Accessibility / Report Error
Revista de Nutrição, Volume: 24, Issue: 5, Published: 2011
  • Appetite-related hormone levels in obese women with and without binge eating behavior Original Articles

    Brandão, Paula Paraguassú; Garcia-Souza, Érica Patrícia; Neves, Fabiana Alves; Pereira, Mário José dos Santos; Sichieri, Rosely; Moura, Aníbal Sanchez

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi avaliar, antes e após a refeição, as concentrações séricas de hormônios ligados ao controle do apetite (peptídeo YY3-36, grelina total, leptina e insulina) em mulheres obesas com e sem episódios de compulsão alimentar e compará-las às mulheres de peso normal. MÉTODOS: Vinte e cinco mulheres com idade entre 32 e 50 anos foram convidadas a participar deste estudo, incluindo 9 mulheres com peso normal (20-25kg/m²) sem episódios de compulsão alimentar (grupo 1), 9 mulheres obesas (³30 kg/m²) com episódios de compulsão alimentar (grupo 2) e 7 mulheres obesas sem episódios de compulsão alimentar (grupo 3). Foram coletadas quatro amostras de sangue pós-prandiais a 60 minutos (1 hora antes), bem como 15, 45 e 90 minutos após uma refeição composta de 55% de carboidratos, 15% de proteínas e 30% de lipídeos. RESULTADOS: O maior HOMA-IR foi observado no grupo 3 (M=2,5, DP=1,04) quando comparado ao grupo 1 (M=1,5, DP=0,53) e ao grupo 2 (M=1,8, DP=0,58), p=0,04. O índice de massa corporal (p<0,0001), a leptina (p<0,0001) e a insulina (p=0,01) foram maiores no grupo 3 antes e após a refeição. A grelina total (p=0,003) e o PYY3-36 (p=0,02) foram menores no grupo 2 antes e após a refeição. Após o ajuste do índice de massa corporal, apenas a baixa concentração de PYY3-36 no grupo 2 manteve-se estatisticamente diferente entre os grupos (p=0,01). CONCLUSÃO: Este estudo sugere que níveis baixos do PYY-3-36 estejam associados à compulsão alimentar em mulheres obesas.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: The aim of this study was to evaluate serum levels of appetite-related hormones (peptide YY3-36, total ghrelin, leptin and insulin) before and after consumption of a meal in obese women with and without binge eating episodes and normal weight women. METHODS: Twenty-five women aged 32-50 years were invited to participate in this study, including 9 normal weight women without binge eating episodes (20-25kg/m², group 1), 9 obese women with binge eating episodes (³30kg/m², group 2), and 7 obese women without binge eating episodes (group 3). Four blood samples were collected from each participant, one being 60 minutes before and three being 15, 45 and 90 minutes after a meal. The composition of the meal was 55% carbohydrates, 15% protein and 30% lipids. RESULTS: Group 3 presented increased HOMA-IR (M=2.5, SD=1.04) when compared with group 1 (M=1.5, SD=0.53) and group 2 (M=1.8, SD=0.58), p=0.04. Body mass index (p<0.0001), leptin (p<0.0001) and insulin (p=0.01) were higher in group 3 than in the other groups before and after the meal. Additionally, total ghrelin (p=0.003) and PYY3-36 (p=0.02) levels were lower in group 2 than in the other groups before and after the meal. After adjustment for body mass index, only the lower PYY3-36 level of group 2 remained statistically different from the other groups (p=0.01). CONCLUSION: Our study suggests that lower levels of PYY 3-36 are associated with binge eating in obese women.
  • Fortification of flours with iron and control of anemia in pregnant women in Teresina, Piauí, Brazil Artigos Originais

    Souza Filho, Manoel Dias de; Damasceno, Clênia Vanessa Ximenes; Szarfarc, Sophia Cornbluth; Fujimori, Elizabeth; Araújo, Arcos Antônio de Mota; Moreira-Araújo, Regilda Saraiva dos Reis

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO Comparar níveis de hemoglobina e ocorrência de anemia em gestantes antes e depois da fortificação das farinhas e caracterizar a prática alimentar de gestantes usuárias atuais dos serviços. MÉTODOS Estudo transversal que analisou dados de hemoglobina de gestantes atendidas em dois serviços públicos de maior demanda pré-natal do Município de Teresina, Piauí. Os dados foram obtidos de 854 prontuários de gestantes distribuídas em dois grupos: não fortificado (427 gestantes com parto anterior a junho/2004) e fortificado (427 gestantes com data da última menstruação posterior a junho/2005). Gestantes com nível de hemoglobina <11,0g/dL foram consideradas anêmicas. O consumo alimentar foi analisado por meio de questionário de frequência alimentar semiquantitativo. RESULTADOS Níveis médios de hemoglobina aumentaram significativamente de 11,7g/dL, DP=1,2 para 12,4g/dL, DP=1,3 (p<0,001) após a fortificação. A prevalência de anemia caiu de 27,2% no grupo não fortificado para 11,5% no grupo fortificado (p<0,001). CONCLUSÃO Houve melhora significativa no quadro de anemia após a fortificação das farinhas, o que sugere que a intervenção foi efetiva no controle da deficiência de ferro, porém o estudo não permite atribuir tal resultado apenas à implantação dessa medida, embora análise da prática alimentar tenha mostrado que as gestantes de Teresina (PI) apresentaram condição diferenciada de alimentação, com consumo frequente de fontes naturais de ferro e de facilitadores de sua absorção, além de alimentos fortificados.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE This study compared the hemoglobin levels and the occurrence of anemia in pregnant women before and after the fortification of flours and characterized the eating habits of pregnant women who currently use the service. METHODS This cross-sectional study analyzed the hemoglobin data of pregnant women seen by two public services with greater prenatal demand in the city of Teresina, Piauí. The data were obtained from 854 medical records of the women distributed into two groups: not fortified (427 women who would deliver before June 2004) and fortified (427 women whose last menstruation was after June 2005). Women with a hemoglobin level <11.0g/dL were considered anemic. Food intake was analyzed by a semiquantitative food frequency questionnaire. RESULTS Mean hemoglobin levels increased significantly from 11.7g/dL, SD=1.2, to 12.4g/dL, SD=1.3 (p<0.001) after fortification. The prevalence of anemia decreased from 27.2% in the non-fortified group to 11.5% in the fortified group (p<0,001). CONCLUSION Anemia improved significantly after fortification of the flours, suggesting that the intervention effectively controlled iron deficiency. However, it is not possible to attribute the improved iron levels on this measure alone, even though analysis of their eating habits showed that pregnant women from Teresina (PI) presented unusual food habits, with frequent consumption of natural iron sources and foods that facilitate its absorption, in addition to the fortified foods.
  • Maternal perception of the nutritional status of preschool children in day-care centers of a Southern Brazilian city Artigos Originais

    Giacomossi, Maiara Cristina; Zanella, Tamyris; Höfelmann, Doroteia Aparecida

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar a prevalência e os fatores associados ao erro na percepção do estado nutricional das crianças de creches públicas e privadas de Balneário Camboriú (SC) por parte das mães ou responsáveis. MÉTODOS: Estudo transversal com a seleção de amostra em duplo estágio (n=589). A coleta de dados incluiu medidas antropométricas e questionário com variáveis infantis e maternas. Foram calculadas as razões de prevalência e intervalos de confiança de 95% (IC 95%), por meio da Regressão de Poisson, ajustada para delineamentos complexos. RESULTADOS: Foram avaliadas 493 crianças (83,7%). A distribuição em relação ao sexo infantil mostrou-se homogênea. As mães foram as principais respondentes dos questionários (95,7%), apresentaram em geral cor de pele branca e escolaridade média. A prevalência de erro na classificação do estado nutricional infantil foi de 18,9% (IC 95% 15,5-22,4%). Após análise ajustada, sobrepeso (RP 4,8 IC 95% 3,8-7,1) ou desnutrição infantil (RP 4,6 IC 95% 2,8-7,7) e cor da pele do responsável não branca (RP 1,7 IC 95% 1,1-2,6) foram variáveis associadas à maior prevalência do desfecho, enquanto idade do responsável entre 24 e 35 anos (RP 0,5 IC 95% 0,3-0,8), maior renda (RP 0,6 IC 95% 0,4-0,9) e obesidade do responsável (RP 0,3 IC 95% 0,1-1,0) atuaram em direção oposta. CONCLUSÃO: A prevalência de erro foi similar àquela observada em outros estudos e esteve associada a variáveis composicionais maternas e ao estado nutricional infantil.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: This study assessed the prevalence and factors associated with mother's or guardian's perception error of the nutritional status of children in public and private kindergartens of Balneário Camboriu, Santa Catarina, Brazil. METHODS: This cross-sectional study had a two stage sample (n=589). Data collection included anthropometric measurements and administration of a questionnaire with infant and maternal variables. The prevalence ratios (PR) and confidence intervals 95% (CI 95%) were calculated using the Poisson regression, adjusted for complex sampling. RESULTS: Four hundred and ninety-three children were evaluated (83.7%). Gender distribution was homogeneous. Most of the questionnaires were answered by the mothers (95.7%) who were mostly Caucasian with average education level. The prevalence of error in the classification of nutritional status was 18.9% (IC 95% 15.5-22.4%). After adjusted analysis, overweight (RP 4.8 IC 95% 3.8-7.1) or childhood malnutrition (RP 4.6 IC 95% 2.8-7.7) and non-Caucasian caregiver (RP 1.7 IC 95% 1.1-2.6) were associated with greater outcome prevalence, while caregiver aged 24 to 35 years (RP 0.5 IC 95% 0.3-0.8), with higher income (RP 0.6 IC 95% 0.4-0.9) and obesity (RP 0.3 IC 95% 0.1-1.0) had an opposite effect. CONCLUSION: Prevalence of error was similar to that observed in other studies, and was associated with maternal compositional variables and child's nutritional status.
  • Eating patterns of eutrophic and overweight adolescents in the city of São Paulo, Brazil Artigos Originais

    Salvatti, Aline Giacomelli; Escrivão, Maria Arlete Meil Schimith; Taddei, José Augusto de Aguiar Carrazedo; Bracco, Mario Maia

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Identificar os padrões alimentares de adolescentes eutróficos e com excesso de peso. MÉTODOS: Estudo transversal envolvendo 239 adolescentes de ambos os sexos, na faixa etária de 14 a 19 anos, alunos de uma escola pública da cidade de São Paulo, Brasil. Foram coletados dados antropométricos e registro alimentar de 4 dias. O estado nutricional foi avaliado pelo índice de massa corporal de acordo com os critérios de Must et al., e foi aplicada análise fatorial para a identificação dos padrões alimentares. RESULTADOS: Foram identificados quatro padrões alimentares: tradicional, urbano, saudável e junk food. O estado nutricional de eutrofia teve associação positiva com os padrões tradicional e urbano, o sobrepeso com os padrões saudável e junk food, e a obesidade associou-se negativamente com os padrões urbano, saudável e junk food. CONCLUSÃO: O padrão saudável foi encontrado entre os adolescentes com sobrepeso, evidenciando preocupação com o controle do peso e tentativa de mudança do hábito alimentar. Entre os obesos, a ocorrência do sub-relato provavelmente tenha influenciado o resultado das associações.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: This study identified the dietary patterns of normal weight and overweight adolescents. METHODS: This was a cross-sectional study of 239 adolescents from a public school in São Paulo, Brazil; of both sexes, aged 14 to 19 years. Anthropometric data and 4-day dietary records were collected. Nutritional status was assessed by body mass index, according to the criteria established by Must et al. Factor analysis was used to identify dietary patterns. RESULTS: This assessment resulted in the identification of four dietary patterns: Traditional, Urban, Healthy, and Junk Food. Normal weight was positively associated with the Traditional and Urban patterns, and overweight was positively associated with the Healthy and Junk Food patterns. Lastly, obesity was negatively associated with the Urban, Healthy and Junk Food patterns. CONCLUSION: The Healthy pattern was found among overweight adolescents who were concerned with weight control and trying to change eating habits. Among the obese, the occurrence of underreporting probably influenced the outcome of the associations.
  • Energy density of the meals provided at companies registered in the Worker's Food Program in the city of São Paulo, Brazil Artigos Originais

    Canella, Daniela Silva; Bandoni, Daniel Henrique; Jaime, Patrícia Constante

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Estimar a densidade energética de refeições ofertadas em amostra de empresas inscritas no Programa de Alimentação do Trabalhador e os fatores a ela associados e avaliar a relação entre densidade energética e oferta de nutrientes. MÉTODOS: Estudo transversal envolvendo 21 empresas na cidade de São Paulo. A densidade energética das refeições foi calculada por dois métodos: inclusão dos alimentos sólidos e bebidas (densidade energética 1); e inclusão dos alimentos sólidos e exclusão das bebidas (densidade energética 2). Os valores médios para energia (kcal) e para o peso dos alimentos e bebidas (g) foram obtidos pela avaliação do cardápio do almoço em três dias consecutivos. As análises estatísticas foram realizadas por meio de testes não paramétricos. RESULTADOS: A mediana para densidade energética 1 foi 1,10kcal/g e para densidade energética 2 foi 1,43kcal/g. Das empresas estudadas, 76,2% eram do setor industrial; em 57,9%, a maioria dos funcionários recebia até cinco salários-mínimos; 85,7% das unidades de alimentação e nutrição das empresas eram terceirizadas; 71,4% contavam com nutricionista e 61,9% realizam planejamento de cardápio, sendo essa a única diferença signi-ficante observada entre a densidade energética 2 e os setores de atividade econômica (p=0,039). Em relação ao aporte de nutrientes das refeições, observou-se correlação positiva entre densidade energéticas 1 e oferta de proteína, gordura total e fibra, e entre densidade energetica 2 e oferta de gordura total e gordura satu-rada. CONCLUSÃO: É necessário que as empresas cadastradas no Programa de Alimentação do Trabalhador melhorem a qualidade das refeições oferecidas aos trabalhadores, atentando para a redução da oferta de gordura total, nutriente bastante correlacionado à alta densidade energética.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: This study estimated the energy density of meals served at a sample of companies registered in the Worker's Food Program and its associated factors, and assessed the relationship between energy density and nutrient supply. METHODS: This cross-sectional study encompassed 21 companies in the city of São Paulo . The energy density of the meals was calculated in two ways: inclusion of solid foods and drinks (energy density 1); inclusion of solid foods and exclusion of beverages (energy density 2). The mean energy (kcal) and food and beverage weights (g) were obtained by assessing the lunchtime menu during three consecutive days. The statistical analyses used non-parametric tests. RESULTS: The median energy density 1 was 1.10 kcal/g and for energy density 2 was 1.43 kcal/g. Some of the companies' characteristics were: 76.2% manufactured goods, the salary of the majority of the workers of 57.9% of the companies did not exceed 1562 USD per month; 85.7% of the food services were outsourced, 71.4% were supervised by a dietician and 61.9% planned the menu. The only significant difference observed was between energy density 2 and economic sector (p=0.039). Regarding macronutrient content of the meals, a positive correlation was seen between energy density 1 and the supply of protein, total fat and fibers, and between energy density 2 and the supply of total fat and saturated fat. CONCLUSION: The companies registered in the work's food program need to improve the quality of their meals. Total fat needs to be reduced. This nutrient correlates highly with high energy density.
  • Safety and sanitary quality of food services Artigos Originais

    Ebone, Michele Vieira; Cavalli, Suzi Barletto; Lopes, Sidinei José

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: O objetivo da pesquisa foi analisar as estratégias utilizadas para a gestão da qualidade higiênico-sanitária em unidades produtoras de refeições comerciais de Florianópolis (SC). MÉTODOS: A amostra foi formada por 105 unidades produtoras de refeições comerciais. Para a coleta de dados, foi reali-zada entrevista com os gerentes por meio de um instrumento adaptado que contempla a caracterização dos locais, porte, forma jurídica, capacidade ocupacional, número de refeições servidas e descrição dos sistemas e atividades de gestão de qualidade. Utilizaram-se para as análises o teste qui-quadrado pelo software NTIA 4.2.2 e o teste de G para tabelas de contingência pelo BioEstat 5.0. Para as questões abertas, foram feitas a transcrição dos dados e a análise de informações categorizadas em temas mais frequentes referidos pelos gerentes. RESULTADOS: A maioria dos locais (78,8%) utilizava algum método operacional e/ou de qualidade higiênico-sanitária; 58,9% utilizavam as boas práticas e 18,6% o sistema de Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle. Dos locais que não utilizavam nenhuma prática, 51,1% dos gerentes desconheciam os métodos. Quanto aos inves-timentos, foi apontada a necessidade de melhorar a estrutura física, os equipamentos e a capacitação dos funcionários. CONCLUSÃO: O estudo monstrou que as unidades produtoras de refeições comerciais necessitam de melhorias para servirem alimentos mais seguros, sendo imprescindível a conscientização dos proprietários e dos gerentes sobre a importância de servir alimentos de qualidade que não causem danos à saúde do comensal.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: The objective of this study was to analyze the hygiene and sanitation strategies employed by food services of Florianópolis (SC), Brazil. METHODS: The sample consisted of 105 food services. Managers were interviewed using an adapted instrument that covers the characterization of the places, their size, their legal form, number of seats, number of meals served and description of the systems and activities related to quality management. The analyses were done by the software NTIA 4.2.2 using the chi-square test and by the software BioEstat 5.0 using the G-test for the contingency tables. The open questions were transcribed and the information was categorized into the most common themes mentioned by the managers for analysis. RESULTS: Most establishments (78.8%) used some quality system or activity, mainly the good practices (58.9%) and Hazard Analysis and Critical Control Points (HACCP) (18.6%). More than half (51.1%) the managers of establishments that had no quality systems or activities reported not being aware of them. Managers believed it was necessary to improve the facilities, their equipment and utensils, and personnel training. CONCLUSION: Food services need improvements to provide safer foods. Owners and managers have to be made aware of the importance of serving foods that do not jeopardize the health of their customers.
  • Use of artificial neural networks to determine the daily number of meals served by a university cafeteria Artigos Originais

    Rocha, José Celso; Matos, Felipe Delestro; Frei, Fernando

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Construir uma rede neural artificial para auxiliar os gestores de restaurantes universitários na previsão de refeições diárias. MÉTODOS: O estudo foi desenvolvido a partir do levantamento de oito variáveis que influenciam o número de refeições diárias servidas no restaurante universitário. Utiliza-se o algoritmo de treinamento Backpropagation. Os resultados por meio da rede são comparados com os da série estudada e com resultados da estimação por média aritmética simples. RESULTADOS: A rede proposta acompanha as inúmeras alterações que ocorrem no número de refeições diárias do restaurante universitário. Em 73% dos dias analisados, o método das redes neurais artificiais apresenta uma taxa de acerto maior do que o método da média aritmética simples. CONCLUSÃO: A rede neural artificial mostrou-se mais adequada para a previsão do número de refeições do que a metodologia de média simples ou quando a decisão do número de refeições é feita de forma subjetiva, sem critérios científicos.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: This study aimed to build an artificial neural network to help the managers of university cafeterias to predict the number of daily meals. METHODS: This study was based on a survey of eight variables that influence the number of daily meals served by a university cafeteria. Backpropagation training algorithm was used and the results obtained by the network are compared with results of the studied series and the results estimated by simple arithmetic average. RESULTS: The proposed network follows the numerous changes that occur in the number of daily meals of the university cafeteria. In 73% of the analyzed days, the artificial neural networks method presented a greater success rate than the simple arithmetic average method. CONCLUSION: Artificial neural network predicted the number of meals better than the simple average method or than decisions made subjectively.
  • The extended nutritional clinic and humanization of patient-nutritionist relationship: contribution to reflection Ensaio

    Demétrio, Franklin; Paiva, Janaína Braga de; Fróes, Ana América Gonçalves; Freitas, Maria do Carmo Soares de; Santos, Lígia Amparo da Silva

    Abstract in Portuguese:

    A concepção da clínica nutricional ampliada é uma temática nova para o campo da nutrição, sobretudo da nutrição clínica. Diante do processo de reformulações nos cenários de práticas em saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde, esse tema instiga substancial interesse na produção científica, na formação e na prática clínica do nutricionista com a aplicação de competências comunicacionais e a ampliação do olhar técnico-nutricional perante o processo saúde-doença-cuidado, que podem contribuir para a reconfiguração da relação nutricionista-paciente a fim de ampliar sua humanização. Este ensaio mostra como a concepção de nutrição clínica ampliada pode contribuir para refletir sobre a ampliação da humanização da relação nutricionista-paciente no âmbito dos serviços de saúde. O ensaio é delineado em duas partes: o ponto de partida e o ponto de continuação. No ponto de partida, analisam-se publicações oficiais sobre a conformação sócio-histórica do modelo biomédico e sua repercussão na prática clínica. No ponto de continuação, observa-se a clínica nutricional como prática social e utiliza-se a concepção da clínica ampliada para discutir as possibilidades de reestruturar a nutrição clínica e ampliar seus saberes e suas técnicas para além de um modelo biomédico restrito e restritivo. Por fim, discute-se a nutrição clínica ampliada como possibilidade para repensar a relação nutricionista-paciente e propor, nesse sentido, sua humanização, a incorporação de conteúdos não biomédicos, a valorização da sabedoria prática e da escuta, a articulação de saberes e a exploração da dimensão dialógica no exercício legítimo da nutrição clínica na contemporaneidade.

    Abstract in English:

    The extended clinical nutrition conception is a new theme for the field of nutrition, especially clinical nutrition. Given the process of reformulation of the health practice scenarios within the Unified Healthcare System, this theme instigates a substantial interest in scientific production, in the formation and clinical practice of the dietician with the use of communication competencies and the magnification of the technical and nutritional look on the process health-disease-care, which may contribute to the reconfiguration of the relationship dietician-patient with the purpose of amplifying its humanization. This trial shows how the conception of an extended clinical nutrition can contribute for the reflection on broadening the humanization of the relationship dietician-patient in health services. The trial is designed in two parts: the starting point and the continuation point. At the starting point, official publications on the social, historical and political conformations of the biomedical model and its repercussion on the clinical practice are analyzed. At the continuation point, nutritional clinic is observed as a social practice and the extended clinical conception is used for discussing the possibilities of restructuring clinical nutrition and broadening its knowledge and techniques beyond a restricted and restrictive biomedical model. Finally, extended clinical nutrition is discussed, with the possibility of rethinking the relationship dietician-patient and proposing, in this sense, its humanization, the incorporation of non-biomedical contents, valuing practical knowledge and listening skills, the organization of knowledge and exploration of dialogue in the current practice of clinical nutrition.
  • Use of food images for evaluating food intake Comunicação

    Rodrigues, Alline Gouvea Martins; Proença, Rossana Pacheco da Costa

    Abstract in Portuguese:

    Discutem-se, neste estudo, abordagens metodológicas que utilizam tecnologias de informação e comunicação para a avaliação do consumo alimentar por meio de fotografias ou filmagem dos alimentos. Foram pesquisados artigos nas bases de dados ScienceDirect, Scopus, SciELO e MedLine/PubMed, utilizando-se, sem limitação temporal, em português e inglês, as palavras-chave: "foto/fotografia" ou "filmagem" conjugadas a "digital", "alimento", "tamanho da porção", "refeição" e/ou "ingestão alimentar", bem como a associação desses ter-mos com: "precisão", "validade" e "validação". Das referências consultadas, foram analisados 21 artigos que atenderam ao critério estabelecido. Pelo resultado da pesquisa, é possível afirmar que o método fotográfico pode ser aplicado mediante registro das porções de referência, servidas e rejeitadas, com posterior transmissão ao computador. Assim, os observadores treinados não precisam, necessariamente, acompanhar o momento da refeição. Tal método apresenta validação e acurácia aceitáveis para a estimativa do tamanho das porções quando comparado ao método de estimativa visual direta e de pesagem de alimentos. Outra abordagem emprega computador portátil com câmera fotográfica e celular integrados, contendo programa dietético projetado para registro e automonitoração da ingestão alimentar. Esse instrumento possibilita a transmissão de informações diárias sobre a ingestão de alimentos e bebidas em locais variados, auxiliando a coleta de dados em estudos populacionais. A abordagem em desenvolvimento inclui a utilização de dispositivo de com-putação móvel para registro fotográfico das refeições, com determinação automática dos alimentos consumidos. Também se discutem tentativas para investigar o comportamento espontâneo de comensais por meio de filmagem, reconhecimento facial e informações obtidas nas caixas registradoras em um restaurante modelo.

    Abstract in English:

    Information and communication technologies as methodological approaches for dietary assessment, using photos or videos of food consumption, are discussed in this study. Articles in ScienceDirect, Scopus, SciELO and MedLine/PubMed databases were searched in Portuguese and English, with no date limitation, using the following keywords: "picture/photo" or "video recording" in addition to "digital", "food", "serving size", "meal" and/or "food intake" and the association of these terms with: "precision", "validity" and "validation". The search was also extended to books that focus on this topic. From the total publications reviewed, 21 articles met the inclusion criteria and were analyzed in the article. The results showed that photographs can be used to reference portions, food selection and food waste, with subsequent transfer to the computer. Therefore, trained observers do not necessarily need to follow food intake. This method has acceptable accuracy and validity to estimate portion sizes when it is compared with the direct visual estimation and weighed inventory methods. Another approach uses a hand-held personal digital assistant with camera and mobile telephone card with a dietary software that is designed for recording and self-monitoring food intake. This instrument enables the transfer of daily information on food and drink intakes to various sites, which helps data collection in surveys. An approach, still in development, includes a novel food recording method using a mobile device, with automatic determination of the food consumed. An attempt to investigate the spontaneous behavior of diners by video recording, facial recognition and cash register data at a model restaurant is also discussed.
  • Can birth weight influence nutritional status, physical activity levels and health-related physical fitness levels of children and adolescents? Comunicação

    Barros, João Wellington Oliveira; Almeida, Marcelus Brito de; Santos, Marcos André Moura dos; Santana, Paulo Roberto de; Campos, Florisbela de Arruda Câmara e Siqueira; Leandro, Carol Góis

    Abstract in Portuguese:

    A aptidão física relacionada à saúde é definida como um conjunto de atributos fisiológicos que o indivíduo apresenta para o desempenho de atividades físicas diárias sem fadiga excessiva. Sabe-se que fatores como atividade física e estado nutricional influenciam diretamente os níveis de aptidão física. Entretanto, o aporte adequado de nutrientes nos períodos iniciais da vida é determinante para o crescimento e o desenvolvimento de órgãos e de sistemas. O peso ao nascer está relacionado ao desenvolvimento intrauterino bem como à prevalência de doenças cardiovasculares e metabólicas. Recentemente o peso ao nascer tem sido associado aos níveis de aptidão física relacionada à saúde. O mecanismo subjacente pode estar relacionado aos efeitos decorrentes de insultos ocorridos no período crítico do desenvolvimento, com alterações no padrão de eventos celulares. As consequências estão na aquisição de padrões fisiológicos maduros do organismo e na ocorrência de eventos metabólicos, com prejuízo na aptidão física. O presente estudo propõe uma análise sobre a aptidão física relacionada à saúde e sua relação com a atividade física, o estado nutricional e com o peso ao nascer do indivíduo. Os termos de indexação utilizados foram: physical fitness, programming, physical activity, nutritional status e low birth weight. Concluiu-se que indivíduos nascidos com baixo peso apresentam alterações no estado nutricional com consequências negativas para a atividade física e aptidão física relacionada à saúde.

    Abstract in English:

    Heath-related physical fitness is defined as a set of physiological attributes that are necessary for performing daily physical activities without excessive fatigue. Physical activity and nutritional status can influence the individual's physical fitness levels directly. However, the appropriate supply of nutrients in early life is crucial for the growth and development of organs and systems. Birth weight is associated with intrauterine development and to the incidence of cardiovascular and metabolic diseases. Recently, birth weight has been associated with health-related physical fitness levels. The underlying mechanism may be related to the effects of insults that occur during a critical period of human development, with changes in the standard cellular events. The acquisition of mature physiological body patterns and the occurrence of metabolic events are affected, resulting in impaired physical fitness. The present study proposes an analysis on physical fitness, nutritional status and birth weight. The keywords used were: physical fitness, programming, physical activity, nutritional status and low birth weight. In conclusion, low-birth weight individuals present changes in the nutritional status which have a negative impact on physical activity and health-related physical fitness.
Pontifícia Universidade Católica de Campinas Núcleo de Editoração SBI - Campus II , Av. John Boyd Dunlop, s/n. - Prédio de Odontologia, 13059-900 Campinas - SP Brasil, Tel./Fax: +55 19 3343-6875 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: sbi.submissionrn@puc-campinas.edu.br