e foi verificado alto grau de reatividade cruzada. Para identificar os polipetídeos responsáveis por esta reatividade cruzada foi utilizado o teste "Enzyme Linked Immunoelectro Transfer Blot (EITB)". Soros de pacientes infectados por T.solium, H.nana, e E.granulosus foram colocados em contato com precipitado de sulfato de amônia e antígenos não purificados de T.solium e os de H.nana e E.granulosus. Várias bandas reconhecidas pelos soros de pacientes com infecção por T.solium, H.nana e E.granulosus foram comuns a dois ou três destes cestódeos. Uma única banda foi notada em H.nana a 49 e 66K-Da e no E.granulosus a 17-21 K-Da e 27-32 K-Da. No extrato não purificado de cisticercose uma banda específica não glicoproteica estava presente a 61-67 K-Da além das bandas de glicoproteínas específicas de 50, 42, 24, 21, 18, 14 e 13 K-Da. Nenhum destes soros de pacientes com infecção por H.nana ou E.granulosus reagiu de forma cruzada com estas sete bandas de glicoproteína consideradas específicas à infecção por T.solium


Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 470, 05403-000 - São Paulo - SP - Brazil, Tel. +55 11 3061-7005 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revimtsp@usp.br