• Mineral bioavailability in vegetarian and omnivorous meals served in a university restaurant Artigos Originais

    Siqueira, Egle Machado de Almeida; Mendes, Juliana Frossard Ribeiro; Arruda, Sandra Fernandes

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar a biodisponibilidade de cálcio, ferro e zinco nas dietas vegetarianas e onívoras, servidas no Restaurante Universitário da Universidade de Brasília. MÉTODOS: Foram coletadas três amostras de cada refeição, durante 5 dias, para determinação do conteúdo de fitato. O conteúdo em cálcio ferro e zinco foi estimado a partir de tabelas de composição de alimentos. A razão molar entre o ácido fítico e o mineral dietéticos foi utilizada como critério para avaliar a biodisponibilidade. RESULTADOS: As concentrações médias de ácido fítico, cálcio e ferro foram significantemente maiores na dieta vegetariana (p=0,0002; p=0,0015 e p=0,0227, respectivamente), enquanto a concentração de Zinco foi maior na dieta onívora (p=0,0205). Ambas as dietas apresentaram razões molares ácido fítico: cálcio e ácido fítico: ferro inferiores aos valores críticos (1,56 e 14, respectivamente), sugerindo que o fitato não deve comprometer a biodisponibilidade do cálcio ou do ferro nessas refeições. A razão molar ácido fítico: zinco, na dieta vegetariana, foi de 9,3 e na onívora de 4,9, caracterizando-as como refeições de média e alta biodisponibilidade para o zinco, respectivamente. O feijão e a soja eram os componentes dietéticos mais ricos em fitato nas duas refeições. CONCLUSÃO: Devido aos teores de cálcio e ferro nas duas refeições, a presença de fitato não deve representar risco de deficiência desses minerais para indivíduos que se alimentam diariamente no Restaurante Universitário da Universidade de Brasília. Entretanto, devido ao baixo teor de zinco nas refeições, a presença do fitato pode representar um risco de deficiência desse mineral, principalmente, para homens vegetarianos.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To assess the bioavailability of calcium, iron and zinc in vegetarian and omnivorous meals served in the university restaurant of the Universidade de Brasília. METHODS: Three samples of each meal were collected during 5 days to determine the concentration of phytate. Calcium, iron and zinc contents were estimated by using food composition tables. The molar ratio between phytic acid and the dietary mineral was used as a criterion to evaluate mineral bioavailability. RESULTS: The mean concentrations of phytate, calcium and iron were significantly higher in the vegetarian meal (p=0.0002; p=0.0015 e p=0.0227, respectively), while zinc concentration was higher in the omnivorous meal (p=0.0205). Both meals presented molar ratios of phytate to calcium and phytate to iron below the critical values (1.56 and 14, respectively) suggesting that phytate in these meals should not impair calcium and iron bioavailability. The molar ratio of phytic acid to zinc in the vegetarian meal was 9.4, while in the omnivorous meal it was 4.3, characterizing them as medium and high bioavailability meals for zinc, respectively. Beans and soy were the highest sources of phytate in both meals. CONCLUSION: Due to the calcium and iron contents in both meals served in the university restaurant of the Universidade de Brasília, phytate content should not induce calcium and iron deficiency in individuals that consume these meals daily. However, given the low zinc content in the meals, phytate content may represent a risk for the development of zinc deficiency, especially in vegetarian men.
  • In vitro and in vivo evaluation of iron bioavailability from microencapsulated ferrous sulfate Artigos Originais

    Cocato, Maria Lucia; Ré, Maria Inês; Trindade Neto, Messias Alves; Chiebao, Helena Pontes; Colli, Célia

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar, por métodos in vitro e in vivo, a biodisponibilidade de uma nova forma de sulfato ferroso microencapsulado (genericamente denominado Ferlim), desenvolvido para a fortificação de alimentos, comparando-a com a de ferro eletrolítico (Fe0). MÉTODOS: A avaliação da dialisabilidade in vitro utilizou como matriz leite em pó reconstituído. A avaliação in vivo, utilizando o método de recuperação de hemoglobina em leitões anêmicos, teve duração de 13 dias e os animais (n=23) foram agrupados de acordo com o produto do peso (kg) x hemoglobina (g/dL). Como controle foi utilizado FeSO4.7H2O. RESULTADOS: As porcentagens médias de ferro dialisado foram 2,2 (desvio-padrão=0,1)%, 3,4 (desvio-padrão=0,1)% e 3,6 (desvio-padrão=0,0)% para FeSO4.7H2O, Ferlim e Fe0, respectivamente (p<0,05). A absorção de ferro foi de 16,0 (desvio-padrão=3,1)% para o grupo controle, de 15,1 (desvio-padrão=3,8)% para o grupo Ferlim e de 12,8 (desvio-padrão=4,3)% para o grupo Fe0, não sendo significantemente diferentes (p>0,05). As porcentagens de absorção do valor biológico relativo do FeSO4.7H2O foram de 94,2 (desvio-padrão=23,8)% para o grupo Ferlim e de 79,7 (desvio-padrão=26,6)% para o grupo Fe0, sem diferenças significantes (p>0,05). Em valores numéricos (p>0,05), o grupo Fe0 apresentou menor média de absorção (%) valor biológico relativo de concentração de ferro total, de ferro heme e não-heme no fígado. CONCLUSÃO: A microencapsulação do sulfato ferroso com alginato mantém sua biodisponibilidade, caracterizando-se como boa alternativa para a fortificação de misturas sólidas.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To evaluate, by in vitro and in vivo methods, the bioavailability of a new microencapsulated ferrous sulfate (Ferlim) developed for food fortification, and compare it with electrolytic iron (Fe0). METHODS: In vitro dialyzability assessment used reconstituted milk powder as matrix. In vivo assessment using the hemoglobin regeneration method in anemic piglets lasted for 13 days and the animals (n=23) were grouped according to the product of weight (kg) x hemoglobin (g/dL). FeSO4.7H2O was used as control. RESULTS: The percentages of dialyzed iron were 2.2 (standard deviation=0.1)%, 3.4 (standard deviation=0.1)% and 3.6 (standard deviation=0.0)% for FeSO4.7H2O, Ferlim and Fe0 respectively (p<0.05). Iron absorption was 16.0 (standard deviation=3.1)% for the control group, 15.1 (standard deviation=3.8)% for the Ferlim group and 12.8 (standard deviation=4.3)% for the Fe0 group; the differences were not significant (p>0.05). The absorption percentages of the relative biological value of FeSO4.7H2O were 94.2 (standard deviation=23.8)% for the Ferlim group and 79.7 (standard deviation=26.6)% for the Fe0 group; the differences were not significant (p>0.05). In numerical values (p>0.05), the Fe0 group presented the lowest mean relative biological value absorption (%) and concentration of total iron, heme iron and non-heme iron in the liver. CONCLUSION: Microencapsulation of ferrous sulfate with alginate retains its bioavailability therefore it is a good alternative for the fortification of solid mixtures.
  • Effect of adding high-quality protein maize to the diet of mice Artigos Originais

    Silva, Aline Castro; Muradas, Ricardo Ferreira; Ferreira, Éder Galinari; Braga, Déborah Kristina; Oliveira, Flávia Márcia; Costa, Alexandre Sylvio Vieira da

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: O objetivo do estudo consistiu em avaliar os efeitos da adição de milho quality protein maize BR473 sobre aspectos bioquímicos e fisiológicos. MÉTODOS: Camundongos Swiss, fêmeas, 6-7 semanas, foram alimentados com rações comerciais, rações comerciais com milho híbrido (1:1), rações comerciais com milho de alta qualidade protéica (1:1). Foram avaliados, durante 3 meses, o consumo de ração, o ganho de peso e de tecido adiposo retroperitoneal e os valores plasmáticos de proteínas, triglicerídeos, colesterol e glicose. RESULTADOS: A adição dietética de milho quality protein maize BR473 reduziu o consumo alimentar e o tecido adiposo retroperitoneal, porém manteve a glicemia e trigliceridemia em relação à adição de milho híbrido na ração comercial. CONCLUSÃO: A melhor eficiência alimentar e os impactos sobre os parâmetros bioquímicos do sangue sugerem o potencial do uso do milho quality protein maize BR473 como um importante complemento para garantir a segurança alimentar e nutricional.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: The aim of this work was to evaluate the biochemical and physiological effects of adding quality protein maize BR473 to the diet of mice. METHODS:Female Swiss mice, 6-7 weeks old, were fed commercial diet alone or supplemented with either hybrid maize (1:1) or quality protein maize (1:1). Food intake, weight gain, abdominal obesity and plasma glucose, proteins, cholesterol and triglycerides levels were evaluated for 3 months. RESULTS: Dietary addition of the quality protein maize BR473 reduced food intake and abdominal fat, yet plasma glucose and triglycerides remained the same when compared with the addition of hybrid maize to the commercial feed. CONCLUSION: A better dietary efficiency and the impacts on the biochemical parameters of the blood suggest that the quality protein maize BR473 is an important complement to guarantee dietary and nutritional security.
  • Shrimp diet and skin healing strength in rats Original Articles

    Borges, Elizabeth Lage; Pereira, Fernanda Kelley Silva; Alvarez-Leite, Jacqueline Isaura; Alberti, Luiz Ronaldo; Ferreira, Mônica Alves Neves Diniz; Petroianu, Andy

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: A resistência cicatricial da pele pode ser influenciada por diversos fatores como medicamentos, hormônios e dieta. Este trabalho foi delineado para determinar a influência da dieta com camarão na resistência cicatricial na pele. MÉTODOS: Quarenta ratos machos Wistar foram submetidos a incisão (4cm) e suturas interrompidas da pele dorsal, com fio de nylon 5-0, e foram divididos em dois grupos: o Grupo 1 (controle) recebeu uma dieta convencional e Grupo 2 (experimental), recebeu dieta com adição de com camarão. As duas dietas continham quantidades semelhantes de proteína, lipídeos, e carboidratos. Os ratos de cada grupo foram divididos em dois subgrupos de acordo com os distintos períodos pós-operatórios de avaliação da resistência tecidual: subgrupo A, estudado no 5° dia pós-operatório, e subgrupo B, estudado no 21° dia pós-operatório. RESULTADOS: A resistência cicatricial da pele no 5° dia pós-operatório foi menor nos animais que receberam dieta suplementada com camarão (303,0, erro padrão da média=34,1), quando comparada ao grupo controle (460,1, erro padrão=56,7) (p<0,05). CONCLUSÃO: A dieta suplementada com camarão reduziu a resistência cicatricial da pele de ratos. Dando continuidade ao estudo, será averiguado o mecanismo pelo qual ocorre essa redução.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: Surgical scar tensile strength may be influenced by several factors such as drugs, hormones and diet. The purpose of the present study was to determine the influence of a shrimp-enriched diet on the tensile strength of rat scars. METHODS: Forty male Wistar rats were submitted to a 4 cm dorsal skin incision and the wounds were sutured with 5-0 nylon interrupted suture. The animals were divided into two groups: Group 1 (control) received a regular diet, and Group 2 (experimental) received a shrimp-enriched diet. The two diets contained the same amounts of proteins, lipids and carbohydrates. The rats in each group were divided into two subgroups according to the time of assessment of the scar tensile strength: subgroup A, studied on the 5th postoperative day, and subgroup B, studied on the 21st postoperative day. RESULTS: The tensile strength of the scar on the 5th postoperative day was lower in the animals that received the shrimp-enriched-diet (303.0, standard error of mean= 34.1) than in the control group (460.1, SEM = 56.7) (p<0.05). CONCLUSION: A shrimp diet reduces the tensile strength of the scar. The next step of this study will be to clarify the mechanism in which shrimp affects tensile strength.
  • Breastfeeding trends in a municipality in central-southern São Paulo state: 1995-1999-2004 Artigos Originais

    Ferreira, Luciana; Parada, Cristina Maria Garcia de Lima; Carvalhaes, Maria Antonieta de Barros Leite

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar a situação do aleitamento materno em 2004 no município de Botucatu, SP, e identificar sua tendência nos últimos 10 anos. MÉTODOS: Trata-se de um estudo epidemiológico, no qual foram comparados os resultados de 3 inquéritos populacionais transversais (1995-1999-2004), metodologicamente semelhantes, sobre a situação do aleitamento materno em crianças menores de 12 meses. Os dados foram obtidos em Campanhas de Multivacinação, a partir de questionário contendo um recordatório da alimentação das crianças no dia anterior à pesquisa. Para identificar a tendência dos diferentes tipos de aleitamento (aleitamento materno exclusivo, aleitamento materno predominante e aleitamento materno), foram comparadas as prevalências, segundo faixas etárias selecionadas (0-1 mês, 0-4 meses, 0-6 meses e 0-12 meses), nos 3 inquéritos. Os resultados foram submetidos a teste estatístico (teste z) para verificação das diferenças entre proporções. RESULTADOS: Para as crianças menores de 4 meses, houve aumento progressivo e de grande magnitude (19,1% em 1995 e 36,9% em 2004) do aleitamento materno exclusivo e diminuição do aleitamento materno predominante - diferenças estatisticamente significantes. O mesmo ocorreu para as crianças menores de 6 meses: 13,0% em aleitamento materno exclusivo em 1995, 29,6% em 2004, representando 128,0% de aumento. Com relação ao aleitamento materno, tanto para as crianças menores de 4 meses, quanto para as menores de 6 meses e de 1 ano, houve pequeno aumento de prevalência, mas as diferenças não foram estatisticamente significantes. A duração mediana do aleitamento materno exclusivo aumentou 14 dias (82,0%) e do aleitamento materno 85 dias (50,9%) no período de 10 anos. CONCLUSÃO: Com a elevação expressiva da prevalência de crianças menores de 6 meses em aleitamento materno exclusivo e o aumento da mediana da amamentação exclusiva e da amamentação, pode-se afirmar que a evolução do aleitamento no município foi favorável. Entretanto, a situação em 2004 ainda está distante das recomendações atuais sobre alimentação infantil.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To evaluate breastfeeding practices in 2004 in the municipality of Botucatu, São Paulo State and to identify trends in the past ten years. METHODS: This is an epidemiological study comparing the results of three population-based cross-sectional studies (1995-1999-2004), using similar methodologies, assessing the breastfeeding practices among children under age 12 months. Data were obtained during multiple vaccination campaigns using a recall questionnaire to investigate the child's feeding in the previous day. The differences in the proportion of children in each type of feeding (exclusive breastfeeding, predominant breastfeeding, and breastfeeding) in the three surveys, according to selected age groups (0-1 month, 0-4 months, 0-6 months and 0-12 months), were analyzed using a z-test. RESULTS: For children under age 4 months, there was a marked and progressive increase (19.1% in 1995 and 36.9% in 2004) in exclusive breastfeeding and a reduction in predominant breastfeeding, with statistically significant differences. The same was observed among children under age 6 months, with 15% increase in exclusive breastfeeding in 1995 and 29.6% in 2004, representing a total 128.0% increase. Regarding breastfeeding, there were slight increases in prevalence for children younger than 4 months, 6 months, and 1 year, but significant differences were not found. The median duration of exclusive breastfeeding increased by 14 days (82.0%) and that of breastfeeding, by 85 days (50.9%) in the ten-year period. CONCLUSION: With the expressive increase in the prevalence of exclusive breastfeeding among children under six months and the increase in median duration of exclusive breastfeeding and of breastfeeding, we may conclude that breastfeeding in the municipality evolved favorably. However, the situation in 2004 is still far from fulfilling current recommendations on infant feeding.
  • Calcium intake and anthropometric indicators in adolescents Artigos Originais

    Santos, Luana Caroline dos; Martini, Lígia Araújo; Freitas, Sílvia Nascimento de; Cintra, Isa de Pádua

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Este estudo teve como objetivo investigar a relação da ingestão de cálcio com indicadores antropométricos de adolescentes. MÉTODOS: Foram avaliados 507 alunos de duas escolas públicas e uma particular de Ouro Preto, Minas Gerais, por meio de questionário sobre condições socioeconômicas, avaliação da maturação sexual, antropometria, composição corporal e consumo alimentar. RESULTADOS: A ingestão média de cálcio foi 703,7 (396,0) mg/dia, sendo a maior ingestão verificada na escola de maior nível socioeconômico. Apenas 8% dos adolescentes apresentavam ingestão superior à ingestão adequada. Houve associação negativa do cálcio, ajustado para o índice de massa corporal (r=-0,203, p=0,001), na escola de médio nível socioeconômico e nos adolescentes com ingestão desse mineral entre 400 e 800mg/dia (r=-0,134, p=0,044). CONCLUSÃO: Verificou-se ingestão insuficiente de cálcio entre os adolescentes de Ouro Preto, evidenciando a necessidade de estimular o consumo de alimentos fontes desse mineral nesta população.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: This study was undertaken to determine the relationship between calcium intake and anthropometric indicators in adolescents. METHODS: Students (n=507) from two public and one private schools of Ouro Preto, Minas Gerais, were assessed by means of a questionnaire on socioeconomic conditions, sexual maturity, anthropometry, body composition and food intake. RESULTS: The mean calcium intake was 703.7 (396.0) mg/day and the school with the highest socioeconomic level presented the highest mean intake. Only 8% of the adolescents presented an intake above the recommended intake. Body mass index was inversely associated with calcium (r=-0.203, p=0.001) in the school of intermediate socioeconomic level and also in adolescents with dietary calcium intake between 400 and 800 mg/day (r=-0.134, p=0.044). CONCLUSION: These results showed that calcium intake was insufficient among the adolescents of Ouro Preto, indicating the need to stimulate the consumption of calcium-rich foods in this population.
  • National School Feeding Program in a municipality of Paraíba state: a study under the viewpoint of those who benefit from the Program Artigos Originais

    Muniz, Vanessa Messias; Carvalho, Alice Teles de

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Analisar a adesão e a aceitação da alimentação escolar e seus determinantes sob o ponto de vista dos beneficiários do Programa Nacional de Alimentação Escolar. MÉTODOS: A amostra foi aleatoriamente composta por 240 alunos da quarta série de 10 escolas municipais de João Pessoa, Paraíba. A análise das perguntas fechadas do questionário foi realizada utilizando-se freqüência simples e teste qui-quadrado. As questões abertas foram categorizadas a partir do conceito central contido nas respostas. RESULTADOS: A maioria (87,0%) dos escolares considerou a alimentação escolar importante e mais de 90% referiram aderir ao Programa. Desses, 137 (57,3%) consomem a merenda, às vezes, devido, principalmente, à inadequação de algumas preparações ao hábito alimentar. Quanto à aceitação, 196 escolares afirmaram gostar da alimentação, principalmente por ser saborosa. Também foram positivamente referidas as características de: quantidade (79,8%), variedade (92,9%), temperatura (85,8%), tempo disponível para se alimentar (63,0%) e a forma de distribuição (66,5%) da alimentação. Os baixos percentuais de escolares que referiram só freqüentar a escola pela oferta da merenda (0,9%) e deixar de freqüentá-la, caso o Programa de Alimentação Escolar fosse extinto, (4,4%) merecem destaque. CONCLUSÃO: A inadequação ao hábito alimentar e o sabor foram os principais motivos referidos pelas crianças para não aderir e aceitar a alimentação, respectivamente. A adequação do cardápio aos hábitos alimentares e a essencialidade do Programa para reduzir a evasão escolar são fatores que requerem maior investigação.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To analyze the adherence and acceptance of school food and its determinants under the viewpoint of those who benefit from the program. METHODS: The sample consisted of 240 fourth-grade students, randomly selected from 10 public schools in the municipality of João Pessoa, Paraíba. Analysis of the closed questions of the questionnaire was done using simple frequency and the chi-square test. The open questions were categorized based on the central concept of the answers. RESULTS: Most (87.0%) of the school children considered the Program important and more than 90.0% adhered to it. One hundred and thirty seven (57.3%) of them adhere sometimes, since the food is not always what they are used to eating. Regarding acceptance, 196 school children reported liking the food, mainly because it is tasty. Other characteristics with positive feedback were: quantity (79.8%), variety (92.9%), temperature (85.8%), time available to eat (63.0%) and the way the food was distributed (66.5%). The low percentages of school children who reported only going to school for the food (0.9%) and would drop out of school if the School Feeding Program were canceled (4.4%) are worth mentioning. CONCLUSION: The main reasons reported by the children for not adhering to the program were lack of familiarity with the food and taste. Adjusting the menu to the children's eating habits and the importance of the program to diminish school evasion are factors that require further investigation.
  • Anemia proportion according to pubertal stage using two diagnostic criteria Artigos Originais

    Silva, Flávia Calanca da; Vitalle, Maria Sylvia de Souza; Quaglia, Elaine Cristina; Braga, Josefina Aparecida Pellegrini; Medeiros, Élide Helena Guidolin da Rocha

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Identificar a proporção de anemia ferropriva e sua distribuição por estadiamento puberal, em pacientes atendidos em ambulatório de adolescência, e comparar os valores de corte habitualmente utilizados na adolescência para esse diagnóstico. MÉTODOS: Estudo retrospectivo, por análise de 453 prontuários dos pacientes atendidos de janeiro a dezembro de 2003, no Centro de Atendimento e Apoio ao Adolescente do Departamento de Pediatria da Universidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicina. Destes, 215 (47,0%) rapazes e 238 (53,0%) moças. Utilizaram-se os testes de Kappa e McNemar para avaliar as concordâncias e discordâncias entre dois critérios distintos; teste "t" de Student para determinar as diferenças entre hemoglobina e índices hematimétricos nos grupos anêmico e não anêmico; e teste de Mann-Whitney para comparar os valores de hematócrito. RESULTADOS: A proporção de anemia, segundo os critérios adotados, foi de 7,50% (n=34) e 6,84% (n=31) na população; por estadiamento puberal encontrou-se, no sexo feminino, maior proporção nos estágios de mama 3 (30,00%) e 4 (50,00%) e no sexo masculino, em genitais 3 (40,00%), havendo concordância entre os dois critérios. CONCLUSÃO: Embora baixa, a proporção de anemia é relevante. A concordância obtida entre os valores propostos mostra que é possível usar qualquer um dos critérios. Há predomínio de anemia nas moças em estágio de mamas 3 e 4, justificado pela maior necessidade de ferro e perdas menstruais, que ocorrem nessas fases, respectivamente; nos rapazes, a proporção maior em estágio 3 (fase de aceleração de crescimento) pode sugerir que eles já estavam depletados antes de entrar na puberdade.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To identify the proportion and distribution of iron-deficiency anemia according to pubertal stage in patients seen at an outpatient clinic for adolescents and compare cutoff values normally used in adolescence for this diagnosis. METHODS: This retrospective study reviewed 453 medical records of patients seen from January to December 2003 at the Centro de Atendimento e Apoio ao Adolescente of the Pediatrics Department of the Federal University of São Paulo, Escola Paulista de Medicina (Adolescent Medicine Clinic from the Federal University of São Paulo). Of these, 215 (47.0%) were males and 238 (53%) were females. The Kappa and McNemar tests were used to assess the agreement and disagreement between two distinct criteria; the Student's "t"-test was used to determine differences in hemoglobin and hematometric values between anemic and non-anemic patients; the Mann-Whitney test was used to compare hematocrit values. RESULTS: According to the adopted criteria, the proportion of anemia in the population was 7.50% (n=34) and 6.84% (n=31). Considering pubertal stage and gender, a higher proportion was found among females with breast stage 3 (30.00%) and 4 (50.00%) and among males with genital stage 3 (40.00%). Both criteria were in agreement. CONCLUSION: The proportion of anemia is relevant, although low. The agreement obtained between the proposed values shows that it is possible to use any of the criteria. Anemia predominates among females with breast stages 3 and 4, justified by the higher need of iron and menstrual losses that occur in these stages, respectively; in males, the higher proportion in stage 3 (growth spurt) may suggest that iron stores were already depleted before they entered puberty.
  • Magnitude and methods of rapid weight loss in elite judo athletes Artigos Originais

    Artioli, Guilherme Giannini; Scagliuse, Fernanda Baeza; Polacow, Viviane Ozores; Gualano, Bruno; Lancha Junior, Antonio Herbert

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Identificar os métodos utilizados para redução rápida de peso pré-competição, bem como determinar a prevalência da utilização de tais métodos entre judocas de elite e a magnitude da redução do peso. MÉTODOS: Fizeram parte do estudo 28 judocas de elite do sexo masculino, da cidade de São Paulo. Os atletas tiveram aferido o seu peso corporal, e relataram em que categorias de peso competiam. Desses, 19 foram entrevistados por nutricionista, para a investigação de questões relativas ao histórico de peso e de dietas. O estudo foi conduzido entre agosto de 2002 e junho de 2004. RESULTADOS: Os resultados mostraram que 85,7% da amostra estava, em média, 4,2% (desvio-padrão=2,6) acima do limite de peso da categoria. Entre os que foram entrevistados, 89,5% relataram que, habitualmente, mantinham o peso acima do máximo da categoria, e 100% já pesaram mais do que tal limite. De modo geral, eles pesavam 3,7% (desvio-padrão=1,8) a mais do que o peso da categoria, e chegaram a atingir 7,8% (desvio-padrão=3%) acima do limite. Os métodos de redução rápida de peso mais utilizados foram: desidratação, diminuição da ingestão energética e diminuição da ingestão de doces e gorduras. CONCLUSÃO: Grande parte dos judocas avaliados apresenta peso corporal acima do limite de suas categorias e o reduz significativamente antes das competições, por meio de diversos métodos, muitos dos quais são prejudiciais à saúde e ao desempenho. Medidas para desencorajar tais práticas devem ser estudadas e implementadas como forma de prevenir conseqüênias mais graves.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: The objective of the present study was to identify the methods used to rapidly lose weight before a competition and determine the prevalence of such methods among elite judo athletes and the magnitude of weight loss. METHODS: This sample consisted of 28 male elite judo athletes from the city of São Paulo. Their body weight and the weight category in which they competed were recorded. Of these, 19 were interviewed by a nutritionist to investigate weight and diet histories. The study took place between August 2002 and June 2004. RESULTS: The results showed that 85.7% of the sample was, on average, 4.2% (standard deviation=2.6) above the limit of their weight categories. Among those who were interviewed, 89.5% reported that they usually kept the body weight above the limit, and 100% reported that their weight was, at least once, above this limit. Generally, they weighed 3.7% (standard deviation=1.8) more than the weight limit of their category, sometimes as much as 7.8% (standard deviation=3%) above the limit. The most frequently used methods to lose weight rapidly were dehydration, decrease in energy intake and decreased consumption of sweets and fats. CONCLUSION: Most of the judo athletes assessed present body weight above the limit of their categories and they lose weight quickly before competitions, using many methods, some of which are detrimental to their health and performance. Measures to discourage such practices should be studied and implemented in order to prevent more severe complications.
  • Energetic metabolism in endurance athletes is different between sexes Comunicação

    Paravidino, Alessandra Barreto; Portella, Emilson Souza; Soares, Eliane de Abreu

    Abstract in Portuguese:

    Atletas de endurance têm suas necessidades energéticas aumentadas devido ao seu alto gasto energético durante o exercício. Contudo, ainda não estão claros quais são as diferenças do metabolismo energético entre os sexos e se essas diferenças vão implicar em mudanças em suas dietas. Sendo assim, o objetivo deste trabalho foi reunir informações da literatura sobre as diferenças entre os sexos em relação ao metabolismo energético em atletas de endurance. Alguns estudos demonstram que, durante exercício de longa duração, as mulheres utilizam como fonte de energia maior quantidade de lipídeos e menor de carboidratos e proteínas, quando comparadas aos homens. Já outros autores não encontraram diferença entre os sexos na proporção dos substratos metabolizados, mas sim nos tipos de lipídeos utilizados. Essa diferença na utilização de substratos vem sendo relacionada a distintas concentrações de alguns hormônios entre homens e mulheres, como: 17beta-estradiol, progesterona, testosterona, epinefrina, norepinefrina, hormônio de crescimento, insulina e glucagon. Também foi observado que os atletas aumentam seus estoques de glicogênio quando consomem dieta com sobrecarga glicídica, enquanto que as atletas apenas têm seus estoques de glicogênio aumentados quando ingerem dieta com sobrecarga glicídica e hiperenergética. Esse achado é bastante relevante, pois a concentração de glicogênio está diretamente ligada ao rendimento do atleta durante o exercício de endurance. Portanto, a literatura sugere que há diferenças entre os sexos quanto à utilização de substratos em atletas. Porém, novos estudos são necessários para melhor esclarecimento do metabolismo energético dos atletas de endurance possibilitando, assim, a adequação de suas recomendações nutricionais.

    Abstract in English:

    Endurance athletes have higher energy needs because they spend a lot of energy during exercise. However, the metabolic differences between genders and if these differences will imply in dietary changes are still not clear. Thus, the objective of this study was to gather information from the literature on the differences between the genders regarding energy metabolism in endurance athletes. Some studies show that during long-lasting exercise, women use more lipids and less carbohydrates and proteins as energy source when compared with men. Yet, other authors have not found a difference between genders in the proportions of metabolized substrates but in the kinds of lipids used. This difference in the use of substrates has been related with distinct concentrations of some hormones in men and women, such as 17beta-estradiol, progesterone, testosterone, epinephrine, norepinephrine, growth hormone, insulin and glucagon. It has also been observed that male athletes increase their glycogen stores when they consume diets with a high sugar load while females only increase their glycogen stores when they consume diets with a high sugar load and excess calories. This finding is very relevant since the concentration of glycogen is directly associated with the athlete's performance during endurance exercise. Therefore, literature suggests that there are differences between the genders regarding the use of substrates in athletes. However, new studies are needed to better clarify the energy metabolism of endurance athletes and thus make more adequate nutritional recommendations.
Pontifícia Universidade Católica de Campinas Núcleo de Editoração SBI - Campus II , Av. John Boyd Dunlop, s/n. - Prédio de Odontologia, 13059-900 Campinas - SP Brasil, Tel./Fax: +55 19 3343-6875 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: sbi.submissionm@puc-campinas.edu.br