Delírio, fantasia e devaneio: sobre a função da vida imaginativa na teoria psicanalítica

Resumos

Trabalho teórico de enfoque psicanalítico, cujo objetivo é estudar os fenômenos de delírio, fantasia e devaneio de forma a compreender sua natureza e seus processos, mecanismos e funções dentro da dinâmica psíquica humana. Utilizam-se os casos de referência, “Homem dos ratos”, o “Caso Schreber” e a “‘Gradiva’ de Jensen”, além do artigo de Freud “Uma criança é espancada”, para ilustrar as reflexões. Conclui-se que os três são conceitos estruturalmente diferentes, com processos, mecanismos e funções próprios, mas com aproximações que os tornam passíveis de confusão.

Delírio; fantasia; devaneio; neurose; psicose


Trabajo teórico de énfasis psicoanalítico con el propósito de estudiar los fenómenos delirio, fantasía y devaneo, para entender sus naturalezas y procesos, mecanismos y tareas dentro de la dinámica psíquica humana. Se utilizan como referencia los casos “El hombre de las ratas”, el “Caso Schreber” y “La Gradiva” de Jensen, así como también el artículo de Freud “un niño es golpeado”, para ilustrar las reflexiones. Las conclusiones indican que los tres conceptos son estructuralmente diferentes, con procesos, mecanismo y tareas propias, pero con acercamientos similares que podrían conducir al malentendido.

Delirio; fantasía; devaneo; neurosis; psicosis


Travail theorique d’intérêt psychanalytique dont le but est d’étudier les phénomènes de délire, fantaisie et rêverie à fin de comprendre leur nature et processus, leurs mécanismes et leurs rôles dans la dynamique psychique humaine. Les cas de “Homme aux Rats”, “ Le cas Schreber” et “Gradiva” de Jensen sont utilisés comme référence, de même que l’article de Freud “Un enfant est battu”, pour illustrer les réflexions. La conclusion nous indique que ce sont trois concepts structurellement differents, avec des processus, mécanismes et rôles propres, mais avec des rapprochements qui pourraient prêter à confusion.

Délire; fantaisie; rêverie; névrose; psychose


Theoretical work of psychoanalytic interest with the purpose of studying the phenomena of delusion, fantasy and reverie, in order to understand their nature and processes, their mechanisms and tasks within psychic human dynamics. The cases “Homem dos ratos” (Rats’ man), the “Schreber Case” and “Gradiva” of Jensen are used as reference, as well as Freud’s paper “A child is beaten”, to illustrate the reflections. The conclusions indicate that the three concepts are structurally different, with own processes, mechanism and tasks, but with similar approaches that could lead to misunderstanding.

Delusion; fantasy; reverie; neurosis; psychosis


Texto completo disponível apenas em PDF.

Referências bibliográficas

  • AULAGNIER, P. O sentido perdido (Ou o esquizo e a significação). In KATZ, Chaim S. Psicose – uma leitura psicanalítica São Paulo: Escuta, 1991.
  • DE WAELHENS, A. A interpretação psicanalítica da psicose. A metáfora paterna e a foraclusão. In As psicoses – ensaio de interpretação analítica e existencial Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1990.
  • FREUD, S. (1897). Carta 75. In Extratos dos documentos dirigidos a Fliess. E.S.B Rio de Janeiro: Imago, 1950. v. I.
  • FREUD, S. (1907). Escritores criativos e devaneios. E.S.B Rio de Janeiro: Imago, 1950. v. IX FREUD, S. (1907). Delírios e sonhos na “Gradiva” de Jensen. Op. cit. v. IX.
  • FREUD, S. (1909). Notas sobre um caso de neurose obsessiva. E.S.B Rio de Janeiro: Imago, 1950. v. X.
  • FREUD, S. (1911). Notas psicanalíticas sobre um relato autobiográfico de um caso de paranóia (Dementia Paranoides). E.S.B Rio de Janeiro: Imago, 1950. v. XII.
  • FREUD, S. (1914). Sobre o narcisismo: uma introdução. E.S.B Rio de Janeiro: Imago, 1950. v. XIV.
  • FREUD, S. (1915). Os instintos e suas vicissitudes. E.S.B Rio de Janeiro: Imago, 1950. v. XIV.
  • FREUD, S. (1919). Uma criança é espancada – Uma contribuição ao estudo da origem das perversões sexuais. E.S.B Rio de Janeiro: Imago, 1950. v. XVII.
  • FREUD, S. (1920). Além do princípio do prazer. E.S.B Rio de Janeiro: Imago, 1950. v. XVIII.
  • FREUD, S. (1924). Neurose e psicose. E.S.B Rio de Janeiro: Imago, 1950. v. XIX.
  • LAPLANCHE, J. & PONTALIS, J.-B. Vocabulário da psicanálise 9a ed. São Paulo: Martins Fontes, 1986.
  • MEZAN, R. Freud: a trama dos conceitos São Paulo: Perspectiva, 1982.
  • NAGUERA, H. Fantasias oníricas. In Conceitos psicanalíticos básicos da teoria dos sonhos São Paulo: Cultrix, 1969. v. II.
  • SAFOUAN, M. Da foraclusão. In KATZ, Chaim S. Psicose – uma leitura psicanalítica São Paulo: Escuta, 1991.
  • SKLAR, S. A teoria freudiana e Três escritos de Freud sobre a arte. In O espaço imanente – um estudo psicanalítico sobre a arte em Sigmund Freud e Jacques Lacan Rio de Janeiro: Imago, 1989.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    Jul-Sep 2001

Histórico

  • Recebido
    Dez 2000
  • Aceito
    Ago 2001
Associação Universitária de Pesquisa em Psicopatologia Fundamental Av. Onze de Junho, 1070, conj. 804, 04041-004 São Paulo, SP - Brasil - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: secretaria.auppf@gmail.com