Consumo de drogas lícitas entre estudantes de enfermagem de uma universidade privada em Bogotá, Colômbia

Estudo de coorte transversal que objetivou estabelecer o consumo de substâncias psicoativas lícitas, em amostra de 237 estudantes de enfermagem, em uma universidade privada de Bogotá, Colômbia, e relacionar esse consumo às variáveis independentes do estudo: idade, sexo, estado civil, semestre, número de filhos, trabalho e convívio. Foi utilizado o questionário de tolerância de Fagerstöm, para avaliar a gravidade da dependência da nicotina, e o AUDIT, para avaliar dependência ao álcool. A confidência dos dados foi garantida através do autopreenchimento do formulário anônimo. Foi realizada análise por frequência e porcentagem simples. Como relevância, salienta-se a prevalência do consumo de tabaco em 24% e do álcool em 82% da amostra. O nível de dependência para o tabaco foi de 5 (8,5%) estudantes com dependência leve, 42 (72%) com dependência média e 12 (20%) com alta dependência. Ao relacionar consumo de tabaco e consumo de álcool foi encontrado que 98% dos estudantes que fumam consumem álcool. É maior a porcentagem de estudantes que nunca bebem entre os não fumantes (23%) do que no grupo de fumantes (1,72%).

Consumo de Bebidas Alcoólicas; Consumo de Produtos Derivados do Tabaco; Estudantes de Enfermagem; Enfermagem


Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Av. Bandeirantes, 3900, 14040-902 Ribeirão Preto SP Brazil, Tel.: +55 (16) 3315-3451 / 3315-4407 - Ribeirão Preto - SP - Brazil
E-mail: rlae@eerp.usp.br