Accessibility / Report Error

Gastrite crônica e Helicobacter Pylori na forma digestiva da doença de Chagas

Pacientes com a forma digestiva da doença de Chagas frequentemente apresentam gastrite crônica. Tendo em vista que o microrganismo Helicobacter pylori é hoje considerado a causa mais comum de gastrite crônica no homem, propôs-se a realização deste trabalho para se verificar a possibilidade de esta bactéria estar também associada com as alterações inflamatórias da mucosa gástrica em pacientes com a forma digestiva da doença de Chagas. Fragmentos de duas regiões diferentes da mucosa antral foram obtidos endoscopicamente de 17 pacientes chagásicos com megaesôfago e ou megacolon. Os fragmentos foram processados rotineiramente para inclusão em parafina e cortes de 5 |im de espessura foram corados pela H & E para análise histológica e pela carbolfucsina para a identificação do H. pylori. A bactéria foi encontrada em 16 (94,1%) pacientes, todos eles apresentando gastrite crônica. Gastrite crônica superficial foi observada em 9 (52,9%) enquanto que gastrite crônica atrófica estava presente em 8 (47,1%) pacientes. H. pylori estava presente em todos os pacientes com gastrite crônica atrófica e em 8 (88, 8%) pacientes com gastrite crônica superficial. Conclue-se que o microrganismo H. pylori deve ser considerado como possível fator ligado à etiopatogênese da gastrite crônica superficial e atrófica frequentemente observadas em pacientes com a forma digestiva da doença de Chagas.


Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 470, 05403-000 - São Paulo - SP - Brazil, Tel. +55 11 3061-7005 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revimtsp@usp.br